Cabeçalho

Logotipo

terça-feira, 3 de maio de 2016

Título faz Leicester ganhar quase R$ 0,5 bi só com direitos de TV

Clube vê crescimento exponencial em redes sociais e gera prejuízo de R$ 50 mi para casas de apostas

O título do Leicester, conquistado sem entrar em campo, após o empate entre Chelsea e Tottenham (2 a 2), movimenta os negócios da Premier League. A equipe do norte da Inglaterra, que na temporada passada lutou para não cair, pode comemorar bem mais do que a obtenção do troféu de campeão inglês, o primeiro troféu da história de um clube com 132 anos.
Por conta da divisão do bolo de direitos de transmissão, o Leicester irá arrecadar, com a grande campanha na temporada 2015/2016 cerca de R$ 454 milhões.
Pelo contrato, 50% da verba é dividida de maneira igualitária. Cada clube recebe 54 milhões de libras (R$ 272 milhões). Por conta de seu desempenho esportivo, a equipe do técnico Claudio Ranieri também ficará com mais 24 milhões de libras (R$ 121 milhões). Como teve 14 jogos televisionados, ganhará mais 12 milhões de libras (R$ 60,5 milhões).
Esse dividendo pode se tornar ainda maior. Classificada para a Liga dos Campeões do ano que vem, a equipe inglesa terá a chance de faturar até R$ 215 milhões, dependendo de seu desempenho na competição europeia.
Nas redes sociais, a campanha histórica também rendeu dividendos. No início da temporada, o Leicester tinha 455.700 curtidas no Facebook. Atualmente, o clube está próximo de 4 milhões (crescimento de quase 800%). No Twitter, eram 42.500 seguidores. Agora são 625 mil (aumento de 1.370%). No Instagram, a equipe inglesa tinha 180 mil fãs. Hoje já são 575 mil (subida de 575%).
A campanha inesperada gerou tanto interesse no clube, que a Puma, fornecedora de material esportivo, ficou sem estoque de camisas para vender. Nem o uniforme titular, nem os reservas estão mais à venda no site da marca alemã. Segundo a imprensa britânica, a reposição só irá acontecer a partir do dia 7 de maio, quando será lançado o modelo para a próxima temporada.
As casas de apostas, por sua vez, perderam dinheiro com a conquista do azarão. Duas delas, Ladbrokes e William Hill, já anunciaram prejuízo. No início da temporada, o clube era a principal zebra da Premier League, pagando 5.000 por 1 libra apostada.
A William Hill admitiu à agência Bloomberg, que perderá € 2 milhões. A Ladbrokes, € 3,4 milhões. Somando esse montante ao restante das casas de apostas britânicas, esse valor atinge 10 milhões de libras (R$ 50,46 milhões). Segundo a Ladbrokes, houve apenas 23 torcedores que apostaram no título do Leicester.

0 comentários :

Postar um comentário