Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

EUA, Canadá e México podem entrar na Libertadores em 2020


Nos bastidores, Conmebol discute possibilidade com MLS e Liga MX




Quem não se lembra dos clubes mexicanos disputando a Copa Libertadores e, muitas vezes, dando trabalho a brasileiros e argentinos? Pois os times do país poderão voltar à competição, que ainda poderá ter a estreia de clubes americanos e canadenses em um futuro próximo.
De acordo com veículos como ESPN e Globo, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) está discutindo a possibilidade nos bastidores com a Major League Soccer (MLS), que tem times dos EUA e do Canadá, e a Liga Mexicana (Liga MX). Há a chance de que os clubes dos três países da América do Norte entrem na principal competição sul-americana em 2020.
Se a discussão avançar e tiver um resultado positivo, seria a estreia de americanos e canadenses no torneio. Os mexicanos, por sua vez, chegaram a disputar a Libertadores por um longo período, entre 1998 e 2016. O Cruz Azul (2001), o Chivas Guadalajara (2010) e o Tigres (2015) disputaram, inclusive, a final da competição, sagrando-se vice-campeões.
Uma das principais dúvidas caso o acordo seja concretizado será qual o formato da Libertadores em 2020. Para que equipes de três novos países possam entrar, provavelmente os representantes da Conmebol teriam que perder vagas, o que deixaria os sul-americanos com menos vagas do que existem atualmente.
Outra possibilidade seria expandir o número de times e tornar o torneio ainda mais inchado, ou até aumentar apenas a fase pré-Libertadores, com um número maior de confrontos antes que os 32 da fase de grupos sejam definidos.
A edição 2018 da competição está nas semifinais e terá dois clássicos entre brasileiros e argentinos para definir quem chegará à final. De um lado enfrentam-se Palmeiras x Boca Juniors, enquanto de outro o duelo é entre Grêmio x River Plate.
Fonte: Máquina do Esporte

Apoio político faz Barcelona vetar Ronaldinho como embaixador


Ex-atleta pediu apoio dos brasileiros a Jair Bolsonaro, do PSL, nas eleições




O Barcelona decidiu se distanciar de Ronaldinho Gaúcho após o jogador declarar apoio a Jair Bolsonaro, candidato à presidência da República pelo PSL, que disputará o segundo turno das eleições com Fernando Haddad, do PT, daqui 11 dias .
A tendência é que o clube catalão não use mais o ex-atleta como seu embaixador. Oficialmente, o Barça diz que "vai monitorar" os desdobramentos políticos no Brasil para decidir se manterá Ronaldinho como embaixador.
Em nota, o time disse respeitar a opinião do atleta, mas afirmou que "os valores de Bolsonaro não correspondem aos valores do clube". O posicionamento radical de direita de Bolsonaro tem gerado severas críticas nos países europeus.
De acordo com o diário “Sport”, da Catalunha, o mesmo pode acontecer com Rivaldo, que tem participado menos do que Ronaldinho dos eventos do clube, mas que também é um dos nomes mais idolatrados pela torcida nos últimos anos.
Vale lembrar que, no primeiro turno das eleições, Ronaldinho pediu o apoio dos brasileiros ao candidato do PSL em sua conta no Twitter. O ex-atleta aparece em uma foto, de costas, com uma camisa amarela estampada com o número 17 e o texto: “Por um Brasil melhor, desejo paz, segurança e alguém que nos devolva a alegria. Eu escolhi viver no Brasil e quero um Brasil melhor para todos!!!”.
Fonte: Máquina do Esporte

Cruzeiro fecha patrocínio pontual com Fiat para final


Marca da montadora e do carro Argo estarão expostos nos ombros do uniforme



A transmissão da final da Copa do Brasil ajudou o Cruzeiro a conseguir mais um patrocinador para a sua camisa na decisão desta quarta-feira (17). A Fiat fará uma ação pontual na decisão, estampando a marca da montadora e do carro Argo. Os nomes estarão expostos nos ombros do uniforme celeste.
"Estamos inovando ao inaugurar esse novo espaço na camisa. E é claro que uma final de campeonato ainda proporciona ainda mais visibilidade a um parceiro. Nosso intuito é cada vez mais desenvolver opções para nossos futuros apoiadores, angariando também receita para o clube. Queremos um Cruzeiro muito mais forte e ter empresas de grande porte ao nosso lado, como a Fiat, é fundamental", afirmou Marco Antônio Lage, vice-presidente executivo do clube mineiro.
Além da Fiat, outras seis marcas ainda fazem parte da camisa do clube mineiro e estarão presentes no jogo diante do Corinthians: Umbro, Caixa, Cemil, Supermercados BH, Orthopride e Unincor.
O aporte da montadora italiana, que já foi inclusive patrocinadora máster do clube em outras ocasiões, será válido apenas para o jogo de volta da final, esta noite, na Arena Corinthians. A partida será transmitida pela Globo para todo o Brasil, e a tendência é de que seja uma das maiores audiências do ano.
"A Fiat tem relação muito próxima com as principais equipes de futebol de Minas Gerais e esteve junto com o Cruzeiro em uma época de muito sucesso, com conquistas inesquecíveis para o clube e sua grande torcida. Nada mais natural que o Argo, que recebeu diversos prêmios e foi vencedor de muitos comparativos, estar estampado no uniforme celeste nessa partida tão importante. Assim, esperamos que o sucesso do Fiat Argo traga toda a sorte para o Cruzeiro na decisão", declarou Herlander Zola, diretor de operações comerciais da Fiat no Brasil.
Dentro de campo, se ao menos empatar a partida, o Cruzeiro levantará pela sexta vez o troféu da Copa do Brasil, o que deixaria o clube mineiro isolado como maior campeão do torneio. Atualmente, a Raposa divide o status com o Grêmio, ambos com cinco títulos.
Fonte: Máquina do Esporte

Uber estreia parceria com Corinthians em decisão de título


Arena Corinthians terá área exclusiva de embarque e desembarque do aplicativo



A final da Copa do Brasil entre Corinthians e Cruzeiro vai marcar o início da parceria da Uber com mais um clube brasileiro. A Arena Corinthians, palco da decisão do torneio nesta quarta-feira (17), receberá a primeira de diversas ações da empresa de transporte de passageiros.

No estádio, a Uber terá uma área exclusiva de embarque e desembarque pelo portão H da Arena, a exemplo do que a empresa faz em alguns aeroportos.
A chegada da Uber ao Corinthians marca o avanço da empresa no futebol. Atlético-MG, Cruzeiro, Grêmio, Internacional, Ceará e Fortaleza já contam com o aporte da marca. Em todos, tenta facilitar a ida do torcedor aos jogos.
Com o clube paulista, o aplicativo terá maior participação em ações dentro da Arena Corinthians. Além do sistema exclusivo de transporte, a marca patrocinará 30 edições do "Esquenta da Fiel", festa com música ao vivo feita para 300 pessoas antes dos jogos.
"Antes de fechar a parceria, realizamos diversos estudos de engenharia de tráfego na região em dias de jogos, além de visitas técnicas às instalações para determinar o melhor projeto e planejar a chegada do motorista parceiro ao estádio, o fluxo de carros ideal e os pontos de embarque e desembarque. Realizamos alguns pilotos em jogos anteriores e hoje estamos prontos para lançar essa parceira que vai transformar a forma como o torcedor se locomove em dias de jogos. É uma parceria completamente alinhada com os novos valores e estratégias", disse Fábio Plein, gerente geral da Uber para São Paulo.
O acordo da empresa de transporte urbano com o Corinthians é válido por um ano.
Fonte: Máquina do Esporte

Kaiser aposta no futebol de várzea para reforçar conceito


Marca vai organizar primeira edição da Taça Kaiser de futebol amador



Ao som de grandes sucessos do pagode dos anos 1990 e com direito a churrasco e cerveja no final do evento, a Kaiser lançou nesta terça-feira (16), em São Paulo, a Taça Kaiser, competição entre times amadores que servirá para materializar a campanha da marca pela volta do "futebol de verdade".

Diferentemente da famosa Copa Kaiser, que chegou a ser o maior campeonato de futebol amador do país e teve sua última edição disputada em 2014, a Taça Kaiser é “apenas” patrocinada pela marca de cerveja do grupo Heineken. Na antiga Copa Kaiser, a marca ia buscar os times e organizava a competição, que chegou até a ter o apoio da Federação Paulista de Futebol.
A Taça Kaiser, no entanto, será diferente. O torneio será disputado pelos campeões de quatro campeonatos amadores regionais patrocinados pela marca: Copa Corujão (Belo Horizonte/MG), Liga Amadora da Capital (Curitiba/PR), Campeonato Regional da Liga Blumenauense de Futebol (Blumenau/SC) e Copa Cidade Máster (Santa Cruz do Sul/RS).
Os quatro vencedores disputarão as semifinais no dia 19 de janeiro de 2019, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR). A final será jogada no dia seguinte (20), entre os vencedores das semifinais, também na casa do Coritiba. O primeiro semifinalista já está definido: é o Mineirinho, campeão da Copa Corujão.
A ideia da Kaiser é usar o final de semana também para compartilhar experiências e passar dicas de profissionais do mercado do futebol. Batizada de “Resenha do Conhecimento”, o ciclo de palestras e conversas terá a presença de convidados especiais, como um dirigente de algum clube da Série A do Campeonato Brasileiro, um olheiro e um especialista em preparação física. Além disso, a marca promete churrasco e cerveja depois que a bola parar de rolar.
“O futebol de hoje tem perdido sua essência. Queremos encorajar os homens a manter as coisas simples da vida. Como a Kaiser é uma marca que fala do comportamento simples e tradicional masculino, fizemos a conexão com o futebol amador para levantar a bandeira pela volta do futebol de verdade, do amor à camisa. É nos campeonatos amadores que ainda conseguimos resgatar essa emoção dos gramados”, explicou Gustavo Hila, gerente de marketing da Kaiser.
O evento em São Paulo ainda contou com os três ex-jogadores que protagonizam a campanha da marca desde o início, em abril. Vampeta, Túlio e Dadá Maravilha estiveram presentes no lançamento e contaram histórias do começo da carreira, na várzea.
“O futebol amador, de várzea, é muito importante para o futebol como um todo. Hoje, como presidente do Osasco Audax, vejo que conseguimos levar 500, 800 pessoas em um jogo quando não é contra time grande. Já na várzea, tem time que leva 4 mil, 5 mil pessoas para o estádio”, disse Vampeta, campeão do mundo com a seleção brasileira em 2002.
“Essa campanha começou na rádio, passou para o YouTube e, depois, com o sucesso, virou 3600 em abril. Agora, estamos mostrando que não queremos ficar só nas mensagens. Queremos fazer algo real e tangível, pois temos a convicção de que o futebol de verdade, o futebol jogado por amor, está na várzea”, concluiu Gustavo Hila.
No evento, também foi apresentado o modelo do troféu que o vencedor da primeira edição da Taça Kaiser irá levantar no gramado do Couto Pereira. E o formato não poderia ser diferente: um enorme copo dourado de chopp, que deve fazer com que os jogadores corram ainda mais atrás da bola no início de 2019.
Fonte: Máquina do Esporte


Umbro lança chuteira sem cadarço em edição limitada


Medusae 3 Elite terá apenas 24 pares colocados à venda em cada país este ano






A Umbro anunciou nesta segunda-feira (15) o lançamento da Medusae 3 Elite, a nova chuteira da marca. O modelo é o primeiro criado pela empresa inglesa que vem sem cadarço e revestida em couro, e combina o toque e a velocidade das gerações anteriores da linha Medusae.
De acordo com a Umbro, o modelo é resultado de dois anos de pesquisas e aperfeiçoamento por parte da equipe de design da marca na sede da empresa, em Manchester, na Inglaterra. O resultado é um pedido feito por jogadores profissionais que foram consultados e solicitaram uma chuteira mais leve e com uma faixa de couro estendida para um toque melhor na bola.
Dessa forma, entre as principais características da chuteira estão o peso (apenas 170 gramas), um revestimento de malha projetada ao redor do tornozelo, sola leve e rígida, encaixe rápido e fácil, zonas acolchoadas adicionais no colar do calçado, apoio de silicone no calcanhar para maior segurança e estabilidade, e uma parte superior sem cadarço que é uma grande extensão de couro, projetada para aumentar a área de chute e ajustar uma superfície maior do pé.
A Medusae 3 Elite chegará às prateleiras das lojas nas cores preto, branco e verde-água. Entre os jogadores que já estão usando a chuteira estão o zagueiro português Pepe, o meia-atacante peruano Edison Flores e a goleira americana Ashlyn Harris. O novo modelo já pôde ser visto em campo pela primeira vez nos amistosos internacionais no início deste mês.
Inicialmente limitada a 24 pares em cada país, em alusão à fundação da Umbro em 1924, a Medusae 3 Elite estará à venda a partir da próxima sexta-feira (19), no link umbro.com.br/medusae3. Em 2019, haverá um lançamento mais amplo da chuteira.
Fonte: Máquina do Esporte

terça-feira, 16 de outubro de 2018

ESPN e TCL criam categoria para árbitros no Bola de Prata


Prêmio "Apito de Ouro" será patrocinado pela multinacional de tecnologia




A ESPN divulgou nesta segunda-feira (15) que ampliará sua parceria com a joint venture SEMP TCL no Bola de Prata, maior premiação do futebol nacional, que ocorre após o término do Campeonato Brasileiro, em dezembro. A 49ª edição da cerimônia seguirá com os naming rights da Sportingbet, mas terá pela primeira vez o prêmio “Apito de Ouro”, criado especialmente para reconhecer o melhor árbitro do torneio. A premiação terá o patrocínio da TCL.
Pela primeira vez na história, os árbitros estão sendo avaliados por meio de critérios técnicos em todas as 380 partidas do Campeonato Brasileiro, inclusive com diferenciação de pontuação mediante o grau de dificuldade dos jogos. O juiz mais regular do campeonato será eleito por uma comissão julgadora composta por jornalistas da ESPN e Sálvio Spínola, ex-árbitro e atual comentarista da emissora.
“A premiação reforça o papel que a SEMP TCL desempenha junto ao esporte. Comprometemo-nos com o futebol, uma paixão nacional, desde as categorias de base até atletas de alcance global e plataformas de apoio aos profissionais de arbitragem. Estar presente em mais esse momento do esporte se conecta ao propósito de nossas ações, que é aliar alta performance à alta tecnologia”, explicou Ricardo Freitas, presidente da SEMP TCL.
“É gratificante para a ESPN estender a parceria com a SEMP TCL para o maior e mais tradicional evento de premiação dos melhores do Campeonato Brasileiro. Além de reconhecer os jogadores que se destacaram em cada posição, passamos a reconhecer o melhor técnico e agora será a vez de ressaltar o trabalho da arbitragem que está cada vez mais em evidência”, afirmou Rafael Davini, vice-presidente de Ad Sales da ESPN no Brasil.
Vale lembrar que, atualmente, o embaixador global da TCL é o atacante Neymar. Em âmbito nacional, o embaixador é outro atacante, Rodrygo Goes, do Santos, que já está vendido para o Real Madrid.
No futebol brasileiro, a marca já fez aportes pontuais a Botafogo e Fluminense, e ainda firmou um contrato com a CBF para patrocinar os uniformes dos árbitros em todas as competições organizadas pela entidade (Séries A, B, C e D do Brasileiro, Copa do Brasil e todos os torneios de futebol feminino), além da Copa São Paulo de Futebol Júnior e a Copa do Nordeste.
No início de setembro, ainda decidiu arcar com os custos da implementação do VAR nas fases finais da Copa do Brasil. Em troca da exposição nos 14 jogos finais da competição, a marca investiu R$ 700 mil.
A parceria com a ESPN vem desde 2017 e está focada nos programas de jornalismo da emissora voltados à cobertura do futebol, como Bate-Bola, Linha de Passe e SportsCenter.
Fonte: Máquina do Esporte

Barcelona renova aporte regional com Samba FG na Arábia Saudita


Clube catalão segue com objetivo de fortalecer sua marca no Oriente Médio



O Barcelona divulgou nesta segunda-feira (15) a renovação do contrato de patrocínio regional com o Samba Financial Group (Samba FG) na Arábia Saudita por mais cinco anos. A instituição financeira foi o primeiro aporte do clube espanhol na região do Oriente Médio em 2013.
Com o novo acordo, o Samba FG, um dos maiores grupos financeiros do Oriente Médio e líder em cartões de crédito na Arábia Saudita, completará dez anos de parceria com o Barcelona ao final do contrato, em 2023. Os valores da negociação não foram revelados, mas a imprensa espanhola especula algo entre € 500 mil e € 4 milhões, dependendo do número de territórios cobertos pelo acordo.
Nos cinco primeiros anos de parceria, a ativação que ficou mais conhecida e fez mais sucesso no país asiático foi o lançamento de cartões de crédito personalizados com a imagem de alguns jogadores ou com o próprio escudo do clube. “O relacionamento tem sido lucrativo e permitiu essa extensão do contrato por mais cinco temporadas”, afirmou o clube espanhol, em nota oficial.
Segundo o Barça, “o acordo é um passo importante no crescimento previsto pelo plano estratégico aprovado pelo Conselho e faz parte do objetivo do clube de procurar proativamente os parceiros mais adequados aos valores e características que definem sua marca, buscando os melhores contratos possíveis em cada categoria do mundo dos patrocínios de marketing esportivo”.
O objetivo do novo contrato segue sendo fortalecer a marca do clube espanhol no Oriente Médio. Desde que começou a parceria com o Samba FG, o Barcelona também chegou a ter acordos com a empresa de telecomunicações Etisalat e a rede de academias Time Fitness. Nenhum dos dois, no entanto, ainda está em vigor.
Atualmente, o clube catalão possui 23 aportes regionais, que representam uma parte significativa das receitas com patrocinadores. Na última temporada, a área de marketing do Barça alcançou € 299 milhões. Já na temporada 2018/2019, o objetivo é chegar a € 356 milhões. O aumento virá das renovações por maiores valores com Nike e Beko, além da consolidação dos negócios de varejo do clube.
Fonte: Máquina do Esporte

Por "soluções" no Allianz Parque, WTorre fecha com Trevisan


Participantes terão que criar projetos em diferentes setores do estádio




Gestão de arenas esportivas ainda é um segmento novo no mercado brasileiro. Após anos de atraso, foi apenas na última década que o assunto ganhou importância no país. Para ter caminhos diferentes dos primeiros que foram traçados, a administração do Allianz Parque, sob o comando da WTorre, resolveu apostar, por meio da Trevisan, em jovens profissionais.

Os dirigentes do estádio fecharam uma parceria com a instituição de ensino para criar o que foi chamado de "Hackathon Allianz Parque by Trevisan". Basicamente, os participantes terão que criar projetos e soluções na administração da arena em diferentes setores e diferentes propriedades comerciais do local.
As inscrições acontecem até o dia 20 de outubro, por meio do site da Trevisan. Serão 100 participantes, com a única regra de terem mais de 18 anos. Podem entrar no projeto jovens profissionais ou estudantes. No dia 25 de outubro, os interessados farão uma visita técnica ao estádio para conhecerem a estrutura e o modo como o local funciona comercialmente.
Os 100 participantes serão, então, divididos em 20 grupos de cinco. Os grupos terão quatro temas relacionados ao estádio palmeirense para abordar: Allianz Parque Experience, programa Passaporte, Allianz Parque Hall e Allianz Seguros, todos programas em vigência dentro do Allianz Parque.
Os trabalhos apresentados serão avaliados por uma banca formada por profissionais do Allianz Parque, além de professores da Trevisan e representantes de patrocinadores da arena. Os vencedores do concurso terão direito a R$ 5 mil em “experiências” dentro do estádio na Barra Funda, em São Paulo.
"A inovação é um pilar estratégico do Allianz Parque e eventos como esse nos permitem desenvolver ideias que melhorem, cada vez mais, a experiência dos nossos clientes", comentou o diretor comercial do estádio, Heraldo Evans, em nota.
O chamado "hackathon" surgiu como um encontro de pessoas ligadas à programação para descobrir falhas de sistema de empresas ou de softwares. Posteriormente, o termo passou a ser usado para o desenvolvimento de projetos com jovens profissionais, em especial em startups nos Estados Unidos.
Segundo a WTorre, essa é a primeira vez que um estádio brasileiro aplica o método. Em nota, a empresa afirmou que "o objetivo da iniciativa é incentivar jovens profissionais a desenvolverem soluções que facilitem a vida das pessoas".
Fonte: Máquina do Esporte

Denúncia de "corrupção sistemática" adia venda de Wembley


Ex-funcionário do Fulham fez várias acusações contra comprador Shahid Khan



A Federação Inglesa de Futebol (FA) decidiu suspender a votação do conselho da entidade sobre o projeto de venda do estádio de Wembley que seria nesta quinta-feira (11). O motivo: uma denúncia de “corrupção sistemática” contra o comprador, o americano Shahid Khan, dono do Fulham, que disputa a Premier League, e do Jacksonville Jaguars, equipe que disputa a liga de futebol americano (NFL).
A denúncia foi feita por Craig Kline, ex-diretor assistente de operações do Fulham, que foi demitido do cargo no ano passado. Ele fez as acusações à FA em um encontro realizado na última terça-feira (9), após um pedido pelo Twitter.
Segundo Kline, Khan estaria comprando votos de conselheiros para que a venda seja aprovada, além de ter demonstrado um “comportamento ameaçador” recentemente, quando teria ameaçado Kline após o ex-funcionário tê-lo confrontado com alegações de que o Fulham estaria assinando acordos corruptos para contratar jogadores.
“Prezado Conselho da FA, tenho evidências importantes de corrupção sistemática com relação à votação em Wembley que gostaria de dividir. Por favor, peço que entrem em contato”, afirmou o ex-funcionário na rede social, em post que veio acompanhado por hashtags como “fraude”, “racismo” e “propinas”.
Assim que ficou sabendo das acusações, Shahid Khan respondeu, por meio de seu porta-voz, Jim Woodcock, em declaração à agência Associated Press (AP).
“Isso não é mais do que as mesmas bobagens e falsas alegações feitas por um ex-funcionário que deixou o clube em 2017. Nada aqui merece uma resposta adicional”, declarou o porta-voz.
Vale lembrar que, pela proposta que será votada, Khan pagaria £ 600 milhões (cerca de R$ 3 bilhões) à vista e outros £ 300 milhões (R$ 1,5 bilhão) em receita com a exploração comercial dos camarotes e locais de hospitalidade de Wembley.
O Conselho da FA, que é composto por representantes da Premier League e da EFL (primeira e segunda divisões do futebol inglês), além de federações menores dos condados, decidiu adiar a votação final da possível venda. A data escolhida foi 24 de outubro. Embora não tenha autoridade para suspender um possível acordo, a diretoria da FA quer garantir uma votação limpa para que a venda seja realizada.
De acordo com a imprensa britânica, a Polícia Metropolitana de Londres está investigando as acusações feitas por Craig Kline.
Fonte: Máquina do Esporte