Cabeçalho

Logotipo

quinta-feira, 10 de março de 2016

Após crise, Vasco decide fazer gestão própria das lojas

Clube rompe com SPR, que administrava franquias Gigante da Colina

A SPR não será mais a responsável pelas lojas oficiais do Vasco, chamadas de Gigante da Colina. O clube não estava satisfeito com a gestão das unidades e, sob a presidência de Eurico Miranda, resolveu encerrar com o acordo com a empresa e passa a gerir ele mesmo as lojas, decisão similar à tomada pelo Flamengo em tempos passados.
Oficialmente, o contrato ainda não foi rompido, mas o departamento jurídico do Vasco já trabalha com um “acordo amigável” para rescindir com a SPR. Segundo a Máquina do Esporte apurou, foi o próprio Eurico Miranda que resolveu abrir mão do acordo, fechado por seu antecessor, Roberto Dinamite, ainda em 2010.
Após entreveros públicos com o Corinthians e com seus franquiados, essa será a primeira derrota da SPR entre os clubes.
Nem o dono da empresa, Pedro Grzywacz, nem a assessoria da companhia atenderam as ligações da reportagem. O Vasco também não se pronunciou.
Em 2014, a situação entre Vasco e SPR já não era boa. Após abrir 20 lojas, a SPR viu nove franquiados fecharem as portas. As reclamações eram de vendas baixas e pouca assistência por parte da companhia na entrega de produtos.
Em julho de 2015, a SPR teve problema semelhante com o Corinthians. A Poderoso Timão chegou a ter mais de 100 unidades abertas, mas muitas tiveram que fechar. O problema foi exposto após a dona de uma unidade em São Paulo, no Shopping Frei Caneca, fazer reclamações públicas sobre o suposto descaso de Corinthians e SPR. A loja em questão será fechada nos próximos dias, e as pendências serão resolvidas na Justiça.
No caso do Vasco, as lojas se tornarão independentes após o rompimento com a SPR. Os donos dos estabelecimentos passarão, então, a lidar apenas com o marketing do clube carioca, sem a interferência de um terceiro.  
Além de Corinthians e Vasco, a SPR detém o direito das lojas oficiais do São Paulo, do Cruzeiro, do Internacional, do Botafogo e da seleção brasileira.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/apos-crise-vasco-decide-fazer-gestao-propria-das-lojas_30035.html#ixzz42Y7xA1bZ


0 comentários :

Postar um comentário