Cabeçalho

Logotipo

sábado, 6 de dezembro de 2014

Isaías Tinoco e Paulo Angioni para comandarão o futebol do Vasco

Apresentados pelo vice de futebol, novos dirigentes apostam na identificação


O Vasco começa o projeto de reforma em seu quadro de funcionários. Esse processo tem sido a bandeira do grupo comandado por Eurico Miranda, que prometeu ampla reestruturação no clube.  Porém, essa renovação inicia com funcionários já conhecidos em São Januário: Isaías Tinoco e Paulo Angioni.

A dupla foi apresentada na tarde desta sexta-feira (05) pelo vice-presidente de futebol José Luis Moreira. O, também, recém empossado dirigente ressaltou a importância da identificação dos novos funcionários com o clube e da função que vão desempenhar no processo de restauração vascaína.

- - Eu queria apresentar o que já é de conhecimento público. Duas figuras importantissimas para o nosso projeto de Vasco da Gama. Apresento o Isaías, o retorno dele no Vasco da Gama. Ele tem uma história muito grande no Vasco e vai cuidar dos nossos interesses na Base. O Paulo Angioni também tem muita identificação e vai nos ajudar no gerenciamento do Vasco - disse Zé do Táxi.

Isaías vai para sua quarta passagem no Vasco. Na mais importante delas, trabalhou por dez anos no time da Colina, foi o braço forte de Eurico Miranda durante esse período e colecionou títulos: Uma Libertadores (1998), dois Campeonatos Brasileiros (1997 e 2000), dois Campeonatos Cariocas (1998 e 2003) e uma Copa Mercosul (1999). A missão do novo dirigente será comandar as categorias de base do clube, como gerente de futebol amador.
- Minha volta ao Vasco foi um sonho de realizar coisas que já pretendia há um certo tempo. Muito se falou da base no final da Copa do Mundo e realmente a base nos clubes está doente, precisa de tratamento de choque. Vamos reabrir a fábrica de craques. Vamos começar e pensar nisso junto com o profissional para que possamos formar jogadores de qualidade e com identidade com o Vasco. O mais importante, o jogador tem que conhece cada centímetro de São Januário, ter o padrão de qualidade Vasco da Gama - afirma Tinoco.

Já Paulo Angioni vem para o Vasco substituindo o antigo diretor executivo Rodrigo Caetano que, agora, é gerente de futebol do maior rival, Flamengo. Angioni, assim como o Isaías, têm passagens pelo Cruzmaltino, onde, também, começou a trabalhar com futebol e permaneceu entre 1979 e 1993. Angioni voltou a São Januário em 2007 e foi demitido após a eleição do antigo presidente Roberto Dinamite. Nesta terceira passagem, o dirigente pretende se manter no cargo por um longo tempo.
- Pretendo seriamente encerrar minha carreira no Vasco, clube que comecei. Era meu plano há algum tempo, desde quando voltei em 2007. Lamentavelmente naquele momento essa possibilidade me foi tirada. Faço questão de agradecer a duas pessoas que estão aqui e me deram chances quando foram vice-presidentes de futebol: Paulo Pereira e José Luiz Mano. Eles me ajudaram a ter essa vida longa no futebol, já são 33 anos - disse o mais novo homem forte do futebol vascaíno.

Sem mais compromissos neste ano, o Gigante da Colina entra de férias, voltando a campo, apenas, pelo Campeonato Carioca. A estreia será contra a Cabofriense, no dia 1º de fevereiro, sem horário e local definidos.
Fonte: Futrio.net

0 comentários :

Postar um comentário