Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Mesmo com estatuto, São Paulo tem novo escândalo

Gerente de marketing foi demitido após acusações de desvios

O marketing do São Paulo foi envolvido em um novo caso de corrupção, menos de um ano depois de o clube mudar o estatuto para profissionalizar as diretorias. E o nome envolvido foi justamente de um gestor remunerado. O gerente de área Alan Cimerman foi demitido por justa causa após uma investigação liderada pelo diretor de comunicação, Marcio Aith.
Cimerman teria realizado um esquema de desvio de ingressos para o show do U2, que será realizado no Estádio do Morumbi. Os negócios também envolveriam a terceirização da venda de camarotes para a apresentação, além do aluguel da arena, que teria sofrido uma queda de valor para a apresentação da banda irlandesa.
Segundo o “Uol Esporte”, o agora ex-executivo assinou a demissão, mas, por meio de seu advogado, negou todas as acusações. O clube, por outro lado, já teria levado o caso à polícia.
O fato acontece dois anos depois dos escândalos que derrubaram Carlos Miguel Aidar da presidência do clube. Uma das acusações sofridas pelo ex-dirigente era de envolver uma namorada em negociações, com direito a uma suposta comissão no acordo com a Under Armour. O então vice-presidente de marketing também chegou a ser citado na época.
O caso foi fundamental para, no fim de 2016, o São Paulo mudar o estatuto, sob o mandato de Carlos Augusto de Barros e Silva. Um dos principais objetivos era tornar o clube mais profissional. Para isso, foi criado um conselho de administração e toda a diretoria passou a ser remunerada, em escala semelhante ao que acontece em alguns dos principais times do mundo. Foi esse conselho, por sinal, que realizou a investigação que levou à demissão de Alan Cimerman na última semana.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/mesmo-com-estatuto-sao-paulo-tem-novo-escandalo_33034.html#ixzz4q7OMYkcO

Com Corinthians, Spotify esquenta briga entre aplicativos

Empresa entra em segmento que já tem Deezer no Flamengo

Os aplicativos de música por streaming têm marcado território no futebol mundial e, no Brasil, não tem sido diferente. O Spotify, que já possui parceria com o Palmeiras, apresentará no próximo sábado, em Itaquera, um acordo com o Corinthians.
O Corinthians chegou a ter contrato com o Napster, concorrente direto do Spotify, em parceria anunciada no fim de 2015. No sábado, a companhia entrante usará a partida do time contra o Vitória para promover o novo acordo. A arena em Itaquera já está com os ingressos esgotados para o evento, com a equipe na defesa pela liderança do Campeonato Brasileiro.
Para anunciar a parceria com o Corinthians, o Spotify contará com a presença do cantor Péricles, que irá cantar o hino nacional antes da partida. Além disso, a empresa irá distribuir brindes ao público e dará fones de ouvido personalizado aos jogadores. Na camisa, haverá a hashtag #TimãoNoSpotify.
No benefício para os torcedores, a lógica segue o que tem sido feito pelas empresas do mesmo segmento no esporte: listas de músicas relacionadas aos assinantes torcedores. Para este primeiro momento, jogadores como Jadson, Cássio e Rodriguinho já passaram suas canções favoritas. O próprio Péricles deu suas sugestões para celebrar vitórias do time. Há também uma seleção com músicas que citam diretamente a equipe, com cantores como Rita Lee e Toquinho.
De origem sueca, o Spotify tem 140 milhões de usuários e é o líder de seu segmento, com 60 milhões de inscrições no modo pago. Além do Palmeiras, o Racing da Argentina tem parceria com a empresa. Curiosamente, o time enfrentará o Corinthians na Copa Sul-Americana. Ainda no esporte, a marca já esteve presente na Maratona do Rio de Janeiro.
Entre os times brasileiros, o primeiro a fazer a aposta foi o Napster, mas o acordo mais recente foi assinado pelo Deezer. A empresa fechou no início deste ano um contrato com o Flamengo, e até usou o cantor Wesley Safadão, que gravou uma música para o time, para divulgar a parceria.
O Deezer tem apostado com mais força no futebol, inclusive com contrato com dois dos mais ricos times do mundo. Barcelona e Manchester United anunciaram em 2016 parceria com a marca. Novamente, uma das atrações é acompanhar o que os jogadores têm ouvido, especialmente na chegada aos estádios.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/com-corinthians-spotify-esquenta-briga-entre-aplicativos_33033.html#ixzz4q7OEGlss

Coritiba fecha patrocínio pontual com empresa de impressão

Apoio valerá para partidas contra Santos e Vitória pelo Campeonato Brasileiro

O Coritiba fechou um patrocínio pontual com a Mimaki, multinacional japonesa do ramo de impressoras digitais e de recorte que atua no mercado brasileiro desde 2009, para os próximos dois jogos do clube no Campeonato Brasileiro, diante de Santos e Vitória.
As duas partidas serão no estádio Couto Pereira e estão marcadas para domingo (20) e a outra segunda-feira (28). A marca da Mimaki ficará estampada na barra da camisa verde e branca. Além da exposição no uniforme de jogo nos dois duelos, a empresa também terá direito a placas de divulgação distribuídas no Centro de Treinamento e também no estádio Couto Pereira pelo período de um ano.
“Será uma honra levar o nome da Mimaki na camisa alviverde, uma empresa de forte atuação, com princípios fortes e altamente significativa para o mercado brasileiro e internacional”, declarou o presidente do Coritiba, Rogério Portugal Bacellar, ao site do clube.
"Apoiar um grande time como o Coritiba é de grande satisfação para a Mimaki, em uma parceria que surgiu como uma grande oportunidade de negócios para a região, pois o Coritiba é o primeiro clube da Série A a ter um equipamento de impressão digital da Mimaki. Este projeto visa inovar a forma como eram produzidas as peças, hoje feitas em silk. Portanto, irá minimizar o custo de estoque de materiais, além de trazer uma melhor qualidade nas tonalidades que a impressão digital consegue com mais precisão”, afirmou Marcelo Dutra, supervisor comercial da Mimaki, também ao site do clube paranaense.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/coritiba-fecha-patrocinio-pontual-com-empresa-de-impressao_33030.html#ixzz4q7O3jsnX

Estados Unidos apresenta lista de 49 estádios para sediar Copa 2026

Candidatura conjunta com Canadá e México duela contra o Marrocos

Os brasileiros lembram-se com alegria da Copa do Mundo de 1994. Afinal, o tetracampeonato veio com Romário, Bebeto, Taffarel e companhia após 24 anos sem conquistas. Mas outro país também parece ter lembranças positivas daquele torneio: os Estados Unidos, que serviram de sede naquele ano e estão dispostos a qualquer coisa para fazerem o mesmo em 2026.
A nova cartada norte-americana, que dessa vez faz parte de uma candidatura conjunta com Canadá e México, é de que dispõe de 49 estádios em 44 cidades diferentes para sediar o Mundial. De acordo com os números divulgados pelo comitê responsável pela tripla candidatura, seriam 34 cidades (37 estádios) nos Estados Unidos, sete cidades (nove estádios) no Canadá e três cidades (três estádios) no México.
Outro fato acordado entre os países presentes na candidatura é de que, dos 80 jogos que serão disputados em 2026, 60 seriam em território norte-americano, incluindo todos a partir das quartas de final, enquanto Canadá e México ficariam com dez cada um. 
Para se ter uma ideia da força da candidatura, ela conta com o apoio de 31 das 32 franquias da NFL, que já colocaram seus estádios à disposição. A exceção é o Buffalo Bills.
A FIFA decidirá onde será disputada a Copa do Mundo de 2026 na véspera da abertura do Mundial de 2018, em 13 de junho do ano que vem. Estados Unidos, Canadá e México disputam com o Marrocos.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/estados-unidos-apresenta-lista-de-49-estadios-para-sediar-copa-2026_33023.html#ixzz4q7NZOrdm

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Percepção e emoção: inteligência emocional e redes sociais

Por Letícia Azevedo

As redes sociais têm sido diretamente ligadas à imagem dos atletas, e quiçá, com o desempenho dentro de campo. É necessário, então, “inteligência“ na hora de usar as redes sociais? A resposta se dará ao decorrer desse artigo pensando em como o mau uso ou uso excessivo das redes, mexem com nossa percepção, descontrolam nossas emoções e prejudicam nosso comportamento.
Tweets do banco de reserva, reclamações aos presidentes de clubes, xingamentos de torcedores, etc. Eis alguns exemplos conhecidos sobre como o uso indevido das redes sociais podem mexer com o indivíduo. Elas são os maiores recursos de contato entre atletas, torcedores e fãs, justamente por isso é necessário cada vez mais um olhar atento para essa área.
Cada ser humano é único, portanto sua perspectiva sobre o mundo será singular, assim como a resposta de cada um a estímulos. Quando comportamentos inadequados são encontrados em redes sociais, é necessário observar com quem está se tratando, pois cada pessoa traz consigo uma história que constitui sua identidade, e isso não pode ser ignorado.
A maioria dos atletas tem sua origem humilde e quando se deparam com o sucesso e a fama, se vislumbram e não sabem como organizar suas emoções e comportamentos diante disso. É necessário trazer ao seu entendimento a percepção de comprometimento com a sua carreira e seu clube, mostrando que suas ações individuais podem afetar o coletivo. As paixões pelo esporte e pelo clube estão em jogo nesse caso, e esse comprometimento será reforçado a partir de técnicas para fortalecimento de vínculo do jogador com o clube, e assim, seu comprometimento será afetivo, de acordo com Spector (2006).
Acredito que seja necessário desenvolver um tipo de inteligência emocional com os atletas. Inteligência, resumidamente, é a capacidade do indivíduo de se adaptar. Salovey & Mayer, (1990) entendem que esse processo de adaptação rende melhores resultados quando unido ao desenvolvimento de processos emocionais.  O trabalho do psicólogo será o de acessar essas emoções, para que o atleta seja orientado sobre como conduzi-las. Parece um trabalho distante da relação com as redes sociais, mas pensando que um atleta confuso emocionalmente terá sua perspectiva afetada em relação ao clube e a sua própria vida, refletindo na maneira dele enxergar seu mundo e quem está nele, fazendo com que o atleta tenha comportamentos inadequados. 

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Atlético Paranaense lança curso de gestão de marketing

Aulas terão experiências práticas com as estruturas do clube

O Atlético Paranaense lançou a terceira edição do curso de gestor para marketing esportivo. O curso, chamado de Choice Academia de Profissões, foi criado em 2012 e tem como principal objetivo formar novos profissionais para o mercado esportivo.
No curso, além de visitas a empresas, os alunos conhecerão toda a estrutura do Atlético, como a Arena da Baixada. A ideia é que os alunos tenham uma experiência prática ao longo do curso.
“Há uma lacuna muito grande entre a formação acadêmica, o mercado e o que as pessoas descobrem e almejam para si após se formarem. Foi a partir desta percepção que notamos que existia essa necessidade de capacitação e preparo para o mercado de trabalho”, explica Thiago Paiva, professor da Choice.
As matrículas para o curso ainda estão abertas. As aulas começarão na próxima semana.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/atletico-paranaense-lanca-curso-de-gestao-de-marketing_33018.html#ixzz4pwtVbVu0

Uber fecha acordo com dupla de Curitiba

Clubes receberão porcentagem de corridas para os estádios

A Uber, aplicativo no segmento de transportes, anunciou na terça-feira mais dois patrocínios no futebol. A empresa fechou com os dois rivais de Curitiba, o Coritiba e o Atlético Paranaense.
O contrato com ambas as equipes funciona da mesma maneira. A Uber passa a ser a plataforma de mobilidade oficial dos times. Em troca, a cada corrida de torcedores para os estádios, em dias de jogos, as equipes recebem uma porcentagem do pagamento realizado.
Como de costume nos investimentos realizados pela Uber no futebol brasileiro, haverá também códigos promocionais específicos para os torcedores das duas equipes.
“Todas as semanas, vemos como torcedores do Furacão e do Coxa vão de Uber até os seus respectivos estádios para ver de perto essa paixão. Não tinha como escolhermos só um. É uma grande satisfação poder celebrar e apoiar, em alguma medida, esses times campeões", comentou em nota o diretor da Uber na região Sul, Fábio Plein.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/uber-fecha-acordo-com-dupla-de-curitiba_33017.html#ixzz4pwtMD9O6

Sem Habib’s, São Paulo busca novo acordo para Morumbi

Empresa era responsável por alimentação do Morumbi desde 2003

O contrato entre São Paulo e Habib’s foi encerrado e, por ora, não houve renovação. Dessa maneira, o clube iniciou conversas com novas frentes no mercado, ainda que mantenha diálogo com a rede de comida árabe. A empresa tinha exclusividade no setor de alimentação do estádio do Morumbi. A informação foi divulgada pelo “Uol” e confirmada pela Máquina do Esporte.
O clube quer resolver a questão até a próxima partida do time. A equipe ficará longe do Morumbi até o dia 9 de setembro, e a direção do São Paulo entende que o tempo será suficiente para ter uma nova empresa no setor ou, menos provável, uma renovação com o antigo fornecedor.
Para atender aos torcedores enquanto a questão não é resolvida, o São Paulo tem recorrido ao uso de “food trucks” no estádio. A iniciativa, aliás, não é apenas um improviso; ter mais opções de alimentação era um desejo da diretoria são-paulina.
São Paulo e Habib’s mantinham uma das mais longas parcerias do futebol brasileiro. A rede de fast food era patrocinadora do clube desde 2003, quando contrato de catering em arenas era novidade no mercado brasileiro. 
O contrato entre Habib’s e São Paulo já havia sido alvo de discussão dentro do clube há dois anos, quando Carlos Miguel Aidar assumiu a presidência da equipe. Na época, o dirigente cogitou a rescisão do acordo, por entender que ele financeiramente rendia menos do que o esperado.
Além do aporte no Morumbi, o Habib’s fez acordos com o São Paulo para ter mais exposição da marca ao longo da última década. O último contrato em vigência dava à empresa espaço na camisa de treino da equipe. Nas últimas semanas, o logotipo já não está mais presente na vestimenta.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/sem-habibs-sao-paulo-busca-novo-acordo-para-morumbi_33016.html#ixzz4pwtDMreT

Vitória usa invencibilidade do Corinthians para promoção com sócios-torcedores

#SouMaisVitória levará sócio-torcedor do time baiano à Arena Corinthians

Apesar de figurar na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o departamento de marketing do Vitória está confiante que o time pode aprontar para cima do Corinthians, líder invicto da competição, na partida que será realizada neste sábado (19), às 16h, na Arena Corinthians. A invencibilidade do clube paulista será usada como pano de fundo para premiar um sócio-torcedor do Vitória.
O clube baiano criou a promoção #SouMaisVitória, que vai levar um rubro-negro a São Paulo para assistir ao duelo, com tudo pago. Além de acompanhar o jogo ao vivo, o vencedor ficará hospedado no mesmo hotel que os jogadores e a comissão técnica do Vitória e ainda irá para a Arena Corinthians acompanhando o ônibus da delegação baiana.
O premiado será o sócio-torcedor que tiver a resposta mais criativa para a pergunta “Por que você acredita que é o Vitória que vai quebrar a invencibilidade do Corinthians nesse Brasileirão?”. A resposta deve ser enviada até a meia-noite desta quarta-feira (16). O sócio-torcedor selecionado será avisado na quinta-feira (17) pela manhã e viajará na sexta-feira (18) para São Paulo.
Para participar, o torcedor precisa ser sócio titular, estar em dia com o plano SMV (Ouro, Prata, Bronze ou Leão), ser maior de 18 anos, seguir (Twitter) ou curtir (Facebook) pelo menos uma rede social do Sou Mais Vitória e enviar um e-mail para relacionamento@soumaisvitoria.com.br com nome completo, CPF, endereço e telefone. Além disso, tem que informar qual(is) rede(s) segue/curte, marcar um amigo sócio-torcedor em pelo menos uma rede social com a hashtag #SouMaisVitória e, é claro, responder de forma criativa à pergunta da promoção.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/vitoria-usa-invencibilidade-do-corinthians-para-promocao-com-socio-torcedor_33013.html#ixzz4pwswBSb0

Bayern de Munique fecha patrocínio com Aeroporto de Doha, no Qatar

Time alemão terá patrocinador nas mangas pela primeira vez na história

O Bayern de Munique chegou a um acordo e estampará o logotipo do Aeroporto Internacional de Hamad (HIA, na sigla em inglês), em Doha, no Qatar, nas mangas de suas camisas. O contrato foi assinado pelas próximas seis temporadas e já passa a valer nesta sexta-feira (18), quando o time comandado por Carlo Ancelotti enfrenta o Bayer Leverkusen, pela abertura da temporada 2017/2018 da Bundesliga, na Allianz Arena.
"O fortalecimento deste fantástico patrocínio entre o premiado aeroporto e o Bayern de Munique confirma o atual papel do Qatar como líder mundial em esportes. O logotipo da HIA-Qatar na manga da camiseta do Bayern de Munique ajuda a mostrar a importância que nós, como nação, colocamos no esporte como forma de unir as pessoas", afirmou Akbar Al Baker, CEO da Qatar Airways.
A relação do Bayern de Munique, um dos gigantes do futebol europeu, com o Qatar vem se estreitando desde o início de 2016. À época, clube e aeroporto assinaram um contrato que já previa a colocação do logotipo da HIA nos uniformes de treino e também de jogo. Além disso, em janeiro de 2017, a delegação do clube alemão ficou hospedada no país árabe por nove dias para um período de intertemporada.
Nos últimos anos, o Qatar cresce a olhos vistos no esporte mundial. Além de sediar torneios importantes e milionários de tênis e golfe, e a abertura da temporada da Moto GP, o país sonha em abrigar uma etapa da Fórmula 1 e também já se prepara para ser o anfitrião da Copa do Mundo de Futebol de 2022.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/bayern-de-munique-fecha-patrocinio-com-aeroporto-de-doha-no-qatar_33012.html#ixzz4pwsnp2G8