Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Bayern de Munique faz acordo com Alibaba e terá loja oficial em site chinês


De olho em aproximação com torcida na China, clube alemão monta negócio com apoio de DHL 



O Bayern de Munique acertou acordo com o site de compras eletrônicas Alibaba para lançar uma loja virtual do clube para 90 milhões de torcedores da China.
Segundo o site chinês, o contrato também terá a colaboração da empresa alemã de entregas DHL Express. Pelo acerto, o Bayern terá um espaço próprio no site de comércio varejista.
“Estamos felizes por poder nos aproximar ainda mais com nossa comunidade de torcedores chineses”, afirmou Karl-Heinz Rummenigge, presidente do Bayern.
O curioso da parceria é que o Alibaba congrega várias lojas que vendem versões mais baratas da camisa do Bayern de Munique. No site Aliexpress, plataforma de compras do Alibaba no Brasil, os preços variam de R$ 48,86 a R$ 103,81. A vestimenta oficial do clube, no site da Adidas, sai por R$ 219,90.
Rummenigge viajou a Hangzhou, sede do Alibaba, para acertar as bases do acordo. “Conseguir que nossos produtos sejam acessíveis é crucial para nos ligarmos com os fãs chineses”, afirmou Rummenigge, que atuou pelo próprio Bayern de Munique nos anos 70 e 80.
Jeff Zhang, presidente de mercado varejista do Alibaba, afirmou que o time alemão será um dos primeiros a ter uma loja exclusiva dentro da plataforma de vendas online. “É um importante passo para a estratégia europeia de nossa empresa”, afirmou o executivo.
Na próxima pré-temporada, o Bayern continuará sua estratégia de invasão do mercado chinês. O clube fará excursão pelo país após ausência de três anos do território chinês. O tour começa com jogo contra o Valencia, no estádio Ninho do Pássaro, em Pequim, em 18 de julho. Três dias depois, o time do técnico Pep Guardiola enfrentará a Inter de Milão, em Xangai. No dia 23, a viagem será encerrada no Cantão, com partida contra o Guangzhou Evergrande.
O Alibaba protagonizou no ano passado a maior entrada na bolsa na história, em Wall Street. A empresa captou US$ 25 bilhões e viu, no primeiro dia de pregão, suas ações subirem 41% (de US$ 68 para US$ 95,9).

Original:
http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/bayern-de-munique-faz-acordo-com-alibaba-e-tera-loja-oficial-em-site-chines_28435.html#ixzz3bvRq8iMX

0 comentários :

Postar um comentário