Cabeçalho

Logotipo

sábado, 23 de agosto de 2014

No Corinthians, menor renda se mantém no horário das 22 horas

Primeira partida com ingresso mais baixo não derruba renda na Arena


O Corinthians fez, na última quinta-feira (21), o primeiro jogo com descontos nos ingressos. Após protestos dos torcedores e a constante presença de cadeiras vazias, a direção do clube diminuiu o valor dos tíquetes mais alto. Ainda assim, os ganhos com bilheteria não tiveram baixa.
No horário das 19h30, o jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, contra o Goiás, teve 26,6 mil pagantes, o que gerou R$ 1,46 milhão ao clube. A partida representou o segundo pior desempenho de público e bilheteria do time dentro de seu estádio.
A pior colocação permanece na partida entre Corinthians e Bahia, pela Copa Sadia do Brasil. Mas há um detalhe de bastante importância: essa foi o único jogo em Itaquera que aconteceu às 22 horas de uma quarta-feira.
Contra o Bahia, o público foi de 24,2 mil pagantes. E, mesmo com o valor do ingresso na tabela mais alta, a bilheteria foi de R$ 1,38 milhão, ou seja, mais baixa do que a partida contra o Goiás.
O horário das 22 horas tem sido um tormento para o clube paulista. Na ocasião, após receber o pior público da Arena, a direção pediu ao governo do Estado para aumentar o horário do metrô, principal meio de acesso ao estádio. No próximo evento no horário, contra o Bragantino pela Copa do Brasil, o funcionamento do transporte será estendido por 11 minutos.  
Fonte: Máquina do Esporte - UOL

0 comentários :

Postar um comentário