Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Estádio procura naming right sem excluir 'Mineirão' do nome

Minas Arena busca parceiro comercial, mas não pretende ferir tradição de nome de instalação esportiva

O Mineirão procura um naming right sem abrir mão de seu tradicional nome. A Minas Arena, concessionária que faz a gestão do estádio, quer uma empresa que “combine” com a marca da Arena.
O maior exemplo é de Wembley, um dos estádios mais emblemáticos do mundo. A arena de Londres mantém um acordo de naming right colocado discretamente com seu conhecido nome. Ao lado de seu logotipo, há a frase “connected by EE”.
“Tem que fazer um trabalho de casar as duas marcas. E pensar nesse contexto, como você ativa esse naming right. Dentro do estádio, a pessoa que tem a experiência no Mineirão vai perceber que em todo o momento há essa marca. A experiência toda é transformada pelo patrocinador”, explicou o diretor comercial do estádio, Samuel Lloyd.
O desafio que ronda o Mineirão é o mesmo de outros estádios do Brasil, que sofrem quando o assunto é a venda do nome: afastar a ideia de que a propriedade envolve apenas a nomenclatura, e não um conjunto de ativações.
Segundo Lloyd, a aceitação do mercado tem sido positiva, mas há uma dificuldade financeira no negócio. A concessionária pede um acordo de no mínimo cinco anos e espera receber pelo menos R$ 10 milhões anualmente.
De todas as novas arenas do Brasil, apenas o Allianz Parque, a Arena Itaipava Pernambuco e a Arena Itaipava Fonte Nova conseguiram fechar um acordo semelhante.



terça-feira, 28 de junho de 2016

O grande responsável pela movimentação do capital esportivo

Desde o surgimento das competições esportivas, o esporte é um meio de investimentos e de giro de capital alto. Desde o início, empresários e oportunistas vem enchendo seus bolsos com esse fenômeno que é o esporte. Podemos observar, no pioneirismo do Marketing Esportivo, o Baseball dos Estados Unidos.

A primeira liga de Baseball dos EUA foi fundada em 1869, e o fanatismo pelos times surgiu paralelamente. Pessoas costumavam lotar os pequenos estádios e campos para assistir as partidas e o Marketing não poderia ficar fora disso. Os cartões dos jogadores da liga foram lançados e rapidamente viraram febre, movimentando o capital de maneira monstruosa. Foi quando os donos de marcas perceberam que era possível ganhar dinheiro com o esporte. Assim surgiram as estampas com jogadores em pacotes de cigarro, e, de uma vez por todas, as marcas entraram no ramo esportivo.


Hoje em dia, já consolidada a relação entre marcas e esporte, é possível ver quem é o grande responsável pelo giro do capital esportivo: as marcas e empresas.

Imagina-se, erroneamente, que as transações comerciais de jogadores são as maiores movimentadoras de capital do ramo quando, na realidade, a captação de patrocínios e as cotas de televisão são as maiores responsáveis por isso.

As cotas de televisão são captadoras de capital de maneira indireta. A TV paga aos clubes o valor dado à audiência da partida que eles disputaram. As marcas pagam à televisão pela sua exposição e, por sua vez, a televisão paga aos clubes, que são os que movimentam a audiência. Ou seja, as marcas pagam aos clubes pela exposição de forma indireta.

Um fenômeno que tem se observado em arenas de futebol é o Marketing de emboscada. O marketing de emboscada consiste em uma determinada marca que se aproveita do patrocínio de outra marca a algum evento para aparecer ou se expor.

Um exemplo conhecido desse fenômeno pode ser visto na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. A Budweiser era a cerveja oficial do evento, e a Bavaria a marca que se aproveitou deste. A Bavaria levou vinte e seis loiras vestidas com um uniforme laranja, muito conhecido em comerciais na Europa, para uma partida entre Holanda x Dinamarca. Essas loiras chamaram a atenção de várias emissoras de televisão e fotógrafos, foram expulsas do estádio sem nem mesmo se referirem à marca Bavaria.


O marketing está dentro do esporte como nunca esteve antes e é o grande responsável pelo sucesso de clubes mundialmente conhecidos e grandes competições. O mercado brasileiro precisa de profissionais nessa área para seu crescimento, urgentemente, pois é o futuro do esporte que está em risco.

Por: Jean Carvalho
Estudante de Administração (ESPM) 

FAM leva alunos para visitar estrutura do Palmeiras

Estudantes tiveram contato com fisioterapeuta do clube, Marcelo Gondo

A FAM, patrocinadora do Palmeiras, usou o aporte ao clube para fornecer uma experiência diferente aos seus alunos. A Faculdade levou estudantes de fisioterapia e educação física para conhecer parte do Centro de Treinamento do time e ainda ter uma palestra com o fisioterapeuta do clube, Marcelo Gondo.
Os alunos ouviram do profissional conselhos sobre a profissão, além de detalhes de como funciona o departamento palmeirense. A visitação passou por vestiário, sala de musculação e áreas de fisioterapia, fisiologia e nutrição, além do local para análise de desempenho.
“A grande dificuldade do aluno de fisioterapia, principalmente no começo do curso, é tentar relacionar aquilo que o professor ensina com a realidade que a gente tem na prática. Se desde o começo do curso você já tem essa experiência, conhecendo mais da vida prática e relacionando a teoria com a prática, você acaba tendo um diferencial”, justificou Marcelo Gondo, no site oficial do Palmeiras. 
A FAM, que faz parte do mesmo grupo da Crefisa, é a principal patrocinadora do Palmeiras. Além de experiências de alunos na estrutura do clube, uma das maneiras de a faculdade capitalizar com o aporte é com descontos a torcedores. Hoje, membros do Avanti, o programa de sócio-torcedor do time, tem 25% de abatimento na matrícula e nas mensalidades.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/fam-leva-alunos-para-visitar-estrutura-do-palmeiras_30648.html#ixzz4CsirfE2p

Palmeiras valoriza sócio fora de São Paulo e faz ação em BH

Serão 67 torcedores que poderão vivenciar experiências com o time paulista em Minas

O Palmeiras quer valorizar os membros do Avanti, o programa de sócio-torcedor do time, que vivem fora de São Paulo. Para isso, programou algumas ações que podem servir de exemplo como vantagem para o “estrangeiro” se associar. Os agraciados com as iniciativas serão os palmeirenses de Belo Horizonte; a equipe enfrenta o Cruzeiro no próximo fim de semana.
A capital mineira tem 67 sócios-torcedores do Palmeiras, e eles poderão aproveitar as ações com o resgate de pontos do Clube de Vantagens do Avanti, iniciativa que visa trocar compras dos associados por experiências com o time.
Esses torcedores poderão ir ao hotel onde se hospedará o time do Palmeiras para tirar fotos e receber autógrafos dos jogadores. Duas horas e meia antes do jogo, eles poderão fazer um tour pelo Mineirão, estádio onde será realizado o duelo entre mineiros e paulistas; o passeio entrará em vestiários, museu e gramado.
Para assistir ao jogo, os sócios poderão trocar os pontos do programa de fidelidade por ingresso. E quem tiver crianças entre 5 e 12 anos poderá coloca-las para entrar em campo junto com o elenco palmeirense.
O Clube de Vantagens do Palmeiras tem oferecido benefícios semelhantes aos torcedores de São Paulo, com experiências que envolvem o elenco do time e visitas ao estádio Allianz Parque.
Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras segue de perto o Corinthians no ranking do Movimento por um Futebol Melhor. O clube tem 126 mil sócios atualmente, contra 127 mil do principal rival.




New Balance assegura presença na França após assinar contrato com Lille

Empresa norte-americana, que substitui concorrente Nike, estreia na camisa do clube na próxima temporada

A New Balance assegurou presença em mais um importante mercado europeu de futebol com a assinatura de contrato com o Lille. Com isso, a marca norte-americana assegura presença na primeira divisão da França. A empresa já é parceira de outras camisas tradicionais do velho continente, casos de Liverpool (Inglaterra), Sevilla (Espanha), Celtic (Escócia) e Porto (Portugal).
A estreia do NB no ombro da camisa do Lille será no início da próxima temporada. Anteriormente, a equipe do norte da França contava com parceria com a Nike. Além do Campeonato Francês, o Lille também irá jogar a Liga Europa em 2016/2017. Neste ano, por uma coincidência, a New Balance fez a final da competição, entre Sevilla e Liverpool. O time espanhol ficou com o título.
“A New Balance penetrou com êxito e se converteu rapidamente em um dos principais atores do mercado de futebol através de sua inovação”, afirmou Michel Suydoux, presidente do Lille.
“Estamos encantados que o Lille seja o portador da bandeira da New Balance na Ligue-1”, afirmou Richard Wright, executivo da New Balance Football.
Fundado em 1944, o Lille se mantém como uma das principais equipes francesas nos últimos anos. O clube assegurou presença em competições europeias em 12 das últimas 15 temporadas, incluindo seis edições da Liga dos Campeões. O time também conta com uma fanática torcida, motivada nos últimos anos com a inauguração, em 2012, do estádio Pierre Mauroy, com capacidade para 47.828 torcedores. 



Após gafe, torcedores pedem fim de contrato entre México e Adidas

Torcida critica marca alemã, que usou goleiro Claudio Bravo para zombar de goleada sofrida por mexicanos em Copa América

A Adidas está colhendo os frutos de um polêmico post em que esculachou a seleção mexicana após a eliminação da equipe para o Chile, pela Copa América do Centenário. Na ocasião, o time chileno humilhou o México, com goleada de 7 a 0.
Para zombar do fato, a filial do Chile da empresa alemã soltou um tuíte usando a imagem do goleiro Claudio Bravo, que é contratado da Adidas. A mensagem dizia: “Fase desbloqueada: em ‘sua casa’ o campeão está mais vivo do que nunca. Esse Chile picou mais, muito mais. Adeus ao ‘local’. ”
O conteúdo foi considerado ofensivo pelos torcedores mexicanos. Nas redes sociais, vários fãs da seleção local criticaram a atitude da empresa, que tem contrato com a federação mexicana. Em julho de 2014, o compromisso foi renovado até 2022. Muitos torcedores já defendem, porém, que o vínculo seja rompido.
O curioso é que o Chile é parceiro comercial da Nike, concorrente da Adidas. O México, por sua vez, é um dos mercados mais lucrativos para a firma alemã. Só na Copa do Mundo de 2014, a Adidas vendeu 1,5 milhão de camisas da seleção mexicana.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Curso de Comunicação Esportiva – Aproveite!


O Futgestão recomenda e tem o prazer em convidar todos seus leitores a participarem do Curso de Comunicação Esportiva que será realizado em São Paulo no dia 30 de julho. O curso será ministrado pelo Jornalista/Radialista Rico Villaça.
Para maiores informações, inclusive sobre, como se inscrever, entrem em contato no e-mail: ricvillaca@gmail.com .

Conheça o conteúdo abaixo:

Apresentação
O curso aborda empreendedorismo, os meios de comunicação, o quê o mercado procura e como se preparar para trabalhar no segmento esportivo, tanto o escrito e o falado – Web, TV e Rádio.

A Comunicação Esportiva na televisão gera grande interesse de público, principalmente a partir da metade da década de 1990, com a inauguração dos canais 100% esportivos. Assim, todas as modalidades esportivas passam a ser prestigiadas pelo público e os próximos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro (2016) tendem a ampliar consideravelmente o interesse e o mercado de trabalho. Além disso, com a regionalização cada vez maior dos canais esportivos por assinatura e das grandes redes de rádio, ampliou-se o interesse nas praças onde os jornalistas locais são mais prestigiados. Outro fator de interesse é a melhoria significativa no sistema de transmissão por banda larga, fazendo crescer exponencialmente o número de webradios e webTVs.

Público-alvo
Este curso destina-se aos interessados na Área de Comunicação com o intuito de aperfeiçoar e aprender sobre o tema.

Método
Estão previstas estratégias que visam oferecer a reflexão sobre a ação e o desenvolvimento de competências profissionais, tais como exposições dialogadas, experimentações e simulações.

Programa
- Meios de comunicação: rádio, TV e web – para a área esportiva;
- Ambientes de trabalho: estádio, estúdio, demais praças esportivas;
- Modalidades esportivas;
- Como se preparar e ser um jornalista esportivo.

Globo fatura R$ 500 mil por mês e consolida Fantasy Game

Número de 100 mil inscritos no modo pago do jogo surpreendeu positivamente a empresa

A Globo mantém o grande case de fantasy game no Brasil; no país, ninguém conseguiu tamanho êxito no segmento. E, neste ano, o grupo resolveu faturar diretamente com o jogo, com um modo pago, na mesma linha adotada em outros mercados. Logo nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, o resultado já é significativo. 
A emissora anunciou nesta semana que chegou a 100 mil internautas pagos no Cartola. Com mensalidade de R$ 5,70, a Globo já conseguiu um faturamento superior a meio milhão de reais em um mês somente com esse braço de negócio. Caso permaneça com esse número, chegará a R$ 3 milhões no fim do ano.
Com preço baixo, há potencial para a empresa pensar em números ainda maiores. Isso porque a quantidade de internautas ativos no jogo é consideravelmente mais alto. Na sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o Cartola bateu seu próprio recorde: foram 3,6 milhões de times escalados. A empresa admite, no entanto, que os cem mil alcançados eram vistos antes como uma “possibilidade otimista”.
O Cartola surgiu em 2005 nos moldes usados em ligas americanas, com sucesso. Somente neste ano, no entanto, a Globo resolveu abrir uma possibilidade paga, chamada de Cartola PRO. Quem paga a mensalidade de R$ 5 tem vantagens como participar de ligas que dão prêmio de até R$ 300 mil. O plano, por outro lado, era manter a atratividade do jogo no modo gratuito.
O modo pago está longe de ser o único caminho para a Globo faturar com a brincadeira. “Ligas, desafios, uniformes dos times customizados e criação de ações de branded content abrem a possibilidade de marcas aliarem suas mensagens ao conteúdo dentro da editoria Cartola no GloboEsporte.com”, explicou a comunicação da emissora.
No Brasil, a indústria do Fantasy Game ainda é pouco madura frente aos Estados Unidos. Entre os americanos, há até uma associação do segmento que une diversas ligas de diferentes esportes. Essa associação afirma que 52 milhões de pessoas hoje jogam algum Fantasy Game, entre americanos e canadenses; a população dos dois países é de 350 milhões. Por ano, essa indústria gira US$ 2,6 bilhões.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/globo-fatura-r-500-mil-por-mes-e-consolida-fantasy-game_30629.html#ixzz4CQlwPPP1

Brahma ativa Santos e São Paulo com “clássico da paz”

Times chegarão ao Pacaembu, no domingo, no mesmo ônibus


A Brahma fará uma ação diferente para Santos e São Paulo no próximo domingo. A empresa, que patrocina ambas as equipes, promoverá um “clássico da paz”, e fará uma entrada simbólica para representar a ideia: os elencos dos dois times chegarão juntos, em um mesmo ônibus.
A ação, promovida pela Brahma e idealizada pela agência África, terá um ônibus personalizada com as cores e escudos dos dois times. Como os lugares no veículo são limitados, apenas os jogadores e os técnicos estarão presentes; comissão técnica e dirigentes deverão chegar ao estádio separadamente.
Além da simbologia da ação, a Brahma usará a ativação para produzir conteúdo para as suas redes sociais. A empresa fará a cobertura do caminho feito pelos elencos, com imagens e vídeos que serão colocados ao vivo na página de Facebook da marca de cerveja.
O jogo, realizado no estádio do Pacaembu, em São Paulo, terá apenas um problema na representatividade de “clássico da paz”: graças à medida do Ministério Público, o jogo terá torcida única. Nesse caso, será do Santos o domínio das arquibancadas. Até o fim do ano, todos os encontros de rivais na capital paulista acontecerão nessas condições. A medida adotada impediu a criação de uma área mista na arena de São Paulo.
O Santos quer usar a partida para lotar o Pacaembu. Além do apelo de um clássico e de uma partida ao lado do público paulistano, o clube tem promovido o evento como o jogo de número 500 no Pacaembu. Em sua comunicação, a equipe trata o duelo como “clássico histórico”.
Na Vila Belmiro, o Santos não tem conseguido grandes públicos neste ano. A única vez que conseguiu mais de 7 mil pagantes neste Brasileirão foi justamente na única vez que a equipe atuou no Pacaembu, contra o Botafogo. Foram 14 mil pagantes na partida.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/brahma-ativa-santos-e-sao-paulo-com-classico-da-paz_30635.html#ixzz4CQm6Actd

quarta-feira, 22 de junho de 2016

A necessidade da qualificação no cenário esportivo


Concorrer para uma vaga no mercado de trabalho está cada vez mais difícil, pois as empresas estão exigindo do candidato cada vez mais e mais qualificações, pois a concorrência faz com que essa exigência se torne tão acirrada, porém nem sempre a remuneração acompanha tal exigência.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) afirma que o índice empregatício caiu, e em alguns casos os salários aumentaram. Isso se dá, pois as empresas estão preferindo aumentar os salários dos seus funcionários em vez de abrir novos processos seletivos, devido a dificuldade de encontrar mão de obra qualificada no mercado. 

Trazendo para o mercado esportivo, vejo uma grande evolução, pois em um passado bem próximo o que importava era mais a indicação do que a qualificação do profissional. Isso é muito importante, pois o esporte só tem a ganhar e a crescer com profissionais qualificados e preparados para ocuparem e desempenharem suas funções com excelência. 

Vale ressaltar que a preocupação com a qualificação deve partir das duas partes, ou seja, do gestor e do profissional/candidato. Do gestor por acreditar que ao fazer tal exigência, tendo pessoas qualificadas em sua equipe, sua área estará pronta para desempenhar funções com qualidade e fazer entregas com excelência; e do profissional/candidato por entender que ao se qualificar, ele sempre terá espaço e oportunidade em um mercado cada vez mais competitivo. 

Outro ponto tão importante quanto a qualificação é o caráter do profissional que ocupará qualquer vaga no ramo esportivo, seja ele ocupando cargos de diretoria, gestão, coordenação ou de análise, pois muitas vezes por conta de questões políticas, dezenas de "indivíduos" estão sendo colocados para ocuparem cargos e não está se levando em conta nenhum tipo de avaliação, consequentemente, acarretando graves problemas no trabalho que está sendo desenvolvido. 

Falando um pouco a respeito do atual cenário do futebol brasileiro, mergulhado em falcatruas e escândalos, pode-se afirmar que é necessária uma renovação urgentemente, fazendo a junção do profissional qualificado e com caráter ilibado, enxergando a necessidade do preenchimento de vagas com pessoas sérias, honestas e que queiram contribuir para tal renovação, e só assim poderemos voltar a ver uma evolução no futebol brasileiro, bem como no cenário esportivo. 

Gustavo Damasceno
- Bacharel em Direito
- Pós Graduado em Direito Desportivo (Centro Universitário da Cidade)
- Auditor do STJD (Confederação Brasileira de Muay Thai)



Barcelona gera 1,5% do PIB para capital catalã, aponta estudo

Deloitte afirma que clube arrecadou quase € 1 bilhão para cidade durante temporada 2013/2014

O time do Barcelona gerou ao longo da temporada 2014/2015 um total de € 906 milhões à cidade de Barcelona. Isso representa 1,5% do PIB da capital da Catalunha, segundo estudo da Deloitte.
O estudo afirma que o clube se consolidou como um dos maiores geradores de renda ao município. Esse número representa 19,3% de aumento em relação à temporada 2013/2014, quando o clube gerou € 759 milhões para a cidade.
O impacto do Barcelona vai além: a equipe gera 16.620 empregos anuais graças às suas atividades. Isso representou um aumento de 9% em relação à temporada anterior, que tinha gerado 15.265.
“Se o Barcelona não existisse, o desemprego em Barcelona cresceria em 18%. O Barcelona representa um setor econômico para a cidade: a cada euro que fatura, obtém 2,3 euros para o PIB cidade”, afirmou Ana Andueza, representante da Deloitte que apresentou o estudo.
O Barcelona também movimenta o turismo: 6% dos visitantes que chegam à cidade têm o clube como motivo principal da visita, seja para assistir a jogos ou simplesmente para visitar o Camp Nou.
O clube gera 1,47 milhões de pernoites em Barcelona, equivalentes a 59% do que gera o segmento de congressos e exposições. O estudo também aponta que houve 1,57 milhão de visitas à “Camp Nou Experience” durante a temporada 2014/2015.
Susana Monje, vice-presidente econômica do Barcelona, destacou o impacto econômico do clube para o município. “Alcançamos € 900 milhões de impacto inclusive antes de haja começado a construir o Espai Barça, graças ao crescimento do clube e à gestão econômica sustentável”, afirmou, citando as reformas no complexo esportivo do time catalão.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/barcelona-gera-15-do-pib-para-capital-catala-aponta-estudo_30625.html#ixzz4CK4OjKW7

Botafogo recorre a parceiro para fazer nova campanha de sócios

Cercred fará telemarketing ativo para o clube conseguir novos associados

O contrato entre Botafogo e Cercred irá além da exposição da marca na camisa do time carioca. A diretoria do clube irá usar o maior know-how da nova parceira para ampliar a base de sócios-torcedores.
A Cercred é especializada em Call Center e irá realizar uma campanha de telemarketing ativo com o Botafogo. A empresa fez uma equipe de 12 operadores e um coordenador para atender ao clube. A base do time é de 41 mil contatos, que receberão informações por telefone sobre os novos programas de sócios do clube.
“Implementamos o conceito de central de vendas para mobilizar alvinegros de todo o brasil. Estamos muito entusiasmados com essa parceria com a Cercred e toda a sua expertise no ramo”, resumiu o vice-presidente de marketing do Botafogo, Márcio Padilha, em nota no site do clube.
Atualmente, o Botafogo mantém 13 mil sócios-torcedores segundo o Movimento por um Futebol Melhor, apenas o 16º entre os clubes brasileiros e longe dos rivais, com exceção do Vasco, que lançou um programa recentemente e tem apenas 9 mil seguidores.
Em janeiro deste ano, o Botafogo lançou um programa de sócio reformulado, com plano de ter uma gama maior de seguidores. Com Jefferson de garoto-propaganda, os planos têm preço a partir de R$ 13, e eles oferecem descontos em ingressos de jogos, além dos produtos do Movimento por um Futebol Melhor.
A Cercred entrou no Botafogo recentemente, mas com um patrocínio pontual, na área máster da camisa. No entanto, após negociações que envolviam justamente a ativação com o sócio-torcedor, foi decidido ampliar a parceria. Agora, a marca da empresa fica na barra da camisa, em um contrato válido até o fim do ano.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/botafogo-recorre-parceiro-para-fazer-nova-campanha-de-socios_30619.html#ixzz4CK3ojKIw

Puma admite falha em camisa da Suíça que rasgou durante jogo

Fábrica afirma que processo de fabricação danificou peças utilizadas por seleção durante jogo da Eurocopa

Depois que pelo menos seis camisas da Suíça rasgaram durante jogos do Grupo A da Eurocopa contra a França, a Puma, fornecedora da equipe, pronunciou-se a respeito do caso, atribuindo o problema a defeitos nas fibras de elastano e poliéster usadas na fabricação do produto.
“Nossa análise da camisa da Suíça do domingo mostra que houve um lote de material cujas fibras haviam sido danificadas durante o processo de produção, o que leva a um enfraquecimento do produto final. Isso pode acontecer se a combinação de calor, pressão e tempo não estejam bem controladas no processo de fabricação”, justificou a empresa alemã.
A marca também garantiu que “o material defeituoso foi utilizado só em um número limitado de camisas”, garantindo que o mesmo não havia acontecido com nenhuma das outras quatro seleções que disputam a Eurocopa e vestem Puma: Áustria, República Tcheca, Itália e Eslováquia.
A marca também comentou que as camisas que rasgaram no domingo, utilizadas por Valon Behrami, Admir Mehmedi, Breel Embolo, Blerim Dzemaili e Granit Xhaka são fabricadas na Turquia.
“Esse foi um incidente muito desagradável e a Puma pede desculpas à federação suíça e a seus jogadores”, afirmou o comunicado. 



segunda-feira, 20 de junho de 2016

GRÊMIO INSTALA PAINÉIS MOTIVACIONAIS EM ÁREAS INTERNAS DA ARENA GRÊMIO

Painéis inseridos pelo clube resgatam sua tradição e história, além de inserirem os jogadores na atmosfera das partidas


A delegação gremista que entrar no vestiário da Arena Grêmio terá uma grande e motivacional surpresa. Para a partida de domingo, contra o Cruzeiro, os atletas do Tricolor irão se deparar com uma nova roupagem no vestiário, zona mista e corredores de acesso ao gramado.

O Grêmio instalou painéis motivacionais com frases inspiradoras que certamente aumentarão o brio dos jogadores desde o momento que pisarem na Arena. Além destas áreas tidas como comuns, o clube gaúcho levou esta atmosfera também para os vestiários, colocando fotos da Arena lotada no armário de cada atleta e na sala de aquecimento.

Destaque para o painel que traz os “11 mandamentos do verdadeiro Imortal“. Confira o resultado:










Fonte: MKT Esportivo

GILLETTE PEDE AO MENOS ATENÇÃO DE LIONEL MESSI COM SUA BARBA

Patrocinadora global do atacante pede que seu visual tenha sinergia com um atleta que promove lâminas de barbear


O assunto mais comentado durante toda a primeira fase da Copa América Centenário está longe de ser a eliminação do Brasil. No Twitter, então, menos ainda. Na verdade, o novo estilo adotado por Lionel Messi tem sido o grande protagonista do torneio. Pela primeira vez em sua carreira, o argentino deixou sua barba crescer bastante e tem sido destaque justamente pelo seu visual.

Tendo afirmado que ficará barbado até o final da CA2016, uma vez que está dando sorte e há muitos pedidos para que permaneça como está, um dos patrocinadores do atacante não está contente com o tratamento dado à ela.

Embaixador global da Gillette, a empresa afirmou a um jornal argentino que espera que Messi ao menos a deixe aparada, um visual que condiz com um atleta que endossa lâminas de barbear. Sem alarde, parece que o atacante atendeu ao pedido para o jogo contra o Panamá.

Resta saber se, quando desejar tirá-la, a marca aproveitará a badalação em torno do momento para reverter em uma ação de marketing. Quem sabe?


Fonte: MKT Esportivo


JUVENTUS INTENSIFICARÁ LANÇAMENTO DE PRODUTOS EM MERCADOS ESTRATÉGICOS

Clube fecha parceria com IMG para promover seus licenciamentos no Japão, China, Hong Kong, Macau, Taiwan, Austrália e Nova Zelândia


A Juventus se aliou a gigante do esporte IMG e intensificará sua presença em mercados tidos como estratégicos para sua imagem. Com este acordo, os atuais campeões italianos e a agência de marketing esportivo buscarão promover os licenciamentos Bianconeri no Japão, China, Hong Kong, Macau, Taiwan, Austrália e Nova Zelândia.

A parceria com a IMG oferecerá ao clube a possibilidade de aumentar substancialmente suas receitas comerciais e de merchandising, que de acordo com o Football Money League 2016 da Deloitte, registrou ganhos de € 73.5 milhões na última temporada.

Pelo menos para a China, o MKTEsportivo destacou por diversas vezes os esforços da Juventus para impactar sua ampla base de fãs no país. A partir da SuperCopa da Itália e de um especial de duas partes (1 e 2), mostramos as oportunidades que se abriram para o clube diante de seu foco estratégico no fã local.

Fonte: MKT Esportivo

Flamengo assina renovação de contrato com Ambev nesta segunda-feira

Contrato, que não prevê exposição em camisa, irá financiar construção de obras no Ninho do Urubu, CT do clube

Flamengo e Ambev assinam nesta segunda-feira (dia 20) a renovação do contrato entre o clube e a empresa. A assinatura do novo compromisso, com duração de dois anos, já havia sido aprovada pelo Conselho Deliberativo do Flamengo no dia 31 de maio. Além da parceria, o time rubro-negro também integra o Movimento por um Futebol Melhor, programa de sócio-torcedor capitaneado pela Ambev.
"É uma parceria antiga, que vai muito além do patrocínio. Entendemos que os investimentos precisam deixar um legado no clube e trabalhamos sempre nessa direção", completou Sandro Leite, gerente de marketing esportivo da Ambev.
O investimento de Brahma será destinado a melhorias nas propriedades do clube. Além disso, o Flamengo tem o compromisso de conclusão das obras dos módulos 16 e 17 no Ninho do Urubu, como explica o diretor de marketing do Flamengo, Bruno Spindel. O primeiro módulo será o alojamento do futebol profissional. Já o módulo 17 conta com área de imprensa, musculação, departamento médico, vestiário e parte técnica do profissional.
 “É gratificante ver esta parceria durar tanto e gerar cada vez mais frutos para os dois lados. A identificação entre clube e AmBev é muito grande. É uma empresa líder, como o Flamengo, uma das maiores do mundo, que entende bem o tamanho do clube e todas as possibilidades que ele oferece. E, o investimento na melhoria das propriedades do clube, deixará marcas que vão orgulhar o torcedor rubro-negro por muito tempo”, comentou Spindel.
Ao patrocínio da Brahma, que não prevê exposição em camisa, soma-se a participação do clube carioca no MFM através de seu programa de sócio-torcedor intitulado Nação Rubro-Negra. O Flamengo atualmente ocupa o nono lugar no Torcedômetro, ranking que mede o número de associados de cada programa, com 53.219 sócios-torcedores. O time rubro-negro é o líder entre os clubes cariocas.



Adidas lança camisa do Flamengo com referências a Jogos Olímpicos

Fornecedora lembra esportes em que clube se destacou e utiliza cinco cores para representar os continentes

Em clima de Rio 2016, mas sem citar o evento, a Adidas lançou uma camisa em homenagem aos esportes olímpicos do Flamengo. A camisa faz referência, além do futebol, a outras modalidades desenvolvidas no time rubro-negro: basquete, remo, ginástica artística, vôlei, judô e natação.
“Somos orgulhosos da história do Flamengo e, com essa camisa, queremos exaltar o que o clube representa para o esporte brasileiro, todos os atletas e as glórias conquistadas além dos gramados, nas quadras, piscinas, ginásios e raias”, comentou André Xavier, gerente de produto da Adidas Brasil.
Segundo a marca, “a camisa tem pequenos detalhes em cinco cores diferentes, que representam os cinco continentes, pois a paixão pelo Flamengo está espalhada pelo mundo inteiro”, referência quase direta às cinco cores que compõem os aros olímpicos.
O uniforme lembra que o Flamengo é o clube brasileiro com mais títulos mundiais em diferentes esportes. No futebol, foi campeão do Mundial interclubes em 1981. Também ganhou o Mundial de clubes de basquete (2014), de basquete feminino (1966), além dos títulos mundiais com Cesar Cielo (2011) e Diego Hypólito (2005 e 2007), atletas do clube nessas ocasiões.
“O Flamengo está muito orgulhoso em oferecer ao seu torcedor, em um ano tão especial para nossa cidade, um uniforme que celebra a grandeza e sucesso do clube em todos esportes que participa, inclusive tendo conquistado títulos mundiais se mantendo como referência e fonte inesgotável de atletas talentosos”, afirmou Bruno Spindel, diretor de marketing do clube carioca, fazendo referência direta aos Jogos Olímpicos.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/adidas-lanca-camisa-do-flamengo-com-referencias-jogos-olimpicos_30601.html#ixzz4C8mXHSSQ

quinta-feira, 16 de junho de 2016

SÓCIOS DO NAÇÃO RUBRO-NEGRA FAZEM TOUR PELO MINEIRÃO

Torcedores resgataram seus pontos no programa e tiveram a oportunidade de entrar no gramado do estádio em Belo Horizonte


Ontem destacamos a excelente iniciativa do São Paulo de abrir as portas do Morumbi aos programas de sócio dos seus adversários. Neste sentido, na partida de ontem entre Cruzeiro e Flamengo, 10 associados do Nação Rubro-Negra tiveram a oportunidade de fazer um tour pelo Mineirão.

Utilizando os pontos acumulados no programa, dez torcedores puderam resgatar a experiência disponível. O objetivo do Flamengo é proporcionar uma experiência de ‘matchday‘ também para aqueles que não mora nas cidades em que o clube joga como mandante.

Segundo a CSM, responsável por gerir o programa, a tendência é de que este tipo de parceria ocorra em mais partidas. O Nação Rubro-Negra é o atual 9° colocado do ranking da Ambev com pouco mais de 53.1 mil membros.



Fonte: MKT Esportivo


SANTA CRUZ E PENALTY ANUNCIAM RENOVAÇÃO ATÉ O FINAL DE 2018

Longa relação e lado financeiro foram fundamentais para o seguimento da parceria. Promessa é de linhas de produtos que atendam todos os públicos


Nada de Dryworld, muito menos Umbro. O Santa Cruz seguirá vestindo uniformes da Penalty até 2018. A renovação do acordo, dada como descartada até pouco tempo, foi anunciada hoje pelo clube coral e dois fatores pesaram: a longa relação entre as partes (sete anos) e o montante financeiro.

Elevado a um novo patamar dentro da marca, o Santa Cruz será o único clube brasileiro patrocinado por ela. Por parte da Penalty, a promessa de materiais de alta qualidade, diversificados, com uma relevante distribuição para atender aos torcedores espalhados pelo Brasil e linhas que contemplem todos os tipos de público (homens, mulheres e crianças).

Para garantir que os licenciamentos cheguem corretamente aos pontos de venda e que atendam aos anseios dos torcedores, a equipe de Negócios & Marketing coral ficará responsável por monitorar e aprovar todas as peças.

Em um ano marcado pelo fim de relações entre clubes e fornecedoras, se todos os pontos do contrato forem cumpridos, o torcedor coral será o grande beneficiado desta renovação.

Fonte: MKT Esportivo

Por expansão, Bayern de Munique abre escritório na China

Campeão alemão terá filial em Xangai com objetivo de divulgar marca e atrair contratos na Ásia

O Bayern de Munique anunciou a abertura de um escritório em Xangai, na China, a partir de 1º de setembro, com objetivo de reforçar a internacionalização do clube na Ásia.
O time alemão escalou para diretor da nova sede Rouven Kasper, 34, que terá seis empregados no local. “A ideia é montar uma rede de contatos na China que ajudem o Bayern a conseguir seus objetivos no mercado chinês”, destacou Kasper.
Jörg Wacker, responsável pela internacionalização do Bayern, destacou que Kasper possui “longa carreira e experiência no marketing esportivo”, tendo sido por mais de uma década diretor da Lagardère Sports em Augsburgo e Hamburgo.
O atual campeão alemão também conta com uma sede em Nova York, nos Estados Unidos, país onde costuma realizar amistosos de pré-temporada.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/por-expansao-bayern-de-munique-abre-escritorio-na-china_30584.html#ixzz4BlXiCpDw

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Corinthians abre camarote para churrasco com torcedores

Clube programa evento, com ingressos a R$ 180, às 11h em dia de jogo contra Botafogo pelo Brasileirão


O Corinthians aproveitará que um de seus principais camarotes está livre para faturar com uma atração em dia de jogo. Localizado quase na linha de fundo da arena, o espaço mantém uma varanda com vista para o gramado, ao lado do telão. No local, haverá um ‘churrasco com roda de samba’.
O evento começará às 11 horas, antes da partida contra o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro. A entrada não será barata: serão precisos R$ 180 para que o torcedor possa participar do evento. E somente quem tiver ingresso para a partida poderá entrar.
Além do churrasco, o programa inclui visita ao campo e a uma exposição de taças. Alguns ídolos do time estarão presentes para se relacionar com os torcedores.
Há uma curiosidade: no churrasco, caipirinhas e cervejas estão inclusas. Mas como bebidas alcoólicas são proibidas durante partidas de futebol, elas serão suspensas às 14 horas, duas horas antes do início da partida.
Com bastante espaço interno e com a varanda, o camarote em questão tem tido uso diverso nos últimos meses. Em dias de jogos, ele já serviu de palco para bandas, em ativação do clube com o Napster.
Mais recentemente, o clube fez um evento coorporativo no estádio, e o local foi usado como “balada”, com uma pista montada na parte de dentro e com a varanda livre para a circulação dos convidados. 
Com 30% das unidades vendidas, os camarotes representam um dos maiores desafios para a gestão da arena; eles somam uma parte significativa do que o clube espera arrecadar com o estádio.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/corinthians-abre-camarote-para-churrasco-com-torcedores_30580.html#ixzz4Bf2F1SWy