Cabeçalho

Logotipo

terça-feira, 14 de julho de 2015

Ciclo virtuoso - Na visão Palestrina


Por: Guilherme Mendes

 
 


Não posso deixar de registrar minha imensa alegria em estar ao lado de “feras” do futebol brasileiro ao escrever nesse espaço do FutGestão. 

Como vocês sabem, depois de mais de 3 anos de Blog do Trio, meu assunto predileto é o Palmeiras.  

Vou abordar outros e diversos temas, nas sempre sob a óptica palestrina. 

E por falar nisso, o ciclo proposto por Ferran Soriano no seu best seller “A bola não entra por acaso” parece estar se configurando pelos lados do Allianz Parque. 

O autor preconiza que para se criar times vencedores alguns fatores são relevantes, mas o principal é poder contar com os melhores atletas. 

Para se ter os melhores atletas é necessária abundância de recursos. 

E para se ter recursos, boa gestão. 

Quanto melhor a gestão, mais recursos. Mais recursos, melhores atletas. Melhores atletas, mais público (consumidores). Mais público, mais recursos e melhores atletas; e assim o ciclo se fecha. 

As rendas com as últimas partidas disputadas em casa são fruto do bom momento vivido pelo time e da confiança depositada pela torcida. 

Outro fator impulsionador é a novidade em se conhecer o Allianz Parque.  

Mantido esse status, venham ou não o título brasileiro, a tendência é de que o Palmeiras se mantenha na briga pelas primeiras posições em tudo o que disputar, por muitos e muitos anos.

0 comentários :

Postar um comentário