Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

A INFLUÊNCIA DE UM PATROCINADOR NO HORÁRIO DE UMA PARTIDA

Patrocinados pela mesma empresa, Rayo Vallecano e Real Sociedad jogam em horário atrativo para impactar público chinês


semana em um horário pouco popular para os padrões espanhóis. O pontapé inicial aconteceu ao meio dia na Espanha – 9 da manhã no horário de Brasilia – mas com um forte objetivo comercial por trás: o mercado chinês.

Qbao, uma das gigantes do setor de telefonia móvel da China, é a grande responsável por fazer a partida ser transmitida no início da noite chinês, um horário nobre para o país. A empresa, que investe um total de € 1.9 milhão por temporada para ser a principal patrocinadora do Rayo (€ 600 mil) e da Real Sociedad (€ 1.3 mi), é também dona de uma equipe de futebol chinesa, o Nanjing Qianbao FC, que tem como foco desenvolver jovens jogadores que rumem para grandes centros.

Por um investimento baixo, a Qbao soube sabiamente amarrar um excelente contrato para ela e que garante também uma importante internacionalização de marca à duas equipes de um escalão inferior da 1ª divisão espanhola. Entre as cláusulas contratuais destacam-se a obrigatoriedade de jogar partidas de pré-temporada na China e, no caso do Vallecano, ter ao menos um jogador chinês em seu elenco, hoje representado pelo atacante Zhang Chengdong.

Cientes de que na última temporada 12 das 20 equipes da Liga BBVA tinham investimento de empresas e magnatas chineses, era esperado que a La Liga aproveitaria a oportunidade para impactar esta indispensável audiência.

Emissoras, investidores, patrocinadores e empresários estão de olho no forte crescimento liga espanhola na Ásia e isso passa necessariamente pela transmissão de jogos ao vivo para a região. Ainda que o centro das atenções global continue sendo a dupla Barcelona e Real Madrid, equipes que denotem um investimento muito menor são pilares fundamentais para que esta expansão seja possível.

Fonte: MKT Esportivo


0 comentários :

Postar um comentário