Cabeçalho

Logotipo

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Plano de sócios: Temos um plano pra isso?

Alguns clubes já enxergaram que é preciso fazer mais ao torcedor para que o quadro de sócios aumentem, mas ainda na maioria tudo não passa de teoria e descaso.

Ao pegar qualquer torcedor comum aqui no Brasil, e questionar os motivos que o fazem a não ir ao estádio, com certeza o preço elevado dos ingressos será fator em 9 a cada 10 entrevistados. Em outro momento, expus que nosso atual campeonato é um dos mais disputados do mundo, onde temos variados campeões no decorrer dos anos, mas estamos longe de termos um dos melhores.
Dito isso, não justifica os altos valores cobrados pelos ingressos nos campeonatos estaduais e brasileiro, para ter uma experiência pobre de entretenimento, já que não temos ainda uma demanda de serviços oferecidos pelos clubes, além do básico jogo nas quatro linhas.
Pois bem, e os planos de sócios?
Todos os clubes possuem seus planos e sócios, em inúmeras categorias e formas, e na maioria delas, compensa e muito se tornar sócio do clube ao invés de desembolsar todo jogo em casa uma quantia alta pelo ingresso.
Mas então, o que falta para os clubes preencherem seus estádios com torcedores ávidos e felizes? Se o preço é mais convidativo do que aquele ingresso avulso, por que não se tornar sócio? Acredito em alguns pontos:
Segurança: Com os frequentes problemas entre torcidas organizadas, acabam afastando os torcedores dos estádios, juntamente com suas famílias.
Horário: Com jogos em dias de semana às 21h50, por exemplo, dificulta e muito a ida ao estádio, a volta (transporte público), onde o torcedor acaba chegando na madrugada em casa.
Entretenimento: Mesmo a partida sendo o principal atrativo, faltam na maioria dos estádios outros pontos de entretenimento para o torcedor, desde lojas, lanchonetes e ações onde o torcedor possa usufruir antes e depois da partida, e consequentemente aumentando a renda dos clubes.

 

Comodidade: Com exceção das nova arenas, grande parte dos estádios brasileiros não oferecem aos seus torcedores comodidade para assistir as partidas, com arquibancadas precárias, banheiros em estados calamitosos e acessos ruins.
Enfim, tudo isso obviamente requer um estudo mais elaborado, mas a princípio o que se pode averiguar na minha experiência vivida dentro de clube é que o torcedor, fora todos os quesitos acima, também não enxerga o plano de sócios como ajuda ao clube e facilidade para ir aos jogos, mas sim como uma obrigação financeira todo mês, e um transtorno momentâneo em ir se associar, preencher formulários e etc.
E não basta campanhas “marketeiras” , promoções, benefícios múltiplos e comodidade, o torcedor em sua grande maioria não consegue assimilar as facilidades e a contribuição ao time do coração todo mês, fazendo-o mais forte e competitivo.
Vejo que os clubes, além de oferecer descontos e comodidade, terão que se aprimorar e muito outros tantos fatores, oferecendo ao futuro sócio não só uma entrada ao estádio, mas um passaporte de lazer onde ele encontrará outros motivos para se tornar sócio daquela instituição.
Fonte: Site De Canhota

0 comentários :

Postar um comentário