Cabeçalho

Logotipo

terça-feira, 16 de junho de 2015

Por reforma, Chelsea planeja deixar Stamford Bridge por 2 anos

Custo de ampliação de arena em cerca de 18 mil assentos pode superar os R$ 2,4 bilhões


O Chelsea pode mandar seus jogos fora do Stamford Bridge por pelo menos duas temporadas. A ideia do clube é reformar a arena para aumentar sua capacidade para 60 mil pessoas. O sinal verde já foi dado para o início das obras no momento em que o clube comemora 110 anos de existência.
O campeão da Premier League irá revelar a proposta de reforma aos residentes da vizinhança em exposição no clube de 30 de junho a 2 de julho. Pela proposta, o no estádio irá ocupar uma área 40% menor do espaço que seria normalmente utilizado. Para isso, uma das ideias é a escavação do solo, que fica ao lado de linhas de trem.
O custo da obra, que irá ampliar a capacidade em mais de 18 mil lugares, pode chegar a £ 500 milhões (R$ 2,4 bilhões). Entre as opções estudadas pelo Chelsea para mandar seus jogos no período estão o estádio Twichenham, usado normalmente pelo rúgbi, e Wembley.
“O processo entra agora em uma nova fase, com consulta à comunidade local. Isso irá incluir uma explicação das razões para a ampliação, impulsionada pela maior demanda do público por mais assentos e a necessidade de aumentar as receitas do estádio para manter o time competitivo em relação aos rivais. Esse aumento de arrecadação é especialmente importante para o clube obedecer às regras do fair play financeiro”, afirmou o clube, em documento oficial.

Original:
http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/por-reforma-chelsea-planeja-deixar-stamford-bridge-por-2-anos_28543.html#ixzz3dEaRc1ZJ

0 comentários :

Postar um comentário