Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Emirates impõe amistoso entre Real Madrid e Milan no recesso de fim de ano

Companhia aérea injeta mais de R$ 650 milhões em contratos de 5 anos com os clubes

Por imposição do patrocinador, jogadores de Real Madrid e Milan terão compromisso durante o recesso de fim de ano dos Campeonatos Espanhol e Italiano. Dono das camisas de ambos os clubes, a Emirates impôs um amistoso no dia 30 de dezembro, em Dubai, nos Emirados Árabes.
O evento de apresentação do amistoso teve a presença de Emilio Butragueño e Franco Baresi, legendas de Real Madrid e Milan, respectivamente. O jogo entre os maiores vencedores da Liga dos Campeões, com 17 títulos, será no 7even Stadium, com capacidade para 50 mil pessoas.
A interrupção das férias pode parecer um fardo excessivo aos dois elencos. Mas ambas as equipes são muito bem remuneradas para cumprir esses compromissos comerciais. A Emirates desembarcou em Milão em 2010, apossando-se da camisa rubron-negra com um contrato de cinco anos e 60 milhões de euros (R$ 186 milhões).
Já o clube madrilense tem menos motivos ainda para reclamar. No ano passado, o avião da Emirates pousou no Santiago Bernabéu, desbancando a Bwin como patrocinador da camisa merengue. A empresa de apostas online era detentora do espaço desde 2007. Pelo novo compromisso, o Real Madrid irá receber um total de 150 milhões (R$ 467 milhões), em cinco anos, além de bônus por metas alcançadas.
O investimento em clubes de futebol faz parte da estratégia da Emirates para divulgar o nome da companhia pelo mundo. Segundo a companhia, para cada euro investido, há o retorno de 8 euros.
A Emirates entrou no futebol em 2001, com contrato com o Chelsea. Nesse período, também patrocinou Arsenal (e bancou a construção da nova arena do clube), Real Madrid, Milan, PSG, Hamburgo e Olimpiakos. Várias concorrentes também buscaram associar seus nomes a clubes de futebol. É o caso de Qatar Airways (Barcelona), Lufthansa (Bayern de Munique), Delta Airlines (Chelsea), Aeroflot (Manchester United), Etihad Airways (Manchester City e Atlético de Madri) e Turkish Airlines (Borussia Dortmund e Olympique de Marselha).
O amistoso nos Emirados Árabes, porém, representa um desgaste a mais para os elencos, dentro de um calendário já atolado de compromissos.
Antes do jogo contra o Milan, o Real Madrid disputa o Mundial de clubes, no Marrocos. Caso chegue à final, jogará dia 20 de dezembro, adiando seu compromisso diante do Sevilla, pelo Campeonato Espanhol, marcado para o mesmo dia. Pelo Espanhol, o time volta à campo em 3 de janeiro, contra o Valencia, na casa do adversário. Já o Milan pega a Roma fora de casa, no dia 21. O time retorna ao Campeonato Italiano no dia 6 de janeiro, quando recebe o Sassuolo.
Não é a primeira vez que os clubes patrocinados pela companhia aérea participam de jogo durante o período normalmente destinado ao descanso de Natal e Réveillon. No ano passado, o PSG, também apoiado pela empresa, e Real Madrid disputaram amistoso no Qatar.

Original:
http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/emirates-impoe-amistoso-entre-real-madrid-e-milan-no-recesso-de-fim-de-ano_27202.html#ixzz3EtllrVq5

0 comentários :

Postar um comentário