Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

É arena ou estádio? Novas praças esportivas têm definição equivocada no país

Os novos palcos de futebol no país popularizou o termo ‘arena’ e causa confusão até mesmo entre especialistas de marketing esportivo



Desde 2012, com a inauguração das Arenas Independência e do Grêmio, o futebol brasileiro ganhou um total de 15 novos palcos que foram construídos ou reformados, a maioria deles voltado para a Copa do Mundo 2014. Esse novo cenário trouxe também a expressão ‘arena’ para denominar locais multiuso. Mas muitas vezes o termo é utilizado de maneira equivocada no país.
Uma arena multiuso é um local projetado para receber eventos diversificados, cuja estrutura está apta para as mudanças necessárias para se realizar um jogo e poucos dias depois um grande show de música. Muitos dos estádios brasileiros abrigam há muito tempo partidas de futebol e apresentações de músicos e bandas internacionais. Mas na maioria das vezes jogos precisam ser cancelados por conta da montagem e desmontagem da estrutura.
- Os estádios podem receber outros eventos além do futebol, porém, como não foram devidamente arquitetados para essa finalidade, os mesmos tem que se fazer muitas adaptações para que os eventos ocorram - afirma Fábio Wolff, sócio-diretor da agência Wolff Sports & Marketing
O termo arena é utilizado de forma equivocada até mesmo por quem atua na área de marketing esporitvo. O Morumbi, por exemplo, é citado como estádio por dois especialistas na área. Entretanto, Julio Casares, VP de marketing do São Paulo, diz que o local é sim uma arena.
- O Morumbi é, sem dúvidas, uma arena multiuso. Por que, apesar de ter mais de 50 anos de idade, o estádio passou por diversas mudanças, sempre no sentido de modernizar e oferecer mais serviços – diz Casares.
Um dos pioneiros a utilizar a expressão foi o Amsterdam Arena, moderna casa do time holandês AFC Ajax que foi inaugurada em 1996. Nos Estados Unidos, o termo também é muito utilizado por conta da flexibilidade de seus estádios e ginásios.
O Staples Center, em Los Angeles, por exemplo, é a casa de três times de basquete – Lakers, Clippers (NBA) e Sparks (WNBA) – e um de hóquei, o Vikings (NHL). O ginásio já recebeu três partidas destes times em apenas dois times, tendo mudado toda a sua estrutura para cada um deles. Além destes, o local recebe eventos variados como shows e até velórios, como o do astro Michael Jackson.

Leia mais no LANCENET!
http://www.lancenet.com.br/minuto/estadio-Novas-esportivas-definicao-equivocada_0_1243075768.html#ixzz3IDrT8QA7
© 1997-2014 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!

0 comentários :

Postar um comentário