Cabeçalho

Logotipo

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Banco renova com Brasileiro feminino; CBF ignora evento

Torneio ganha sobrevida em 2014, mas não ganha destaque da confederação




O Campeonato Brasileiro uniu jornalistas nesta segunda-feira para anunciar sua segunda edição. A competição será patrocinada pela Caixa, que investirá R$ 10 milhões na modalidade. A Confederação Brasileira de Futebol, no entanto, ignorou a notícia em seus canais oficiais de comunicação.
O evento contou com a presença do Ministro do Esporte, Aldo Rebelo. A CBF foi representada pelo técnico do time brasileiro, o Vadão. Em campo, serão vinte equipes divididas em quatro grupos. Entre os participantes, nomes conhecidos do grande público, como Vasco, Botafogo e Sport se misturam a equipes de menor expressão.
O patrocínio da Caixa irá arcar com os custos da competição. Na conta dos milhões investidos, entram hospedagem, passagens aéreas e ambulâncias. Em coletiva, Aldo Rebelo admitiu que o torneio não conseguiria se sustentar sem o auxílio de um patrocinador.
O curioso foi o modo como a CBF relatou o fato. Patrocinado pelo Itaú, a entidade ignorou o assunto. Em seu site oficial, não há nenhuma citação ao fato. Nas redes sociais, a mesma situação. Os bastidores da seleção brasileira têm destaque, mas o futebol feminino foi novamente ignorado.  
Fonte: Máquina do Esporte - UOL

0 comentários :

Postar um comentário