Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Flamengo busca vender mando de jogo para lucrar no fim do ano

Sem ambição no Brasileiro, clube vai abrir mão de jogar no Rio de Janeiro o restante da temporada

Já com poucas ambições nesta reta final de Campeonato Brasileiro, o Flamengo vai abrir mão de jogar no Rio de Janeiro as últimas partidas da temporada.

A diretoria do clube negocia com outros locais para receber jogos, a fim de lucrar mais do que conseguiria no estádio carioca.

“Somente em um amistoso, contra o Desportivo, nós recebemos R$ 400 mil líquidos. Às vezes, no Maracanã, nós ficamos com R$ 100 mil”, ponderou o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, à Máquina do Esporte.

O amistoso em questão foi disputado em outubro, durante a pausa do Campeonato Brasileiro para as partidas da seleção brasileira para as Eliminatórias da Copa do Mundo. O Flamengo resolveu usar o período para viajar ao Espírito Santo e faturar mais.

Pelo histórico recente, Bandeira de Mello tem razão. Na última partida em que o Flamengo atuou no Maracanã, o público foi alto, mas o faturamento, nem tanto. Foram 28 mil pessoas no duelo contra o Internacional, com bilheteria próxima de R$ 1 milhão. Mas, para o clube, sobrou quase 20% disso: R$ 237 mil.

Por outro lado, quando o mando foi vendido de fato, o Flamengo ganhou mais de R$ 1 milhão. Foi o caso da partida contra o Coritiba, em Brasília, com 67 mil pessoas presentes no Mané Garrrincha. O clube fixou o mando em R$ 950 mil mais uma participação na bilheteria caso as vendas ultrapassassem as 30 mil pessoas.

No site da CBF, só o próximo jogo do Flamengo tem local confirmado. Ao menos por enquanto, o local ainda é o Maracanã. O clube já negocia uma partida em Belém (Pará) e, também, em Brasília. Outra opção é Cuiabá.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/flamengo-busca-vender-mando-de-jogo-para-lucrar-no-fim-do-ano_29313.html#ixzz3qUJbMTmd


0 comentários :

Postar um comentário