Cabeçalho

Logotipo

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Fifa muda protocolo de "Homem do Jogo" após recusa de egípcio


Entidade deixou de citar nome da Budweiser em entrevistas coletivas


A Copa do Mundo com a maior presença de países com maioria religiosa islâmica da história causou a primeira “gafe” na relação comercial da Fifa com seus patrocinadores.
No segundo dia do Mundial, o goleiro do Egito, Mohamed El-Shenawy, foi eleito o melhor jogador do duelo contra o Uruguai, que só foi decidido em favor dos uruguaios aos 44 minutos do segundo tempo, num lance de bola parada.
A eleição do craque da partida é uma propriedade da Budweiser, cerveja patrocinadora da Copa do Mundo. Ela é feita, pela primeira vez neste ano, numa parceria da Fifa com o Twitter, que usa a rede social para escolher o vencedor.
O problema é que o troféu ostenta a marca da patrocinadora. Assim, quando foi nomeado craque do jogo, El-Shenawy recusou-se a receber o troféu, já que a religião não permite o consumo de bebida alcoólica. A história foi flagrada por Marwan Ahmed, diretor do site “King Fut”, nos bastidores do estádio de Ecaterimburgo, onde foi realizada a partida.
Após o jogo, El-Shenawy participou da entrevista coletiva ao lado do técnico Hector Cúper. Ele foi nomeado apenas como “Homem do Jogo” ao ser anunciado. Em outras entrevistas até agora, geralmente o nome da Budweiser é citado como oferecedora do prêmio dado ao atleta, como foi com Cristiano Ronaldo, atacante de Portugal.
No domingo, Phillippe Coutinho, brasileiro eleito o melhor do jogo contra a Suíça, teve até mesmo o troféu colocado à sua frente na mesa em que participou da entrevista ao lado do técnico Tite.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/fifa-muda-protocolo-de-homem-do-jogo-apos-recusa-de-egipcio_34749.html#ixzz5Imk2RNwL

Islândia crê em Copa do Mundo para turbinar turismo


Menor país do mundo a jogar um Mundial aposta em exposição no evento

O empate com a Argentina logo na estreia foi o cartão de visitas da Islândia para a Copa do Mundo e, por que não, para o mundo. Menor país a se classificar para o Mundial na história, a Islândia aposta numa boa performance no futebol para poder voltar a ver o setor mais importante de sua economia crescer: o turismo.

Nos primeiros quatro meses de 2018, o turismo na Islândia representou o ingresso de 95 bilhões de coroas islandesas (cerca de R$ 3,3 bilhões). O valor manteve a atividade como o principal segmento da economia local. Por isso, o ministério do turismo do país aposta na Copa do Mundo como meio de promover a Islândia.

“Nós com certeza temos a chance de usar essa atenção em cima de nós para nos promovermos de forma positiva”, afirmou Skapti Orn Olafsson, porta-voz do órgão de turismo, em viagem de jornalistas do exterior para conhecer o país.
A ação na semana que antecedeu a estreia do time na Copa do Mundo foi mais uma criada pelo governo para promover o país. Antes, os islandeses já haviam criado uma promoção para pessoas de todo o mundo se juntarem ao “time Islândia”. Nela, torcedores ganharam viagens para a Islândia para ver a estreia na Copa.
A aposta no turismo vem desde o início da década, quando o país começou a se recuperar da grave crise econômica de 2008 que faliu bancos locais e o obrigou a recorrer ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para poder recuperar-se financeiramente. Na primeira metade da década, a fama do seriado Game Of Thrones, que tem várias passagens filmadas na Islândia, havia feito o turismo ultrapassar, pela primeira vez, a pesca como atividade econômica mais importante do país. 
Em 2016, após o time fazer campanha histórica na Euro, o turismo aumentou. Agora, com a Copa do Mundo, a expectativa é de que os ganhos sejam ainda maiores.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/islandia-cre-em-copa-do-mundo-para-turbinar-turismo_34747.html#ixzz5ImjnWPY8



SporTV cria ferramenta de tempo real para nortear cobertura da Copa


Canal estuda público e se prepara para mudar cobertura conforme audiência

A Copa do Mundo geralmente exige das empresas de mídia uma atenção total na cobertura do evento. No Mundial da Rússia, o SporTV levou essa preocupação a um novo patamar. Após cruzar informações de diversas pesquisas realizadas nas três Copas anteriores, o canal decidiu que, na Rússia, sua cobertura poderá ser modificada conforme o andamento da audiência. 

“Vamos ver a audiência em tempo real e, com isso, poderemos mexer ao vivo no nosso conteúdo e na nossa programação. Antes, essa questão era mais engessada. Agora, com esse embasamento da nossa audiência, a gente consegue se movimentar”, afirmou Andrea Tuttman, diretora de inteligência do Esporte da Globo.
Pouco antes do início da Copa, a Globo apresentou a plataforma “Gente”, que reúne diversos insights sobre o comportamento do consumidor baseados em pesquisas realizadas pela empresa. Um deles é sobre o perfil do torcedor, que foi o norte para moldar toda a cobertura da Copa do Mundo pelo SporTV este ano. 
“O estudo foi um compilado de 2006, 2010 e 2014, em que viemos adquirindo uma bagagem e percebendo a mudança do torcedor ao longo dos anos. Alguns pilares foram importantes para basearmos a nossa cobertura. O primeiro é estar ao vivo o tempo todo. Mas isso não significa estar ao vivo na TV o tempo todo. Significa a importância de estarmos conectados com as pessoas o tempo todo. Seja na TV, site, aplicativo, VOD ou redes sociais”, complementou a executiva.
O aumento dessa conectividade com as pessoas levou o canal também a criar uma campanha inédita para o Mundial. O crescimento da relevância das redes sociais levou ao projeto “Sou influenciador na Copa”, com a contratação de um grupo de influenciadores digitais numa cobertura só nas redes. 
“Está surtindo grande efeito, e estamos viralizando. Nossa campanha foi baseada também nessa necessidade de uma linguagem mais leve e de pertencimento”, disse Tuttman.
Três outras iniciativas tiveram início pelas pesquisas. O aumento da cobertura de outras seleções, o uso de tecnologia e, ainda, a maior presença feminina. Agora, a meta é continuar a divulgar estudos sobre a relação do brasileiro com o esporte. 
“A Globosat sempre estudou de forma profunda comportamentos, tendências e hábitos dos brasileiros em parceria com os melhores institutos do país. A plataforma 'Gente' nasce com a proposta de dividir os aprendizados que temos sobre os brasileiros com o mercado”, afirmou Manuel Falcão, diretor de marketing da Globosat.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/sportv-cria-ferramenta-de-tempo-real-para-nortear-cobertura-da-copa_34746.html#ixzz5ImjWqtkJ



Neymar e Bruna Marquezine aumentam engajamento da C&A em 237%


Primeira campanha do casal foi lançada em maio para o Dia dos Namorados

A primeira campanha de Neymar e Bruna Marquezine juntos teve grande impacto nas redes sociais. A conclusão é da Socialbakers, líder mundial em soluções para otimização de performance corporativa em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube, LinkedIn, Instagram, Pinterest e Google+).

De acordo com a análise, o casal Brumar, como os dois são conhecidos no meio digital, levou a um aumento de 129 mil seguidores na página da C&A no Instagram entre 14 de maio e 12 de junho, um aumento de 237% em comparação ao mesmo período do mês anterior.
Além disso, foram quase 2 milhões de interações. A hashtag #BRUMAR esteve presente em 30% dos posts da timeline da C&A durante o período e trouxe um aumento de 80% das interações no Instagram, uma média de 24 mil por post. No período anterior, tinham sido cerca de 4 mil.
“Um estudo que fizemos mostrou que investir em um influenciador pode trazer até sete vezes mais engajamento que um post da própria marca. Com cada vez mais barreiras no alcance orgânico, investir em perfis estratégicos tem sido uma forma bastante assertiva de atingir a audiência da marca com maior força e grande credibilidade”, explicou a gerente nacional da Socialbakers Brasil, Alexandra Avelar.
Para a empresa, os resultados de crescimento de seguidores e interações no perfil da C&A comprovam o tamanho da inportância de se entender a audiência e quais influenciadores têm maior engajamento e visibilidade para seus públicos.
Atualmente, Neymar e Bruna Marquezine formam um dos casais mais populares do Brasil. O jogador é cada vez mais falado por conta da Copa do Mundo, enquanto a atriz faz sucesso como protagonista de uma das novelas da Rede Globo. Apesar de estarem já há bastante tempo juntos entre idas e vindas, a campanha de Dia dos Namorados para a C&A foi a primeira dos dois como casal.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/neymar-e-bruna-marquezine-aumentam-engajamento-da-c-em-237_34742.html#ixzz5ImjDNblI

Uol monta estúdio em shopping de São Paulo para Copa


Arena Placar Uol terá entretenimento, experiências e produção de conteúdo


De olho na Copa do Mundo da Rússia que teve início nesta quinta-feira (14), o Uol montou a “Arena Placar Uol”, um espaço aberto ao público e que terá entretenimento, experiências e produção de conteúdo, além , é claro, de um telão para assistir aos jogos do Mundial. O local escolhido foi o estacionamento do shopping JK Iguatemi, em São Paulo.

De acordo com o Uol, o espaço terá programação recheada de shows com música ao vivo, DJs, intervenções artísticas e entrevistas com jogadores, ex-jogadores e influenciadores. Especialistas, artistas e outros convidados especiais também farão avaliações das partidas diretamente no estúdio.
Sucessos da internet como o programa “Falha de Cobertura” e humoristas do programa “Choque de Cultura” vão comentar de forma bem-humorada os jogos da Copa. O programa “Montanha Russa” mostrará reações ao vivo de influenciadores digitais sobre cada jogada. O jornalista Fernando Vanucci será o apresentador do programa “A Rússia É Logo Ali”, comentando de forma mais técnica os principais lances dos jogos.
O Uol ainda aposta nas redes sociais. Vários programas terão transmissão ao vivo multiplataforma, tanto na página do Uol Esporte como no Facebook, Twitter e YouTube, sempre estimulando a interação com a hashtag #hexabilidade.
A “Arena Placar Uol” vai funcionar no mesmo horário do shopping, ou seja, das 10h às 22h de segunda a sábado, e das 10h às 20h aos domingos. Vale ressaltar que, nos jogos do Brasil, a entrada será permitida apenas para convidados.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/uol-monta-estudio-em-shopping-de-sao-paulo-para-copa_34738.html#ixzz5ImiwzyYW

IBRAHIMOVIĆ ESTÁ NA COPA DA RÚSSIA E DANDO UM SHOW COMERCIAL


Representando a Visa, atacante sueco esbanja sua tradicional auto-confiança e se destaca em pequenos vídeos da empresa



Meu time é Visa“. Foi assim que Zlatan Ibrahimović definiu sua presença em solo russo para acompanhar aCopa do Mundo no país europeu. Se não figura entre o convocados pelo técnico Jan Andersson, o sueco foi ao torneio representando sua atual principal patrocinadora.

Ao melhor estilo Ibrahimović de ser, o atacante marca presença em diversos locais à bordo de um ônibus personalizado com seu rosto. Embarcando fortemente na auto-confiança do seu embaixador, a Visa divulga em seus canais oficiais vídeos de curta duração que contam com esta característica do jogador.

O conteúdo é fruto do posicionamento da atual campanha da empresa, que convocou, além de Ibra, diversos influenciadores que detalharão o que acontece nos bastidores de um dos maiores eventos esportivos do mundo. Em vídeos patrocinados é possível ser impactado por materiais legendados do sueco com mensagem para os brasileiros.

A ação aproveita o fato da Visa ter acesso exclusivo ao círculo central e ao aquecimento das seleções antes do início das partidas.

Ao site da FIFA, Zlatan apontou os seus favoritos e revelou que não assistirá a partidas da Suécia, cujo grupo integrado é o F – onde também estão AlemanhaMéxico e Coreia do Sul. Ele aproveitou para declarar que Brasil, Espanha, Alemanha e Suécia são seus favoritos ao título, além de garantir que “a Copa do Mundo da sem mim não vale a pena assistir“.


Fonte: MKT Esportivo

COM UMA RESSALVA, PSG SE LIVRA DE PUNIÇÃO DA UEFA PELO FAIR PLAY FINANCEIRO


Entidade obrigou o clube a vender € 60 milhões até o final deste mês


Se por um lado o Paris Saint-Germain se livrou de uma punição da UEFA pelo Fair Play Financeiro, de outro a entidade obrigou o clube a vender € 60 milhões antes do fim deste mês. A notícia vem um ano depois do clube gastar cerca de € 222 milhões para contratar Neymar. Há ainda o passe fixado em € 200 milhões do francês Kylian Mbappe, emprestado pelo AS Monaco.

Ainda que se trate de movimentações feitas em 2017, a UEFA buscou deixar claro que ainda não foi tomada nenhuma decisão sobre as contas de 2018. “A Câmara concluiu que depois dos ajustes significativos no valor razoável de vários contratos de patrocínio do clube, sobre a base de avaliações realizadas por assessores externos independentes, o resultado do equilíbrio do clube permanece dentro de um desvio aceitável para os exercícios financeiros que finalizaram em 2015, 2016 e 2017”, explicou a entidade suíça por meio de um comunicado.

“O impacto financeiro das atividades de contratações a partir do verão de 2017 (incluindo a próxima janela de transferências) e o cumprimento do requisito de equilíbrio para o ano fiscal 2018 seguirão sendo objeto de uma minuciosa análise e serão avaliados a fundo nas próximas semanas”, completou.

Especificamente com Neymar, na época, o gasto com o brasileiro representou 40% do faturamento do clubeprevisto para a temporada.

Fonte: MKT Esportivo

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Skol cria ação pela Islândia para "secar" Argentina na Copa


Marca promete cerveja de graça aos islandeses caso vençam argentinos


A marca de cerveja Skol, da Ambev, criou uma ação para se aproximar da Copa do Mundo e do torcedor brasileiro. Tendo as “irmãs” Brahma e Budweiser como patrocinadoras do evento, a Skol decidiu provocar a Argentina.
Caso a Islândia consiga vencer a seleção argentina, a marca promete dar cerveja de graça para os islandeses. As duas seleções se enfrentam neste sábado, às 10h, na estreia de ambas na Copa do Mundo. A marca criou uma campanha de mídia batizada de "Tamo Juntson, Islândia" para brincar com a iniciativa, que logicamente caiu nas graças dos brasileiros.
riada pela agência F/Nazca Saatchi & Saatchi, o vídeo lembra que a palavra que os islandeses utilizam para brindar, "Skál", pronuncia-se "Skol", exatamente o mesmo nome da cerveja. Na visão da Skol, este seria mais um motivo para torcer para os islandeses diante dos argentinos.
"Foi uma feliz coincidência para nós poder compartilhar com a estreante Islândia características tão importantes para a marca. E dessa forma participamos do assunto do momento da forma verdadeiramente autêntica para a Skol", revelou Maria Fernanda Albuquerque, diretora de marketing da Skol.
País com menor população entre as 32 seleções que disputam a Copa da Rússia, a Islândia fará sua estreia em Mundiais. A seleção foi a sensação da última Eurocopa, realizada em 2016, ao chegar às quartas de final da competição com resultados como um empate com o futuro campeão Portugal e uma vitória diante da Inglaterra.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/skol-cria-acao-pela-islandia-para-secar-argentina-na-copa_34736.html#ixzz5IVcwohTh

Café Pelé provoca rivais em ação divertida na Argentina


Em época de Copa, teste cego brincou com rivalidade Brasil x Argentina


Já imaginou como se sentiria um argentino ao elogiar Pelé sem saber? E quando isso acontece exatamente em meio à disputa de uma Copa do Mundo? O Café Pelé usou a rivalidade Brasil x Argentina no futebol e o eterno questionamento sobre quem foi melhor em campo, Pelé ou Maradona, para fazer uma ação divertida em plena Buenos Aires, capital argentina.

A marca realizou um teste cego em que os participantes provaram o Café Pelé, sem imaginar o nome do produto que estavam consumindo. No vídeo, os argentinos são só elogios ao café, usando, inclusive, adjetivos como espetacular, incrível, incomparável e esplêndido.
No final, no entanto, a verdade é revelada. Alguns argentinos brincam, xingam e fazem cara feia, mas permanecem com a opinião anterior. A marca, então, aproveita para falar que Pelé é o melhor e que até os argentinos são capazes de reconhecer isso.
“Nossa estratégia é colocar o Café Pelé no centro dessa rivalidade sadia e mostrar a qualidade do nosso café de uma maneira descontraída, através dessa competição que atravessa anos e já é uma tradição entre os dois países”, explicou Débora Bertolozzi, gerente de marketing da JDE Brasil, dona do Café Pelé.
Produzido pela agência J. Walter Thompson, o vídeo será divulgado nas redes sociais oficiais do Café Pelé. A ideia é utilizá-lo bastante durante todo o período da Copa do Mundo, em que as rivalidades Brasil x Argentina e Pelé x Maradona estão ainda mais afloradas.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/cafe-pele-provoca-rivais-em-acao-divertida-na-argentina_34733.html#ixzz5IVcjREbQ

Canarinho ganha status de celebridade na Copa


Mascote da seleção vira protagonista, se transforma em produto licenciado e ganha planos ambiciosos da CBF


A expectativa para a estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia tem servido para consagrar um projeto idealizado pela Confederação Brasileira de Futebol em 2016. O Canarinho, mascote criado às vésperas dos Jogos Olímpicos do Rio, parece ter caído no gosto popular.
Com o time brasileiro na espera do jogo contra a Suíça, cabe ao mascote a função de se relacionar com torcedores na Rússia. Por meio de vídeos com o passeio do Canarinho pela sede da Copa, a CBF tem conseguido popularizar o mascote.
“O Canarinho faz parte do trabalho de aproximação da seleção brasileira com o torcedor. Planejamos trabalhar com um mascote que fale com todos os tipos de torcedores, mas em especial com o público jovem”, afirmou Gilberto Ratto, diretor de marketing da CBF, em entrevista exclusiva para a Máquina do Esporte.
Pouco antes do início da Copa, a entidade lançou a loja oficial do Canarinho. A “Meu Canarinho” vende a versão em pelúcia do mascote, que já foi vista no colo de Bruna Marquezine durante os treinos da seleção, e outros itens licenciados.

“O sucesso do Canarinho aqui na Rússia, bem como a venda dos produtos licenciados, mostram o quanto o brasileiro é apaixonado pela seleção e o quanto a seleção cativa as pessoas mundialmente”, complementou Ratto.
A cara de bravo do mascote, que ganhou o apelido de “Pistola”, ajudou na construção da personagem. Tanto que isso tem levado à produção de diversos “memes” que acabam compartilhados em redes sociais. O sucesso é tanto que até os clubes começam a entrar na onda.
Com a abertura da Copa do Mundo, o São Paulo mudou a feição do seu mascote, o Santo Paulo, e fez a versão “pistola”, em homenagem ao colega de seleção brasileira. O post foi rapidamente compartilhado pelos torcedores e gerou bastante mídia para o clube paulista. Até mesmo na mídia o sucesso do Canarinho começa a gerar pauta.
Tudo isso tem feito com que o Mascote passe a ganhar um planejamento específico por parte da CBF. Após a Copa, ao que tudo indica, ele terá bastante trabalho.
“O plano é não parar nunca com o Canarinho. Até porque ano que vem tem Copa América no Brasil, depois tem a Copa do Mundo feminina, no ano seguinte Olimpíadas, Eliminatórias e daí já chega a Copa no Qatar”, finalizou Ratto.
Ao que tudo indica, o Canarinho vai ter de voar bastante nos próximos anos.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/canarinho-ganha-status-de-celebridade-na-copa_34731.html#ixzz5IVcN5VoY