Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Globo estende contrato de direitos de TV do Brasileirão até 2024

Iniciativa acontece após acirramento de concorrência com entrada de Esporte Interativo na luta por direitos na TV fechada

Preocupada com a concorrência com o Esporte Interativo, a Globo resolveu estender até 2024 o vínculo com todos os clubes que haviam sido contratados por ela. O acordo inicial com algumas das equipes, incluindo transmissões na TV fechada na qual enfrentou forte concorrência do canal do Grupo Turner, valeria até 2020. A informação foi antecipada pelo Blog do Ohata, do UOL Esporte.
Todos os times que assinaram com a Globo irão obedecer a nova fórmula de distribuição de verba na TV fechada: 40% dividido de maneira igualitária entre os times, 30% por desempenho no Brasileirão e 30% pela audiência. Essa divisão é semelhante à que ocorre no Campeonato Italiano.
A extensão do vínculo foi feita nos compromissos que haviam sido assinados no ano passado. Com o acirramento da concorrência, os contratos firmados em 2016 já haviam sido por um prazo mais alongado, que vai de 2019 a 2024.
Com isso, a Globo estendeu os acordos com todos os clubes com os quais tem contrato: América-MG, Atlético-MG, Avaí, Botafogo, Chapecoense, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Londrina, Náutico, São Paulo, Sport, Vasco e Vitória.
O Esporte Interativo, por sua vez, fechou com Santos, Internacional, Atlético-PR, Coritiba, Ponte Preta, Bahia, Ceará, Paraná, Paysandu, Criciúma, Joinville, Sampaio Corrêa e Fortaleza. Santa Cruz e Figueirense alegam ter fechado com a Globo, mas o EI também afirma tê-los sob contrato.
Procurado para confirmar o acerto com as equipes, Globosat, através de sua assessoria de imprensa, informou que não iria comentar. A Máquina do Esporte apurou, porém, com fontes ligadas ao canal, que a emissora já havia encerrado negociação entre seus contratados para a extensão do vínculo.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/globo-estende-contrato-de-direitos-de-tv-do-brasileirao-ate-2024_30504.html#ixzz4AYGHFmiQ

0 comentários :

Postar um comentário