Cabeçalho

Logotipo

sábado, 2 de agosto de 2014

Prefeitura cede, e Olympique de Marselha continuará mandando jogos no Vélodrome

Novo acordo, válido pelos próximos três anos, gira em torno de 7,4 milhões de euros anuais


 

Nada como estar em casa. Após verdadeira novela, o Olympique de Marselha pôde, enfim, comemorar: o clube de futebol francês continuará mandando suas partidas no Vélodrome, estádio em que atua desde 1937. A prefeitura de Marselha, porém, dificultou bastante as negociações.
Segundo o novo contrato, o Olympique de Marselha permanecerá no Vélodrome pelas próximas três temporadas. De agora em diante, no entanto, os termos financeiros do aluguel mudaram. O negócio passa a girar em torno de 7,4 milhões de euros anuais. O valor fixo é de 3 milhões de euros em 2014/2015 e 4 milhões de euros em 2015/2016 e em 2016/2017. Mas há uma variável: quando as vendas de ingressos ultrapassarem 20 milhões de euros, 20% do excedente ficarão com a prefeitura. Ao todo, o montante deve atingir a casa dos 7,4 milhões de euros anuais.    
“Todo mundo aqui concorda que o Olympique de Marselha deve jogar no Vélodrome. Estou satisfeita que tenhamos chegado a um compromisso aceitável para o clube e para a cidade de Marselha. O prefeito, bem como o Olympique de Marselha, teve que fazer um esforço considerável para que pudéssemos assinar este acordo”, declara Margarita Louis-Dreyfus, proprietária do Olympique de Marselha.
As duas partes demoraram para chegar a um consenso porque o prefeito Jean-Claude Gaudin pediu valores bem superiores em relação às cifras pagas até então pelo Olympique. A ideia de Gaudin era cobrar 380 mil euros por partida, o que daria aproximadamente 8 milhões de euros anuais. E olhe que a equipe marselhesa pagava apenas 50 mil euros por jogo. Um dos fatores que fez o Vélodrome encarecer foi o fato de o estádio ter se modernizado para sediar a Eurocopa de 2016.    
Temendo não chegar a um acordo com a prefeitura, o Olympique havia anunciado que levaria seus confrontos do Campeonato Francês como mandante para a cidade de Montpellier. Com o fim do impasse, os duelos ocorrerão no próprio Vélodrome.  
Fonte: Máquina do Esporte - UOL

0 comentários :

Postar um comentário