Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

São Paulo admite que só conseguirá patrocínios para uniforme em 2015

“Em 2014, se algo excepcional acontecer, conseguiremos anunciar patrocínios, mas estamos olhando para 2015”, diz diretor de marketing são-paulino


 

Um substituto para a Semp Toshiba na cota máster do São Paulo deve demorar a chegar. À Máquina do Esporte, Ruy Barbosa, diretor de marketing são-paulino, contou que a Copa do Mundo animou empresas a continuar no futebol, mas que as negociações hoje abertas só devem chegar a uma conclusão para a temporada de 2015.
“Em 2014, se algo excepcional acontecer, conseguiremos anunciar patrocínios, mas estamos olhando para 2015”, afirma o dirigente. A razão, diz ele, é que segundo semestre é tempo de planejamento para a maioria das companhias, e não de acertar novos investimentos.
O São Paulo teria a Semp Toshiba no peito e nas costas da camisa até o fim do ano, mas a patrocinadora, com problemas financeiros, decidiu rescindir o patrocínio antes do término do contrato. Antes dela, o clube já havia enfrentado oito meses de seca na cota máster.
Nesta temporada, a filosofia do time paulista foi de oito a 80 no período da Copa. Antes da competição, o novo diretor comercial, Marcelo Pepe, fechou uma série de pontuais para ocupar a camisa. Depois, com a chegada de Barbosa, a estratégia foi revista, e o São Paulo passou a priorizar negociações que rendam patrocínios de médio e longo prazos.
O problema é que, com o mercado de patrocínios em retração e com os altos valores exigidos pelos clubes, patrocínios de longo prazo demandam negociações igualmente longas
Fonte: Máquina do Esporte - UOL

0 comentários :

Postar um comentário