Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 24 de maio de 2017

JUVENTUDE LANÇA CATEGORIA DE SÓCIO-TORCEDOR PARA BICHOS DE ESTIMAÇÃO

Pets de torcedores poderão ser parte do quadro associativo do clube através do plano “Jaconero Animal”


Seguindo uma iniciativa apresentada pelo Internacional em 2011, o Juventude lançou uma nova modalidade de sócio-torcedor. Agora, os bichos de estimação dos torcedores poderão ser parte do clube através do plano “Jaconero Animal”. Para ativar o lançamento, o cão Toni Monstro, que figura no vídeo da campanha, é o primeiro pet ter sua carteirinha oficial.

O apelo social será o grande diferencial desta aposta. Para a primeira mensalidade, 50% do valor irá para a Help Vira Latas, uma ONG que trabalha de forma voluntária com serviço de proteção animal em Caxias do Sul e região. Os outros 50% irão para o Juventude.

Como estes “sócios de estimação” não terão acesso aos jogos, a carteirinha “Jaconero Animal” oferecerá descontos em rede de lojas e produtos especializados, como na Estação da Ração, em Caxias do Sul, e no site da Sagoo Store, que também presenteará cada mascote associado com um pingente personalizado da campanha.

O novo plano vale para qualquer animal de estimação e quem adotar um animal abrigado por alguma ONG parceira do projeto Help Vira Latas, ganha uma mensalidade de sócio do clube.

Fonte: MKT Esportivo

Conar suspende campanha de sócios do Flamengo

Entidade não explicou os motivos que levaram à decisão

O Flamengo teve que tirar do ar a última campanha de sócios do clube a mando do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária). No YouTube, o vídeo já foi suspenso tanto da conta do clube quanto da agência que produziu o filme, a NBS.
A decisão do Conar saiu na última semana, em reunião do Conselho de Ética da entidade. Na discussão sobre o vídeo do Flamengo, foi decidida a “sustação por maioria de votos”, sem a divulgação de maiores detalhes sobre o porquê da ordem emitida.
Na campanha divulgada em março, com o tema “Isso daqui é Flamengo”, uma narração exalta o time, com imagens que chegam a ter um coração humano nas mãos de torcedores. O vermelho, uma das cores do time, é espalhado no corpo de atores em tinta. A mensagem era para dizer que programa do clube ia além de um sócio-torcedor.
A denúncia ao Conar deve ter sido na linha de alguns comentários na internet sobre o vídeo. Para parte dos torcedores, as imagens com os corações e a tinta vermelha na representação do sangue seriam agressivas e poderiam até servir como estímulo a um comportamento violento.
Oficialmente, o clube ainda não se pronunciou. Segundo informações recebidas pela Máquina do Esporte, isso deve acontecer nesta terça-feira, inclusive com alguma alteração na campanha original.
Para o Flamengo, a decisão do Conar é um peso que vai além da retirada do vídeo. A última campanha do clube era a principal ação para mostrar uma nova fase do programa de sócio-torcedor, que passou a dar mais benefícios aos seus associados, além dos descontos em ingressos. O principal objetivo do time é chegar a fãs que residem fora do Rio de Janeiro.
Nos dois primeiros meses de campanha, o programa de sócio do Flamengo já havia conseguido um aumento. Segundo informações do Movimento por um Futebol Melhor, o clube saiu de 87 mil associados, na época do lançamento do vídeo, para os atuais 98 mil. Hoje, o clube é o sexto na lista, atrás apenas de Palmeiras, Grêmio, São Paulo, Internacional e Corinthians.
Agora, o clube terá que alterar a comunicação justamente em um momento esportivo desfavorável. Com a eliminação do time na Conmebol Libertadores, é natural uma maior dificuldade para manter o crescimento dos sócios-torcedores, fator que deve ser atenuado com uma boa campanha do time no Brasileirão.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/conar-suspende-campanha-de-socios-do-flamengo_32536.html#ixzz4i2VVlP00

Athletic Bilbao troca Nike por New Balance

Clube do País Basco assina com nova fornecedora de material esportivo contrato de seis anos

O Athletic Bilbao irá trocar de fornecedor de material esportivo para as próximas seis temporadas. A Nike sai da camisa do clube para a entrada da New Balance.
“Sem deixar de lado a celebração histórica do clube, gostaria de acrescentar inovação e produtos de primeira categoria ao Athletic e seus torcedores. Desejamos revelar logo nossa primeira coleção de uniformes”, afirmou Richard Wright, diretor geral da divisão de futebol da New Balance.
Os valores do novo acordo não foram divulgados, mas a imprensa espanhola afirmou que a quantia seria de cerca de € 3,5 milhões. A cifra supera os € 2,5 milhões que o time recebeu a marca norte-americana nesta temporada.
A Nike havia se tornado fornecedora do time do País Basco na temporada 2013-2014. A empresa havia herdado o acordo que anteriormente pertencia à Umbro após adquirir a empresa britânica.
“A New Balance irá se converter em parte da história do nosso clube e desejamos trabalhar juntos nos desafios futuros”, afirmou Josu Urrutia, presidente do Athletic Bilbao.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/athletic-bilbao-troca-nike-por-new-balance_32533.html#ixzz4i2V23zIY

PAYSANDU E INTERNACIONAL ESTREITAM RELACIONAMENTO FORA DAS QUATRO LINHAS

Trinta associados de cada clube serão beneficiados com passe livre nos respectivos encontros

Adversários na Série B deste no, Paysandu e Internacional decidiram se unir de maneira estratégica fora das quatro linhas. O objetivo da aliança será estreitar o relacionamento entre os clubes a partir dos seus respectivos programas de sócio-torcedor.

Pelo acordo firmado, 30 sócios colorados adimplentes que residem em Belém terão acesso gratuito ao jogo entre as equipes, marcado para o próximo sábado (27). Em contra-partida, 30 sócios bicolores usufruirão do mesmo benefício na partida de volta, que será realizada no Beira-Rio.

Que esta iniciativa seja replicada não somente entre os demais participantes da Série B, mas também na elite do futebol brasileiro e demais escalões. O torcedor (sempre) em primeiro lugar.

Fonte: MKT Esportivo

POR MATERIAL FOTOGRÁFICO OFICIAL, AS ROMA FECHA PARCERIA ESTRATÉGICA

LaPresse será a responsável por distribuir todo o conteúdo visual envolvendo o elenco principal e categorias de base do clube


Para os europeus, parece não existir limites quando o assunto são parcerias estratégicas. A AS Roma anunciou um acordo de quatro temporadas com a LaPresse, a principal agência de notícias multimídia da Itália.

Pelo contrato firmado, a empresa será a responsável por distribuir todo o conteúdo fotográfico envolvendo o elenco principal e categorias de base. Os materiais terão distribuição nacional (pela própria LaPresse) e internacional (através de suas parceiras como Reuters, EFE, a chinesa Xinhua e a UK Press), e serão fornecidos pelos fotógrafos da Roma.

Um ponto interessante da parceria é que a equipe irá transferir todo seu acervo histórico para o banco de dados digital da LaPresse, que poderá trabalhar em materiais exclusivos exaltando a história romanista.

Fonte: MKT Esportivo

Polícia prende dirigente na Espanha e investigação ameaça Ricardo Teixeira

Sandro Rosell, ex-executivo da Nike ligado a dirigente, teve quase R$ 130 mi em bens embargados pela Justiça
Ex-presidente do Barcelona e dirigente ligado a Ricardo Teixeira, Sandro Rosell foi detido nesta terça-feira (dia 23) pela polícia espanhola sob acusação de lavagem de dinheiro. Os policiais também cumpriram mandado de busca e apreensão em casas de Rosell em Barcelona, Lleida e Girona. Também está sendo investigada uma conta que o dirigente mantém no paraíso fiscal de Andorra.
A operação, chamada de Jules Rimet, em homenagem ao ex-presidente da Fifa, prendeu pelo menos cinco pessoas, incluindo Marta Pineda, mulher de Rosell, e o empresário Shahe Ohannessian, ex-dono da BSM (Bonus Sports Marketing).
As diligências são feitas em colaboração com o FBI (polícia federal dos Estados Unidos) em processo que investiga a corrupção na Fifa e teve início em 2015.
A juíza Carmen Lamela mandou embargar € 10 milhões (R$ 36,56 milhões) em contas bancárias e em mais de 50 imóveis de Rosell, que representam mais de € 25 milhões (R$ 91,4 milhões). Os valores estariam em nome de laranjas para dificultar a identificação.
As investigações apontam que Rosell atuaria ilegalmente na cobrança de comissões ilegais sobre direitos de imagem em jogos da seleção brasileira. Essa verba era em seguida regularizada em contas mantidas em paraísos fiscais.  De acordo com a polícia, o montante lavado chega a € 15 milhões (R$ 54,83 milhões).
A prisão de Rosell faz a investigação se aproximar de Ricardo Teixeira. O ex-presidente da CBF era próximo ao espanhol. Rosell atuou no Brasil como executivo da Nike, fornecedora de material esportivo da seleção brasileira.
O contrato entre CBF e Nike foi alvo de duas CPIs no início dos anos 2000. Esse compromisso está sendo investigado agora pelo Ministério Público dos EUA. Por ora, porém, Teixeira não foi alvo de nenhum mandado de prisão.
Alvo de diversas investigações, Teixeira renunciou à presidência da CBF às pressas em 2012, quando abandonou o Brasil. O dirigente voltou a morar no país, após período nos EUA e no Uruguai. Ele também tentou fixar residência em Andorra, mas teve o pedido de residência negado.
Durante a investigação do FBI que prendeu boa parte da cúpula da Fifa em 2015, a organização da Copa do Mundo de 2014 recolocou Teixeira como alvo da polícia por suas relações com Jérôme Valcke, então secretário-geral da Fifa. O suíço renunciou ao cargo pouco depois.
Advogado de Rosell, Pau Molins disse que seu cliente está “preocupado, mas surpreso” com sua prisão porque afirma que seus negócios no Brasil são “totalmente legais”. Segundo ele, a conta investigada em Andorra está “perfeitamente regularizada” e é conhecida das autoridades.
“Rosell foi acusado de coisas completamente legais. Ele não cometeu nenhuma irregularidade”, afirmou Molins.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Inter estreia em casa com campanhas do clube e da Nike

Pela Série B do Brasileirão, time desapontou no Beira-Rio, com empate contra o ABC

O Internacional fez, no último sábado, sua primeira partida em casa pela Série B do Brasileirão. E para contar com o apoio do torcedor ao longo da temporada, o time apostou em campanha de incentivo e até uma nova ação da Nike, patrocinadora da equipe. O foco é manter o orgulho dos seguidores em alta.
Institucionalmente, a aposta foi no conceito “Nada vai nos separar”. Em vídeo, uma narração faz paralelo a um casamento, mas do torcedor com o time. A ação termina com “quem é sócio, ajuda o clube”. O estádio Beira-Rio recebeu uma série de comunicação com a nova campanha, de bandeirão no centro de campo a placas no exterior da arena.
Por anos, o Internacional liderou o ranking do Movimento por um Futebol Melhor entre os clubes com mais sócios. Mais recentemente, com o time em má fase, a equipe foi ultrapassada por Palmeiras, São Paulo e Grêmio, seu principal rival.
A Nike foi por caminho semelhante. A empresa lançou um vídeo com a frase “Pelear sempre”, que exalta a força do time mesmo em momentos ruins. A companhia afirmou que o conceito estará em todas as comunicações com o clube ao longo da temporada de 2017.
No sábado, por outro lado, o público ficou um pouco abaixo do esperado. Foram 23 mil presentes, contra a expectativa de 30 mil pessoas. Em campo, o time também não correspondeu, com um empate em 1 a 1 contra o ABC.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/inter-estreia-em-casa-com-campanhas-do-clube-e-da-nike_32530.html#ixzz4hqZQIWfz

Clubes apostam em planos populares para atrair sócios

Ponte Preta e Vila Nova anunciam novos modos de associação aos times

Na última semana, dois tradicionais clubes do Brasil resolveram lançar planos populares para seus torcedores, com direito a entrada direta para os jogos, sem necessidade de compra do ingresso. Com planos e valores distintos, Ponte Preta, da Série A do Brasileirão, e Vila Nova, da Série B, apostaram nessa linha de venda.
O valor mais em conta ficou com o time de Goiás. Por R$ 20, o torcedor terá direito de ser sócio e frequentar as arquibancadas do time. No entanto, o plano é focado no “torcedor de baixa renda” e terá número limitado de mil inscrições de novos associados
Para conseguir o plano popular, o torcedor tem que mostrar um comprovante de renda que aponte ganhos de até dois salários mínimos. Como é um plano mais em conta, o único benefício será a entrada no estádio, sem direito a descontos nas redes de parceiros e sem participar de ações do programa de sócio-torcedor do clube.
Já a Ponte Preta alegou ter lançado “a menor mensalidade do Brasil”, ainda que o valor seja o dobro do que é proposto pelo próprio Vila Nova. Por R$ 40 ao mês, o sócio do clube campineiro terá direito a ver todos os jogos do time no Campeonato Brasileiro.
O maior atrativo é o preço do ingresso para o torneio. Quem não for sócio terá que pagar R$ 50 ou R$ 100 pelo tíquete no mesmo setor, mais do que a mensalidade.
Lançamento de planos populares para sócio-torcedor foi comum nos últimos anos. Em São Paulo, por exemplo, as três equipes mais famosas da cidade apostaram na modalidade, com mensalidades que ficam em torno de R$ 10. A diferença, nesses casos, é que não há garantia de ingressos. Normalmente, o torcedor tem apenas a preferência na compra e desconto no valor cheio do tíquete.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/clubes-apostam-em-planos-populares-para-atrair-socios_32528.html#ixzz4hqZDbxGB

Classificado, Botafogo promove excursão à Argentina

Garantido nas oitavas de final, clube carioca faz última partida de fase de grupos contra Estudiantes

Classificado antecipadamente às oitavas de final da Copa Libertadores, o Botafogo lançou um pacote para seus torcedores acompanharem o último jogo da primeira fase, na Argentina. No próximo dia 25, às 21h45, a equipe do técnico Jair Ventura enfrenta o Estudiantes pela última rodada da primeira fase.
O pacote, disponibilizado pela Agaxtur Viagens e Sportour, agências oficiais do Botafogo, possui condições especiais para sócios-torcedores e pode ser parcelado em até 10 vezes sem juros.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/classificado-botafogo-promove-excursao-argentina_32525.html#ixzz4hqZ2ZJhT

Dono do Olympiacos compra Nottingham Forest

Empresário Evangelos Marinakis quer resgatar tempos de glória de clube inglês nos anos 1970

O empresário grego Evangelos Marinakis, presidente do Olympiacos desde 2010, tornou-se o novo dono do Nottingham Forest, dono de dois títulos da Liga dos Campeões (1979 e 1980).
Segundo divulgou o Nottingham Forest, o grego negociou por vários meses a aquisição e só agora recebeu aval da Liga Inglesa de Futebol para se tornar dono de 100% do clube.
A equipe da cidade de Nottingham (norte da Inglaterra) atualmente joga a Championship, equivalente à Série B inglesa. O clube quase caiu para a terceira divisão na atual temporada, tenso superado o Blackburn Rovers, outro ex-campeão inglês, no saldo de gols.
“Quero devolver ao clube os dias de glória das décadas de 1970 e 1980”, afirmou Marinakis, referindo-se, além do bicampeonato europeu, a uma Supercopa da Uefa (1979) e um título do Campeonato Inglês (1978).
Para assegurar isso, o empresário levou ao time inglês vários de seus homens de confiança. Ioannis Vrentzos, diretor executivo do atual campeão grego, irá ocupar o mesmo cargo no Nottingham Forest. Já o advogado Nicholas Randall foi nomeado novo presidente do clube.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/dono-do-olympiacos-compra-nottingham-forest_32524.html#ixzz4hqYoDGs6