Cabeçalho

Logotipo

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Forte presença na web vira fonte de receita para o FC Barcelona

 

Para muitos clubes, a presença no universo digital está atrelada exclusivamente a criar um perfil oficial em cada rede social disponível. Para o Barcelona, esta visão simplista não corresponde a sua realidade. A partir de sua forte presença na web, com um site em dez línguas, contas no Facebook (72 milhões de fãs), Twitter (12 mi), Google + (10 mi), Instagram (3.3 mi), Youtube (1.5 mi) e na chinesa Sina Weibo (1.1 mi), o clube garante, em média, € 30 milhões por temporada.
O valor, segundo dados do próprio Barcelona, não corresponde apenas a licença de imagem – como nas redes asiáticas que o clube se faz presente; mas também na emissão de bilhetes, e-commerce, museu e patrocinadores que utilizam os perfis para ativarem seus acordos. Para Didac Lee, diretor de novas tecnologias do clube, ao assumir o departamento, ele se amparou em três pilares: aproximar o Barcelona dos seus fãs, globalizar a marca e converter o tráfego em receita.

 
Ainda segundo o profissional, o objetivo catalão no curto e médio prazo é “pensar de maneira global e agir de maneira local”, como por exemplo, trazer conteúdo específico de acordo com a cultura local, como na versão árabe e chinesa do site. No campo dos aplicativos – cujo Barça possui mais de dez – a meta é lançar uma plataforma que reúna todos eles num só ambiente.
Nos últimos três anos, com a adesão de sete novos idiomas ao seu site oficial, o Barcelona viu seu número de acessos (7 milhões/mês) e novos seguidores dobrarem. E para Lee, tráfego = receita.
Fonte: MKT Esportivo

0 comentários :

Postar um comentário