Cabeçalho

Logotipo

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

San Siro será modernizado até o final de 2015 e o futebol italiano agradece

 
O site Trivela destacou o novo momento que poderá viver o futebol italiano em breve. A partir de um investimento de € 8.7 milhões, o tradicional San Siro sofrerá uma modernização, com as arquibancadas ficando mais próximas do gramado – seguindo uma tendência mundial – além de uma ampla reforma estrutural.
A realização da Copa do Mundo 2006 na Alemanha e o crescimento da Premier League na Inglaterra, fizeram com que ambos países acelerassem uma mudança estrutural de suas arenas, visando atender a demanda de um fã de futebol cada vez mais exigente. O reflexo deste cenário é um Manchester United faturando € 127.3 milhões apenas com a exploração do Old Trafford e um Borussia Dortmund com uma ocupação de 100% a cada partida no Signal Iduna Park.
 

Neste contexto, o futebol italiano literalmente parou no tempo, com estádios antigos e um público cada vez menos motivado. A Juventus saiu na frente e construiu uma nova casa, o que fez com que sua receita de matchday saltasse de € 11.2 milhões para € 38 milhões, com uma média de público de 39 mil pessoas por partida.
No mesmo período, Milan e Inter, que dividem o San Siro, arrecadaram com € 26 milhões e € 19 milhões, respectivamente. Tal fato levou a intenção de ambos clubes migrarem para um novo e independente estádio, ideia ainda não descartada pelos dirigentes.
Voltando a reforma, de acordo com o Gazzetta dello Sport, além das arquibancadas que ficarão mais próximas também dos bancos de reservas, serão adicionados novos camarotes, um novo museu e os banheiros serão reformados, buscando melhor atender ao público presente. A expectiva é que ela esteja concluída no final de 2015.
Sendo assim, enquanto a Juventus colhe bons frutos a partir da construção do Juventus Stadium e a Roma seguindo o mesmo caminho com o Stadio della Roma, Milan e Inter podem, em breve, aumentar seu poder de arrecadação com o San Siro e mudar o atual cenário do futebol italiano.
Fonte: MKT Esportivo

0 comentários :

Postar um comentário