Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Nova versão do orçamento do Fla tem queda de R$ 40 milhões em receita


Bastante otimista ao fazer a versão do orçamento deste ano em janeiro, a diretoria do Flamengo caiu na realidade em julho. Na readequação dos números comandada pelo vice-presidente de finanças, Rodrigo Tostes, a previsão de receita foi reduzida em R$ 40 milhões e a de despesa em R$ 4 milhões. O novo orçamento já passou pelo Conselho Fiscal e precisa ser aprovado pelo Conselho de Administração para entrar em vigor - a previsão é a de que a votação ocorra na segunda-feira.
No início do ano, o Flamengo acreditava que teria de receita R$ 342.042.251,00 e teve o valor readequado por conta de pontos como a eliminação precoce na Libertadores a previsão era de chegar às quartas de final e ganhar outros R$ 10 milhões , e a diminuição do esperado em bilheteria e no programa de sócio-torcedor para R$ 32 milhões cada antes, esperava-se quase R$ 46 mi em bilheteria e R$ 45 mi em sócio-torcedor.
Já de despesa, a previsão era de R$ 200.080.441,00 e a readequação foi feita por conta da diminuição do repasse à Golden Goal, administradora do sócio-torcedor, já que caiu a receita do programa.
AS VERSÕES DO ORÇAMENTO
Início de 2014
A diretoria do Flamengo acreditava que teria de receita R$ 342.042.251,00 nesta temporada sendo, por exemplo, R$ 45.863.200,00 de bilheteria, R$ 45 milhões por meio do programa de sócio-torcedor e R$ 10 milhões com o time chegando nas quartas de final da Libertadores. Já de despesa, a previsão rubro-negra era de R$ 200.080.441,00, sendo, por exemplo, o montante de R$ 156.601.887,00 gasto com todo o departamento de futebol e R$ 16.485.525,00 com o remo e as modalidades de esporte olímpico da Gávea.
Agora
Após a readequação do orçamento promovida pela diretoria do Flamengo, a previsão de receita do Rubro-Negro para esta temporada está em R$ 302 milhões, sendo, por exemplo, R$ 32 milhões de arrecadação com bilheteria e o mesmo valor através do programa de sócio-torcedor. Já a previsão da despesa do clube para este ano diminuiu para R$ 196 milhões, já que o repasse à Golden Goal, administradora do projeto de sócios-torcedores, foi reduzido por conta da queda do número de associados ao longo do ano e a consequente redução da receita.

Leia mais:
http://extra.globo.com/esporte/nova-versao-do-orcamento-do-fla-tem-queda-de-40-milhoes-em-receita-13455294.html#ixzz3990ZEppb

0 comentários :

Postar um comentário