Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Nova plataforma torna torcedor em investidor de atletas


Em meio à proibição da participação de empresários nos direitos econômicos de atletas anunciada pela Fifa, surge uma plataforma que permite que torcedores invistam em jogadores de futebol. O Panela FC, que estreia nesta quarta-feira, 8, já tem contrato com 22 clubes brasileiros e 5 portugueses, entre eles o Porto.
Nessa primeira etapa, os torcedores poderão comprar apenas as cotas de atletas, cujo valor de mercado é determinado pelo clube. Segundo a empresa, é uma forma de atrair investimentos sem tirar o poder de decisão do clube, já que é o time que determina qual parcela dos direitos econômicos do jogador ele deseja negociar. No caso de o jogador ser negociado, o torcedor receberá sua parte da transferência, exatamente como acontece com empresários de jogadores.
O jurídico da empresa garantiu à De Prima que a plataforma não contraria a nova determinação da FIFA. Pelo contrário, a proibição seria um incentivo ao novo modelo de negócios, já que nova regra da entidade que regula o futebol mundial deixará os clubes com menos opções de captação de fundos para contratação de jogadores.
Para evitar que empresários entrem na jogada, o Panela FC limitará os gastos em até R$ 5 mil por torcedor, de acordo com o CPF de registro. Nos próximos meses, o Panela FC ampliará a plataforma de investimento onde os torcedores interessados em investir nos jogadores poderão adquirir cotas de outros investidores. Como em uma bolsa de valores, as ‘ações’ de cada atleta irá variar de acordo com o rendimento dos atletas dentro de campo.

Fonte: Lance Bizz

0 comentários :

Postar um comentário