Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 13 de março de 2015

Quando a selfie gera negócios, relacionamento e novas experiências


 
As selfies parecem ter saído das arquibancadas direto para os gramados. Após algumas comemorações de gols movidas a autorretratos, a selfie dentro de campo ganhou repercussão mesmo no clássico Roma x Lazio, quando Totti pegou um celular com um membro da comissão romana e tirou uma foto de si mesmo. Além do noticiário, o ato impactou, principalmente, as redes sociais da Roma.
Alheio a quão prejudicial (ou não) pode ser atletas que fazem selfie durante as partidas, o MKT Esportivo foca na importância que elas podem adquirir para gerar negócios e experiências aos torcedores. Este foi o caso da Juventus no clássico contra o Milan, no último mês de janeiro.
Na ocasião, para promover o lançamento e o download do Juventus Live App, a Vecchia Senhora convocou seus torcedores a enviarem selfies através do seu aplicativo oficial para que elas ganhassem destaque durante a partida.
 


A repercussão da ação entre os torcedores foi tamanha, que o clube recebeu cerca de 15 mil fotos por semana, gerando um total de 45 mil selfies através do app. A Juventus ainda criou uma enquete para eleger as melhores fotos e motivou os usuários a compartilharem suas selfies em suas páginas do Facebook e Twitter.
Já no derby, durante boa parte do primeiro tempo, as imagens mais votadas figuraram nas placas de publicidade ao redor do gramado, colocando aqueles responsáveis pelo sucesso da ação no centro das atenções. O aplicativo é hoje um absoluto sucesso entre os torcedores e um importante canal de relacionamento do clube de Turim.
Selfie boa é a que gera negócios e experiências. Cabe ao clube e seus jogadores a utilizarem da melhor maneira.
Fonte: MKT Esportivo

0 comentários :

Postar um comentário