Cabeçalho

Logotipo

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Brahma ativa Santos e São Paulo com “clássico da paz”

Times chegarão ao Pacaembu, no domingo, no mesmo ônibus


A Brahma fará uma ação diferente para Santos e São Paulo no próximo domingo. A empresa, que patrocina ambas as equipes, promoverá um “clássico da paz”, e fará uma entrada simbólica para representar a ideia: os elencos dos dois times chegarão juntos, em um mesmo ônibus.
A ação, promovida pela Brahma e idealizada pela agência África, terá um ônibus personalizada com as cores e escudos dos dois times. Como os lugares no veículo são limitados, apenas os jogadores e os técnicos estarão presentes; comissão técnica e dirigentes deverão chegar ao estádio separadamente.
Além da simbologia da ação, a Brahma usará a ativação para produzir conteúdo para as suas redes sociais. A empresa fará a cobertura do caminho feito pelos elencos, com imagens e vídeos que serão colocados ao vivo na página de Facebook da marca de cerveja.
O jogo, realizado no estádio do Pacaembu, em São Paulo, terá apenas um problema na representatividade de “clássico da paz”: graças à medida do Ministério Público, o jogo terá torcida única. Nesse caso, será do Santos o domínio das arquibancadas. Até o fim do ano, todos os encontros de rivais na capital paulista acontecerão nessas condições. A medida adotada impediu a criação de uma área mista na arena de São Paulo.
O Santos quer usar a partida para lotar o Pacaembu. Além do apelo de um clássico e de uma partida ao lado do público paulistano, o clube tem promovido o evento como o jogo de número 500 no Pacaembu. Em sua comunicação, a equipe trata o duelo como “clássico histórico”.
Na Vila Belmiro, o Santos não tem conseguido grandes públicos neste ano. A única vez que conseguiu mais de 7 mil pagantes neste Brasileirão foi justamente na única vez que a equipe atuou no Pacaembu, contra o Botafogo. Foram 14 mil pagantes na partida.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/brahma-ativa-santos-e-sao-paulo-com-classico-da-paz_30635.html#ixzz4CQm6Actd

0 comentários :

Postar um comentário