Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Lens polemiza na França ao levar jogo para Paris

Clube do interior francês espera 60 mil pessoas no Stade de France



Quem anda pelo metrô de Paris dificilmente deixará de se deparar com enormes propagandas com os dizeres “Jogo na Capital”. Trata-se do Lens divulgando a partida contra o Paris Saint-Germain que acontecerá no Stade de France, na região metropolitana da capital francesa.
A estratégia do time francês lembra a de muitos brasileiros que preferem jogar em estádios da Copa do Mundo, longe de suas casas, para lucrar com a bilheteria. E isso não tem sido bem visto no país europeu.
Lens fica a 200 km de Paris. O time da cidade joga em um estádio de 40 mil pessoas, uma das sedes da Eurocopa de 1984. Para enfrentar o PSG, ele jogará no palco da final da Copa do Mundo de 1998, com capacidade para 80 mil pessoas, e expectativa de receber 60 mil pessoas.
A ideia do time é lucrar com a bilheteria (os ingressos custam entre 18 e 70 euros) e divulgar o grupo de investidores do Azerbaijão, que compraram o clube em 2013. As partidas contra o Lille e contra o Olympique de Olympique de Marseille também serão no local. Mas, claro, o time não conseguiu fugir de polêmicas com a decisão.
A primeira questão é a inversão de mando. A torcida do PSG será maioria no estádio, o que desagradou os torcedores. Além disso, a divisão de torcida tornou o jogo perigoso. Autoridades francesas classificaram o evento como “alto risco”. Serão disponibilizados 600 policiais e mil seguranças para conter o encontro de 20 mil torcedores do Lens contra uma maioria parisiense.
Até mesmo o gramado foi alvo de crítica. O técnico do PSG, Laurent Blanc, classificou-o como “desastre”. O Stade de France recebeu recentemente a partida entre França e Portugal, mas, nos últimos anos, tem sido usado com mais frequência pelo rúgbi.

Original:
http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/lens-polemiza-na-franca-ao-levar-jogo-para-paris_27293.html#ixzz3GP6QAC3l

0 comentários :

Postar um comentário