Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Até quando a UEFA irá comandar o mundo do futebol?

Nunca foi segredo para ninguém que muitos dos europeus preferem a Eurocopa do que a Copa do Mundo. Agora os clubes europeus já disseram que não irão liberar os jogadores sul americanos para as Olimpíadas de 2016. Será que a UEFA hoje é mais forte que a FIFA?


Os primeiros conflitos dos europeus com o restante do mundo do futebol já aconteciam há bastante tempo. Na primeira Copa do Mundo apenas quatro seleções europeias participaram do mundial no Uruguai. Muitas alegaram que as longas viagens de navio seriam cansativas demais para seus jogadores. Como vingança para o boicote europeu, o Uruguai, campeão do mundo em 1930, não foi ao mundial da Itália em 1934.
Esses conflitos foram diminuindo com o passar dos anos e com a profissionalização do futebol no mundo. As ligas europeias ainda estão a anos-luz das outras ligas. O investimento financeira é imensamente maior. E isso faz com que a UEFA menospreze o futebol no restante do mundo.
Um grande exemplo é o mundial de clubes. Disputado anualmente, o campeonato dos campeões de cada continente disputam o título de melhor do mundo! Mero engano. O melhor time do mundo sempre vai ser o campeão europeu. Os clubes da Europa mal sabem sobre o desprezado campeonato, tão valorizado pelo futebol brasileiro. Os grande jogadores comparecem a competição por imposição da FIFA. Mas a comemoração pelo título mundial é muito menor do que o título europeu.
Outro ponto a ressaltar é a Eurocopa 2016 sendo disputada com 24 seleções. Caminhando fortemente para se tornar em breve um evento da magnitude de uma Copa do Mundo. E a FIFA que não ouse afrontar a UEFA para não colocar o evento europeu no padrão de um mundial. A UEFA rentabiliza muitos recursos para a FIFA, principalmente com o maior evento do velho mundo.
Nos campeonatos de clubes europeus podemos encontrar os melhores jogadores da atualidade. Os grande craques das melhores seleções do planeta. Mas as divergências na hora de ceder jogadores para amistosos das seleções de outro continente continua a ser um dilema. Mesmo em eventos “data FIFA” acontecem situações onde algum jogador se “lesiona” e não pode ser apresentar a seleção.
Inúmeros são os casos de jogadores cortados e logo depois a história real aparece. Mais um capítulo dessa história deve acontecer nas Olimpíadas do Rio em 2016, a ameaça já foi feita. Se acontecer a edição especial da Copa América em 2016 os clubes europeus não vão cedes seus jogadores para as Olimpíadas e a FIFA que não se intrometa e pedir a liberação dos clubes.
Mais uma vez a entidade que cuida do futebol europeu tenta controlar o futebol mundial. Já passou da hora das confederações do esporte investirem mais no futebol e igualar essa imensa diferença do futebol europeu para o mundo. Senão, tudo continuará assim, todos sempre dependendo do calendário europeu.
Fonte: Site De Canhota

0 comentários :

Postar um comentário