Cabeçalho

Logotipo

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Estádio Olímpico de Londres já custa o valor de 2 estádios da Copa

Custos com arena, que será convertida para uso de West Ham, chega a R$ 2,476 bilhões



A conversão do estádio Olímpico de Londres para os jogos do West Ham e eventos de atletismo irá custar £ 36 milhões (R$ 144 milhões) a mais do que o orçamento inicial. O valor total da obra atingiu os £ 619 milhões (R$ 2,476 bilhões).
Como forma de comparação, esse montante é o equivalente à soma da construção da Arena Corinthians (R$ 1,15 bilhão) e da reforma do Maracanã (R$ 1,3 bilhão).
O aumento dos custos ocorreu nesta semana, quando a Balfour Beatty, empreiteira contratada para a obra, encontrou dificuldade para a instalação do teto que irá cobrir as arquibancadas retráteis (usadas durante a temporada de futebol) e a pista de atletismo. A Corporação para o Desenvolvimento do Legado de Londres (LLDC, na sigla em inglês), autarquia criada pela Prefeitura de Londres para cuidar do legado do Parque Olímpico utilizado nos Jogos de 2012, irá bancar o custo extra.
O estádio foi originalmente construído para ter uma redução de capacidade de 25 mil pessoas após a Olimpíada. A instalação esportiva custou aos cofres públicos £ 429 milhões (R$ 1,7 bilhão). O custo total deve subir ainda mais, porque ainda há alguns contratos, de menor valor, para serem finalizados.
O grau de complexidade da obra se deve ao fato de que o teto do estádio será o maior de seu tipo no mundo e demanda o uso de técnicas de construção similares às utilizadas nas plataformas de petróleo do Mar do Norte.
A LLDC acredita que poderá cobrir o custo adicional utilizando seu próprio orçamento, sem necessidade de apelar para o governo ou a prefeitura. O estádio, com capacidade para 54 mil torcedores, será entregue ao West Ham para a temporada 2016-2017. O clube londrino, vencedor da concorrência para a utilização do estádio, irá pagar um aluguel anual de £ 2,5 milhões (R$ 10 milhões).
O West Ham, que venceu uma forte concorrência com o Tottenham, outro clube londrino, terá a primazia para usar o espaço durante a temporada do futebol, com um contrato de arrendamento de 99 anos. Já a federação britânica de atletismo terá o direito de usar o espaço em 20 datas por ano.
Apesar do atraso nas obras por conta da dificuldade em montar a cobertura da arena, a LLDC acredita que a instalação esportiva estará pronta para sediar a Liga Diamante de Londres, em julho de 2015, e cinco partidas da Copa do Mundo de rúgbi, em setembro.
O Parque Olímpico já recebeu 3 milhões de visitantes, desde que foi reaberto ao público, há 18 meses.

Original:
http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/estadio-olimpico-de-londres-ja-custa-o-valor-de-2-estadios-da-copa_27314.html#ixzz3Gy0hFYv0

0 comentários :

Postar um comentário