Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Corinthians lança manifesto contra a homofobia

Clube quer acabar com grito após tiro de meta adversário

O Corinthians lançou nesta sexta-feira um manifesto contra a homofobia. A carta divulgada nas redes sociais e no site do clube mantém os desenhos que remetem a “República Popular”, campanha de marketing do time, e o discurso pede fim ao grito de “bicha” no tiro de meta do goleiro adversário.
No documento divulgado, o Corinthians exalta a história do time, de origem popular. Lembra também da participação do clube no movimento pelas diretas no país. A homofobia estaria, então, “contra o princípio de igualdade que está no DNA corinthiano”.
Mas o próprio texto inclui outra preocupação do time: o STJD, que pode “prejudicar o Timão”. O tribunal esportivo da CBF está em evidência porque chegou a banir o Grêmio da Copa do Brasil após alguns torcedores expressarem manifestações racistas.
O grito “bicha” no tiro de meta foi incorporado pela torcida corintiana nos últimos meses. Trata-se de uma adaptação do “puto” cantado por torcidas do México.
Veja o manifesto divulgado pelo Corinthians: 


 

0 comentários :

Postar um comentário