Cabeçalho

Logotipo

sábado, 5 de março de 2016

São Paulo encerra martírio financeiro no Pacaembu

Após reforma do Morumbi, time se despede de estádio em que colocou apenas 5,3 mil torcedores em média por jogo

No próximo sábado, o São Paulo se despede do estádio do Pacaembu e, pelo menos financeiramente, não deverá ficar com saudades. Pelo Campeonato Paulista, a tradicional arena da capital paulista foi um pesadelo para o time, que retornará ao Morumbi após uma reforma no gramado de sua casa.
Foram quatro jogos no Pacaembu, com uma média de público de 5,3 mil pessoas por partida. Contra o Mogi Mirim, com 3 mil pessoas, o São Paulo teve o seu pior público em dez anos. No fim, o São Paulo teve que pagar para jogar no atual Campeonato Paulista.
Sem considerar a próxima partida, do sábado, o São Paulo teve R$ 190 mil de prejuízo com os jogos no Pacaembu. Somente em aluguel de campo, o clube teve que pagar quase R$ 140 mil.
Contra o Rio Claro, mais de 7 mil pagantes estiveram presentes no estádio, e o São Paulo conseguiu seu melhor resultado. Ainda assim, foi pouco: apenas R$ 26,6 mil.
A exceção aconteceu na Copa Bridgestone Libertadores, o que indica que o principal problema é o desinteresse relacionado ao Campeonato Paulista. O São Paulo atuou duas vezes no Pacaembu pela competição sul-americana. Contra o César Valejo-PER foram mais de 32 mil pagantes e uma renda próxima a R$ 2 milhões. Contra o The Strongest-BOL, mais de 26 mil pessoas estiveram presentes, o que gerou mais de R$ 1,5 milhão.
Apesar do prejuízo, o tempo fora do Morumbi foi por um bom motivo. O clube paulista reformou completamente o gramado do estádio, com mudança de material e melhora na drenagem. Além disso, as medidas passarão a fazer parte do Padrão Fifa, o mesmo usado nas principais arenas do país.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/sao-paulo-encerra-martirio-financeiro-no-pacaembu_30002.html#ixzz422hg1ja2

0 comentários :

Postar um comentário