Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 29 de julho de 2016

IFOOD ATIVA PATROCÍNIO AO FLAMENGO NO ‘DIA NACIONAL DO MOTOBOY’

Ação levou entregador para assistir à partida na casa de jogador e o cadastrou como integrante do Nação Rubro-Negra


Com o Dia Nacional do Motoboy comemorado ontem, 27 de julho, a Ifood foi o grande destaque ao ativar seu patrocínio ao Flamengo embarcando em um dos principais pilares de seu serviço: o motoboy.

Na última segunda (25), o clube e o patrocinador agendaram uma gravação com Leandro Dalmut, que entrega pedidos feitos pelo iFood e é assumidamente rubro-negro. A desculpa para o convite era para que ele participasse de uma “entrevista” para falar sobre sua paixão pelo Flamengo. No meio da filmagem, ele foi interrompido por uma solicitação de entrega.

Chegando no local, ele foi surpreendido por Everton, jogador do Fla. Ativando também seu programa de sócio-torcedor, o motoboy ganhou ainda o cartão de sócio do Nação Rubro-Negra.
Fonte: MKT Esportivo

BUDWEISER TORNA-SE A CERVEJA OFICIAL DO PSG

Por lei, o acordo não poderá ser promovido na França, valendo apenas para os Estados Unidos e demais países da Europa


Em pré-temporada nos Estados Unidos para a disputa da International Champions Cup, o PSG aproveitou a viagem para fechar novos acordos. Pelos próximos três anos, a Budweiser será a cerveja oficial da equipe francesa. Com um já esperado porém.

Como já destacamos por ocasião da presença da Carlsberg na Euro 2016, na França é proibido fazer promoção de bebidas alcoólicas por uma imposição da Lei Evin. Por este motivo, o acordo não poderá ser ativado no país, valendo apenas para demais territórios que a cervejaria desejar promover o clube e o patrocínio.

Fonte: MKT Esportivo

Konami fecha patrocínio de três anos com Barcelona

PES 2017 terá exclusividade na reprodução do estádio Camp Nou, do time catalão

A Konami, produtora japonesa do jogo eletrônico Pro Evolution Soccer, acertou um contrato de patrocínio com o Barcelona. O acordo terá validade de três anos e já passa a valer na edição PES 2017, que será lançada em mundialmente em setembro.
No acordo, estão inclusas ativações no Camp Nou, estádio do time catalão, inclusive com a exposição da marca no local. Para os torcedores que gostam de jogar, a principal atração estará justamente na arena da equipe; o PES terá exclusividade na reprodução do local, deixando o concorrente Fifa sem as famosas arquibancadas espanholas.
As duas partes justificaram o acordo de parceria. “Podemos apresentar a série PES a uma imensa base mundial de fãs”, explicou Tomotada Tashiro, presidente da Konami. “É uma parceira estratégica que nos permitirá levar o Barcelona a milhões de usuários do seu jogo”, completou o vice-presidente de marketing do clube, Manel Arroyo.
No Brasil, parceria entre PES e clubes não é uma novidade. Em 2015, a Konami fechou patrocínio a Corinthians e Flamengo, que também ganharam benefícios exclusivo. Assim como o Barcelona, o time de São Paulo teve sua arena reproduzia. Já a equipe carioca chegou a estampar a capa do jogo.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/konami-fecha-patrocinio-de-tres-anos-com-barcelona_30822.html#ixzz4FpE6Ey9W

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Em parceria com Brahma, Vasco inaugura centro de reabilitação de atletas

Espaço, com 600 metros quadrados, terá câmera termográfica, piscina 'inteligente' e esteira projetada pela Nasa

O Vasco inaugurou o Caprres (Centro Avançado de Prevenção e Reabilitação Esportiva) na última sexta-feira (dia 22), empreendimento construído em parceria com a Brahma, que já é parceira do programa de sócio-torcedor do clube, vinculado ao Movimento por um Futebol Melhor.
“Este é um centro que já se tornou referência. Iniciamos um conceito de recuperação acelerada, lesão zero e prevenção, que tem sido aplicado há mais de um ano no clube. E com a parceria da Brahma, conseguimos realizar a obra física que dará seguimento a esse importante trabalho no futuro”, afirmou Alex Evangelista, gerente científico do Vasco.
“A arquitetura pensada tem todo sentido com a recuperação do atleta, com o bom ambiente. Tem que ser um lugar com temperatura adequada o treinamento e recuperação. Tudo isso está enquadrado nas teorias cientificas”, acrescentou o dirigente.
O espaço, com 600 metros quadrados, recebeu equipamentos de alta tecnologia, como câmera termográfica, capaz de avaliar processos inflamatórios dos atletas, piscina com recursos de inteligência e a esteira Alger G, idealizada pela Nasa e que permite que os jogadores corram com redução de 80% do peso, diminuindo o impacto e ajudando na recuperação de atletas, principalmente em períodos de muitas viagens.
“O Caprres é um projeto de referência para o futebol mundial que fizemos questão de viabilizar em parceria com o Vasco. A obra inovadora reforça o compromisso que a Brahma tem de contribuir e promover um futebol brasileiro melhor, alinhando sempre os seus investimentos de patrocínio com o objetivo de deixar um legado importante nos clubes", disse Sandro Leite, gerente de marketing esportivo da Ambev.
Todos os equipamentos estão montados em formato de 360 graus, dando aos profissionais uma visualização completa dos estágios no local. Além disso, o telhado foi pintado com uma tinta especial de polímeros de cerâmica, que evita passagem de raios UV em até 90%, impermeabiliza e reduz a temperatura e o consumo da energia no ambiente.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/em-parceria-com-brahma-vasco-inaugura-centro-de-reabilitacao-de-atletas_30805.html#ixzz4FRSR3Ezq

CORINTHIANS ANTECIPA VENDA DE INGRESSOS PARA TODOS OS JOGOS NA ARENA NO BRASILEIRÃO

Torcedores poderão comprar pacote para nove partidas do clube no segundo turno do campeonato


“A partir de agora todo jogo é uma final”. Foi com esta frase que o Corinthians anunciou antes da partida do último sábado (23) que venderá carnê de ingressos para todos os seus jogos em casa neste segundo turno. No período, valendo apenas para o Campeonato Brasileiro, serão 9 partidas na Arena Corinthians. São elas: Vitória, Sport, Palmeiras, Fluminense, Atlético-MG, América-MG, Chapecoense, Internacional e Atlético-PR.

Prática absolutamente comum na Europa, a venda antecipada de ingressos é importante para que os clubes possam trabalhar com uma receita planejada. Em abril, o Timão já havia externado seu desejo de seguir este modelo de venda. De acordo com o site do clube, o pacote estará disponível apenas para sócios do Fiel Torcedor até o dia 07 de agosto ou esgotar os 10 mil pacotes colocados à venda.

No mesmo sábado, a Arena foi palco de uma ativação envolvendo o clube e a Warner. Na escalação divulgada no telão, os jogadores do Corinthians eram anunciados e suas fotos eram personalizadas com caveiras do filme “Esquadrão Suicida“, que estreia no Brasil no próximo dia 3 de agosto.
Na Euro-2016 diversas ativações envolvendo o filme e a Inglaterra foram feitas ao longo do torneio.

Fonte: MKT Esportivo

sábado, 23 de julho de 2016

CORR PLASTIK É A NOVA PATROCINADORA DO SÃO PAULO

Líder do segmento de tubos e conexões de PVC, marca estará exposta nas mangas do uniforme tricolor


O São Paulo anunciou na tarde de ontem o seu mais novo patrocinador. Com contrato válido até dezembro de 2017, a Corr Plastik estampará sua marca nas mangas do uniforme Tricolor.
Sem valores divulgados, o São Paulo anunciou o acordo exaltando ter atingido sua meta de patrocínios estipulado para o ano: R$ 30 milhões. Líder do seu segmento, a marca estará exposta também nos materiais de treino e corpo técnico da equipe, além de placas de publicidade no Morumbi e CT. O estádio, por sua vez, reservará algumas datas para a empresa realizar ações de relacionamento e demais ativações.

Se recentemente o clube tinha dificuldades para acertar com novos patrocinadores, agora o São Paulo comemora um amplo leque de parceiros, que inclui Prevent Senior, TIM, FIAP, Joli, Rock&Ribs, Copa Airlines (plataformas digitais), Ambev, Gatorade, Habib’s e Bradesco Seguros.

Fonte: MKT Esportivo

Flamengo transforma chegada de Diego em ativação de sócio-torcedor

Clube escala associados para recepcionar reforço no aeroporto e usa redes sociais para divulgar evento

O Flamengo transformou a chegada de Diego Ribas e sua apresentação como novo reforço do clube em um grande evento para sua torcida. A notícia da contratação de Diego, na terça-feira, foi dada em primeira mão aos sócios-torcedores. Onze deles tiveram a oportunidade de recepcionar Diego na chegada ao aeroporto Santos Dumont.
“Foi a primeira vez que fizemos esse tipo de comunicação para o sócio-torcedor. Precisamos sempre mostrar que o programa é fundamental para que os reforços possam vir ao Flamengo. Desde 2013, eles estão apoiando e contribuindo, nos bons e maus momentos, e isso faz o clube mais forte para contratar jogadores como o Diego”, afirmou Bruno Spindel, diretor de marketing do clube, em entrevista ao jornal “O Globo”.
“Essa é uma das séries de experiências que podemos proporcionar para que o torcedor entenda que vale a pena fazer parte do programa”, acrescentou.
Durante todo o dia, o clube monopolizou suas redes sociais para cobrir a vinda do jogador. Pela manhã, o Facebook do Flamengo anunciou a chegada do meia ao Rio. Ainda no aeroporto, o atleta gravou uma mensagem para a torcida.
Durante o dia, fotos e vídeos do evento também foram postados nas contas do Flamengo no Twitter e Instagram, com direito a mensagem do ídolo Zico dando as boas-vindas. Pelo Periscope, ferramenta do Twitter para a transmissões ao vivo, o flamenguista pôde acompanhar o encontro de Diego com a torcida, na saída do aeroporto.
As redes sociais também postaram a camisa 35, que será usada pelo jogador. O número é a idade dos filhos do atleta: Matteo, de três anos, e Davi, de cinco. Após a divulgação do uniforme, o Facebook do Flamengo anunciou que a camisa do jogador já estava à venda, com promoção especial para sócios-torcedores.
Às 17h, com a chegada de Diego à sede do Flamengo, foi a vez de a FlaTV, conta do clube carioca no YouTube, transmitir ao vivo a coletiva de apresentação.
No final do dia, a imagem de capa da página do time no Facebook foi trocada por uma foto com os principais nomes do elenco. Diego já assumia lugar de destaque no grupo, quase ao centro, atrás apenas do atacante Paolo Guerrero.
Para capitalizar a expectativa com a vinda do novo reforço, o Flamengo aproveitou o burburinho criado durante o dia para usar Diego como garoto-propaganda de seu programa de sócio-torcedor. “Sócio-torcedor, tem mais Flamengo em campo. Jogue junto e tenha orgulho de fazer o time mais forte”, dizia mensagem do clube na página do programa Nação Rubro-Negra.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/flamengo-transforma-chegada-de-diego-em-ativacao-de-socio-torcedor_30792.html#ixzz4FHEi7W2G

Sport libera entrada para sócios em nova campanha

Clube manteve preço do plano; ideia é fazer um setor mais popular na Ilha do Retiro

O Sport anunciou mudanças em seu programa de sócio-torcedor. Agora, quem arcar com a mensalidade de R$ 28,50 terá acesso livre ao setor Arquibancada da Sede, na Ilha do Retiro, sem necessidade de compra de ingresso. 
A ideia do clube é fazer do setor em questão um local ainda mais popular no estádio em Recife. O preço da mensalidade do sócio-torcedor não foi alterado.
A diretora de marketing do Sport, Melina Amorin, lembrou a ação do Estado em ingressos esportivos para justificar a iniciativa. “Era um desejo antigo do presidente ter uma categoria de preço acessível e que pudesse dar o benefício do acesso livre também, suprindo, inclusive, a carência deixada com o fim do Todos Com a Nota. Encontramos uma maneira viável de fazer isso”, afirmou em nota no site do clube.
Para o torcedor ter acesso ao jogo, ele precisará agora apenas dar um “check-in”. Ou seja, confirmar a presença por meio do site do clube ou na própria bilheteria. Essa possibilidade é aberta um dia antes de as entradas começarem a ser vendidas para o público geral.
Para divulgar as novidades, o próprio departamento de marketing do clube criou uma campanha em vídeo, que explica a nova modalidade de associação.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/sport-libera-entrada-para-socios-em-nova-campanha_30795.html#ixzz4FHEsCjyp

De volta às 11h, Palmeiras tem 100% de vendas online

Contra Atlético-MG, no domingo, clube paulista volta a jogar em horário que foi sucesso com torcida em 2015

O Palmeiras estreia neste domingo no Brasileirão no badalado horário das 11h, no Allianz Parque. A equipe enfrenta o Atlético-MG em um horário em que tradicionalmente o clube consegue lotar as arquibancadas da arena. Para este jogo, 100% dos 36 mil bilhetes foram vendidos antecipadamente.
No ano passado, o Palmeiras atuou quatro vezes às 11h como mandante, e os números mostram que é um dos horários preferidos pela torcida. Todos eles estão no top 10 das partidas com melhor público do Palmeiras na última temporada. O recorde foi o jogo contra o Atlético-PR, pelo Brasileirão, que contou com 38.784 torcedores.
Desde a inauguração do Allianz Parque, em apenas duas partidas os ingressos se esgotaram nas vendas online e nem chegaram a ir à bilheteria. Um deles foi justamente esse jogo contra o time paranaense. O outro foi na final da Copa do Brasil contra o Santos. Em todos esses jogos, a taxa de ocupação de sócios-torcedores superou os 50%.
Com o bom número apresentado para o jogo contra o Atlético-MG neste fim de semana, a média de venda online de ingressos do Palmeiras chegou a 80%. Vale lembrar que ainda restam ingressos para a torcida visitante, donos de cadeiras cativas, proprietários de camarotes, patrocinadores e parceiros do clube.
“Não tenho dúvida que o futuro será todo online, e o fim das bilheterias acontecerá de forma gradativa. Hoje, todas as arenas brasileiras estão se modernizando, e os torcedores estão cada vez mais acompanhando essa nova maneira de consumo”, afirmou Robson de Oliveira, sócio-diretor da FutebolCard, responsável pela gestão da venda de ingressos do Allianz Parque.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/de-volta-11h-palmeiras-tem-100-de-vendas-online_30791.html#ixzz4FHEUdaoe

SEVILLA UTILIZA LINKEDIN PARA BUSCAR NOVO PATROCINADOR MASTER

Clube divulga dados sobre seu alcance global para atrair interessados


A Juventus largou na frente ao explorar o LinkedIn como um ativo para buscar novos profissionais, mas foi oSevilla que deu um novo sentido ao seu uso. Mesmo com um currículo de recentes conquistas europeias, como o tricampeonato da UEFA Europa League, o clube encontra dificuldades para encontrar um patrocinador master.

Diante deste cenário, a rede de profissionais tornou-se uma vitrine para a equipe buscar uma parceira. Utilizando dados da REPUCOM/Nielsen Sports sobre seu alcance global (+ 200 milhões de pessoas), ROI (de 500%, segundo os dados) e audiências nos principais mercados do planeta, o Sevilla oferece embasamento para que potenciais parceiras tenham confiança ao investir e, acima de tudo, possam obter um retorno satisfatório.

Com um perfil ativo no LinkedIn, a estratégia adotado pelo clube espanhol pode abrir uma nova tendência de uso das redes sociais.

Fonte: MKT Esportivo

O DIFERENCIAL DOS ACORDOS FECHADOS PELA KUMHO TYRE COM TOTTENHAM E LYON

Marca sul-coreana de pneus terá nos mascotes de ambas equipes um principais pilares de ativação do patrocínio


A Kumho Tyre desembarcou no futebol europeu através de dois fortes acordos. Na Premier League, a empresa de pneus fechou um acordo de dois anos com o Tottenham. Já na Ligue 1, o escolhido foi o Lyon.

Em ambos contratos, a empresa irá explorar plataformas comuns de ativação, como hospitalidade nos estádios, exposição nas redes sociais e, como diferencial, a utilização de ambos mascotes. O pássaro, do Tottenham, e o leão, dos franceses, serão utilizados pela empresa para relacionamento com fãs e também em esforços relacionados às fundações mantidas pelos clubes. No caso dos Spurs, o sul-coreano Heung-Min Son deve ser um dos protagonistas de campanhas fruto do acordo.

A utilização de mascotes em acordos ganhou destaque recentemente no futebol europeu com o patrocínio da PUMA ao Filbert Fox, do Leicester City. No Brasil, este ativo ainda é pouco explorado de forma comercial, mas amplamente utilizado para relacionamento com jovens torcedores.

A chegada da Kumho Tyre ao Lyon representa um aumento do alcance da equipe em território asiático, afinal, a também sul-coreana Hyundai é sua patrocinadora master desde 2012.

Fonte: MKT Esportivo

FIFA ANUNCIA O PRIMEIRO PATROCINADOR REGIONAL DA COPA DO MUNDO DA RÚSSIA

Alfa-Bank largou na frente e abriu a categoria ‘FIFA World Cup Regional Supporter’ para a próxima edição do Mundial


A FIFA anunciou nesta semana o primeiro patrocinador regional para a Copa do Mundo da Rússia em 2018. Como FIFA World Cup Regional Supporter, o Alfa-Bank poderá ativar sua marca em duas competições: além do Mundial, a Copa das Confederações 2017.

Com 745 escritórios, o banco russo irá apoiar a FIFA em iniciativas relacionadas a emissão de ingressos com o objetivo de melhorar o serviço disponibilizado aos fãs e organizadores.
Este acordo é parte de uma nova estratégia adotada pela entidade para a Copa do Mundo. Agora, empresas da Europa, América do Norte, América do Sul, África e Ásia podem fechar acordos regionais e se beneficiar do impacto gerado pelo torneio sem a necessidade de investir o mesmo montante de parceiros globais da FIFA.

As marcas que se tornam apoiadoras regionais desfrutam dos mesmos benefícios de todos patrocinadores, como exposição em eventos relacionados à Copa, pacote de ingressos para relacionamento com clientes e a possibilidade de explorar a marca oficial do torneio comercialmente em sua respectiva região

Fonte: MKT Esportivo

WOLFSBURG LANÇA TOUR ESPECIAL APROVEITANDO O FENÔMENO ‘POKÉMON GO’

Durante uma hora, torcedores poderão capturar personagens do game espalhados por toda Volkswagen Arena


O fenômeno ‘Pokémon Go’ tem transformado o dia a dia de milhares de pessoas. Enquanto o público brasileiro aguarda ansiosamente o seu lançamento, clubes do país têm aproveitado esta onda para gerar conteúdo e angariar algum tipo de buzz entre seus seguidores e imprensa. Porém, o Wolfsburg foi além.

Durante uma semana, de 21 a 29/7, o clube alemão abrirá as dependências da Volkswagen Arena para um tour especial. Intitulado ‘Special Tour Pokémon GO’, os Lobos embarcarão na febre em torno do game para angariar novos visitantes ao seu estádio oferecendo à eles a oportunidade de capturar personagens do desenho.

Os participantes percorrerão as arquibancadas e até mesmo o gramado durante o período de uma hora ao custo de € 5.

Fonte: MKT Esportivo

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Corinthians e Palmeiras revivem rivalidade dentro e fora de campo

Clubes, que brigam por liderança no Brasileirão, também rivalizam em lotação de arquibancadas, sócios-torcedores e patrocínios

Resgatar a última vez que Corinthians e Palmeiras brigaram, de fato, por um título exige esforço de memória; a semifinal da Libertadores de 2000 é um bom parâmetro. Dividir a liderança do Brasileirão, como atualmente, só em 1998. Mas o resgate da rivalidade que ocorre no momento vai muito além das quatro linhas. Atualmente, os dois times dividem praticamente tudo.
Hoje, não há um índice de gestão que Corinthians e Palmeiras não duelem. Para além da tabela do Brasileirão, os times têm se invertido na primeira e na segunda colocação no número de sócios, na média de público, nos patrocínios e no faturamento.
Entre as duas diretorias, há um consenso: a rivalidade não influi no modo como é trabalhado o marketing dos clubes. “A rivalidade entre Palmeiras e Corinthians é a maior do Brasil e sempre motivou os clubes a tentarem superar um ao outro”, admitiu o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, à Máquina do Esporte. Mas o dirigente completou: “Mesmo se o adversário não estivesse vivendo um grande momento, nós estaríamos atuando da mesma forma”.
O gerente de marketing do Corinthians, Gustavo Herbetta, foi ainda mais enfático: “Nós trabalhamos aqui para a nossa torcida. Pensamos nas ações para os nossos sócios, para o nosso estádio. O que acontece no Palmeiras não influi”, afirmou.
Pode não ser pensado oficialmente, mas impressionam as trocas de posição. No último domingo, por exemplo, o Corinthians tomou a dianteira na média do Brasileirão: 32,4 mil contra 31,8 mil. Em 2015, ambos se revezaram na liderança do Movimento por um Futebol Melhor. Hoje, o líder é o time do Parque São Jorge: 128 mil contra 126,6 mil.
A maior diferença entre os dois está nos patrocínios de camisa. Graças a Crefisa, que fechou o uniforme do Palmeiras, o duelo está R$ 66 milhões contra R$ 44 milhões para a equipe do Allianz Parque. Com manga e costas abertas, o rival alvinegro almeja R$ 70 milhões ao ano.
Até na audiência da Globo neste Brasileirão, um terreno em que o Corinthians costuma ter mais domínio, há uma disputa corrente. No último domingo, o duelo entre Internacional e Palmeiras gerou 24 pontos no Ibope, o maior índice em um fim de semana sem ser um clássico. Sem considerar os duelos locais, o time do Parque São Jorge conseguiu 25 pontos contra o América-MG, mas em uma quarta-feira.
A melhor audiência do Campeonato Brasileiro até o momento? Palmeiras x Corinthians, com 29 pontos de média na Globo.

Os rankings nacionais dominados por Corinthians e Palmeiras:
Melhores média de público do Brasileirão:
1º - Corinthians: 32.396
2º - Palmeiras: 31.853

Maiores faturamentos em bilheteria no Brasileirão:
1º - Palmeiras: R$ 15.428.391,00
2º - Corinthians: R$ 14.513.189,00

Movimento por um Futebol Melhor:
1º - Corinthians: 128.080 sócios
2º - Palmeiras: 126.607 sócios

Camisas mais valiosas (sem considerar a marca de fornecimento):
1º - Palmeiras: R$ 66 milhões
2º - Corinthians: R$ 44 milhões

Maiores audiências do Brasileirão em São Paulo (sem considerar os clássicos):
1º - América-MG x Corinthians: 25 pontos na quarta-feira
2º - Internacional x Palmeiras: 24 pontos no domingo

Maior audiência do Brasileirão em São Paulo:

Bundesliga terceiriza para agência venda de direitos de Campeonato Alemão

MP&Silva adquiriu direitos de transmissão de liga alemã para 34 países europeus

A Bundesliga terceirizou a venda dos direitos de TV do Campeonato Alemão para alguns países europeus. A agência MP&Silva anunciou a aquisição dos direitos audiovisuais do torneio para 34 países do velho continente para o período 2017/2021. Os valores envolvidos na negociação não foram divulgados.
“A Bundesliga é uma das três ligas mais fotes do mundo em termos de faturamento e uma das com melhor qualidade entre os esportes de alto nível. Estamos honrados de ter a plena confiança [dos dirigentes da liga alemã]”, afirmou Roberto Dalmiglio, diretor comercial da MP&Silva.
Não é a primeira vez que a liga alemã comercializa direitos para a agência de marketing. A MP&Silva já havia comprado os direitos de transmissão para o Japão. Agora, acrescentou a essa lista Albânia, Armênia, Azerbaijão, Belarus, Bósnia-Herzegovina, Bulgária, Cazaquistão, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslovênia, Finlândia, Geórgia, Grécia, Islândia, Macedônia, Malta, Moldava, Montenegro, Noruega, Portugal, Quirguistão, Romênia, Rússia, Sérvia, Suécia, Tadjiquistão, Turcomenistão, Turquia, Ucrânia e Uzbequistão, entre outros.
O acordo contempla tanto as plataformas de TV como streaming e dispositivos móveis. Além dos jogos da liga, também estão incluídos direitos sobre a Supercopa da Alemanha e programas especiais com resumos de jogos e melhores jogadas.
Os clubes alemães não são os únicos que apostam na agência para vender seus direitos de transmissão em mercados de dimensões reduzidas ou com alguma peculiaridade que dificultam a venda. A liga espanhola, a Série A TIM, da Itália, a Premier League e a Copa América, entre outras, já usaram dessa estratégia.
No total, o objetivo da Bundesliga é dobrar a arrecadação em nível internacional, alcançando € 300 milhões. No mercado doméstico, a liga alemã já assegurou contrato de € 1,16 bilhão anuais graças a novos acordos com Eurosport e Sky alemã.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/bundesliga-terceiriza-para-agencia-venda-de-direitos-de-campeonato-alemao_30785.html#ixzz4EyaGn5n7

Kaká é sexto jogador que mais vende camisas na MLS

Brasileiro é superado por veteranos como italiano Pirlo, espanhol Villa e inglês Gerrard em liga norte-americana

O brasileiro Kaká é apenas o sexto jogador que mais vende camisas na MLS (Major League Soccer), principal liga de futebol dos Estados Unidos. A liderança da classificação é do meia Andrea Pirlo, do New York City.
Atrás de Pirlo está o melhor norte-americano na classificação: Clint Dempsey, do Seattle Sounders e capitão da seleção nacional. O espanhol David Villa, companheiro de Pirlo no time italiano, ocupa o terceiro lugar.
Logo atrás aparece Jordan Morris, novato da equipe de Seattle, desprezado pelo técnico Jurgen Klinsmann na última Copa América do Centenário, quando os Estados Unidos terminaram em quarto lugar.
Outro veterano, o meia Steven Gerrard, do Los Angeles Galaxy, está na quinta posição, uma à frente de Kaká, do Orlando City. A classificação se baseia na venda de camisas da MLS desde o início do ano.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/kaka-e-sexto-jogador-que-mais-vende-camisas-na-mls_30784.html#ixzz4Eya3OTd6

Manchester United tem novo banco oficial para Reino Unido

Com contrato com Virgin Money, clube inglês passa a ter 14 acordos regionais com instituições financeiras

O Manchester United assinou acordo com a Virgin Money para as próximas quatro temporadas. Com o contrato, a instituição financeira irá se tornar o banco oficial do clube no Reino Unido. Com esse compromisso, já são 14 os bancos que trabalham com o time inglês em nível regional.
“Virgin e Manchester United têm uma filosofia muito parecida. Ambos querem mudar o jogo, não apenas jogar. A união das duas entidades com este patrocínio da Virgin Money irá criar algo realmente especial”, afirmou Richard Branson, fundador do banco.
“Tenho plena confiança nos valores que compartilhamos, que farão desta associação um grande êxito, sobretudo para nossos fiéis seguidores que terão uma oferta de produtos que os deixará ainda mais próximos do clube que apoiam”, disse Richard Arnold, diretor geral do Manchester United.
O Manchester City assinou em dezembro um acordo de patrocínio com a Virgin Trains, que se converteu em parceiro oficial de viagens do clube e dos torcedores, que ganharam desconto para viajar para os jogos da equipe.
Apesar de não ter conseguido se classificar para a próxima edição da Liga dos Campeões, o Manchester United aumentou seu faturamento para em € 47,3 milhões. Nos primeiros nove meses da temporada, a arrecadação subiu 31,6% até alcançar € 483,27 milhões. 



terça-feira, 19 de julho de 2016

AVAÍ GERA CONTEÚDO A PARTIR DE PERÍODO SEM JOGOS NA RESSACADA

Clube mostrou como Leão, seu mascote, se ocupou durante um longo período sem atividades no estádio


Após a vitória sobre o Vasco no dia 2 de julho, o Avaí ficou um período sem jogos em sua casa até receber o Oeste na última sexta (15). Durante este intervalo, um dos grandes ativos do clube, o mascote Leão, ficou sem ter o que fazer.

Pensando nisso, o clube catarinense ativou o marketing de conteúdo e divulgou uma série de vídeos mostrando como o personagem se ocupou durante este período. Entre os passatempos, uma passagem pela lavanderia da Ressacada, sala de musculação e até mesmo o atendimento para sócios.



Fonte: MKT Esportivo

OFICIAL: QATAR AIRWAYS RENOVA PATROCÍNIO E SEGUE COM O FC BARCELONA ATÉ 2017

Renovação coloca fim a um longo período de especulações que envolveu até mesmo a volta de um uniforme limpo


Esqueça uma camisa limpa ou a chegada de uma nova patrocinadora: a Qatar Airways renovou seu patrocínio master e seguirá no local mais nobre do uniforme do FC Barcelona.

Parceiros desde 2013, o novo vinculo irá agora até 2017 e, segundo informou o clube, nos mesmos termos do antigo contrato. Ainda que gere controvérsias a respeito da origem do investimento, a companhia aérea sempre trabalhou muito bem o seu patrocínio ao clube, tendo lançado um comercial com medidas de segurança em voos que alcançou 40 milhões de visualizações, bem como esforços na Ásia que promoveu um aumento de passageiros visitando a cidade e utilizando seus serviços.

A Qatar informou ainda que desde 2013 dobrou sua participação em voos na Espanha tendo como destinos Barcelona e Madrid. Os valores do novo acordo não foram oficialmente anunciados mas os culés tinham como objetivo dobrar o antigo valor e receber € 60 milhões anuais.

Recentemente o clube anunciou a renovação do seu acordo com a Nike até 2028 por um valor recorde, fruto de uma importante mudança contratual que colocará todo o licenciamento da FC Botiga nas mãos do Barça.

Fonte: MKT Esportivo

Vivo ativa seleção feminina de futebol com websérie

Empresa de telefonia, que não é patrocinadora dos Jogos do Rio, aproveita carona por ser apoiadora de CBF

A Vivo ativou o patrocínio à seleção brasileira feminina de futebol com uma websérie que conta a história de jogos, experiências pessoais, bastidores da equipe e curiosidades sobre as jogadoras do elenco nacional.
O projeto começou no ano passado com três vídeos que alcançaram um público de mais de 2,3 milhões de pessoas. Os filmes mostravam os desafios e conquistas nas carreiras de Maurine, Tamires e Formiga. Neste ano, as estrelas que aparecem nos vídeos são Bárbara, Andressinha, Mônica, Cristiane, Thaísa, Bruna Benites, Andressa Alves e Érika.
Os vídeos estão sendo divulgados na Fan Page da Vivo: https://www.facebook.com/VivoEsporte. A ação é assinada pela agência EA, com produção dos filmes pela Mowa Press.
Com a ação, a empresa de telefonia aproveita o período pré-olímpico para conquistar engajamento com seu público. A Vivo é patrocinadora da CBF, mas é a concorrente Claro a apoiadora oficial dos Jogos Olímpicos do Rio 2016. É a segunda vez que a Vivo aproveita a “carona” da CBF em um megaevento esportivo no Brasil. No ano da Copa do Mundo de 2014, a empresa realizou campanhas com a seleção brasileira. O patrocinador do Mundial da Fifa, porém, foi outra concorrente, a Oi.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/vivo-ativa-selecao-feminina-de-futebol-com-webserie_30773.html#ixzz4EsWup7iG

Casas de apostas atacam futebol europeu, mas sem protagonismo

BetFair no Barcelona mostra situação diferente do setor em comparação à década de 2000

O Barcelona apresentou na última sexta-feira seu mais novo patrocinador: a casa de aposta BetFair. O contrato, de três anos de duração, é simbólico do momento que vive o segmento. A marca ficará longe do espaço máster do uniforme do time catalão, que permanece sem aporte. O contrato envolve a cota de “parceiro oficial”, a terceira na hierarquia de apoiadores do clube espanhol.
Hoje, o cenário de patrocínios esportivos de casas de apostas está distante do que foi há dez anos. Na metade da década de 2000, grandes clubes da Europa carregavam no máster alguma empresa do segmento. Na Espanha, não era o Barcelona, mas o Real Madrid que mantinha o Bwin no peito. E estava longe de ser exceção. O Milan também teve a Bwin, a Juventus teve a BetClic, que também patrocinou o Olympique de Marseille.
No início da década de 2010, o protagonismo dessas empresas começou a ser ofuscado com a chegada de gigantes árabes. Foi o caso da Emirates, que fez com que Real Madrid e Milan mudassem de patrocínio. O Barcelona, até então ‘paquerado’ por empresas de aposta, fechou com a Qatar Airways.
Houve, também, alguma resistência de clubes ao avanço das apostas. Em 2006, o Manchester United chegou a fazer um anúncio oficial para explicar a rejeição à casa de apostas Masion. Para o clube, a superioridade financeira em relação à proposta da AON, seguradora que fechou de fato com o clube, não se justificava. Não era essa a imagem almejada pelo marketing inglês.
Essa ausência de protagonismo não significa ausência de fato. Na Premier League, por exemplo, as casas de aposta estão em nove dos 20 times. No entanto, elas não estão em nenhum dos considerados grandes, como o próprio Manchester United.
Em números, esse novo movimento das casas de aposta é significativo. Segundo o instituto de pesquisa Repucom, o investimento do segmento quase triplicou nos patrocínios de camisa das seis principais ligas da Europa (Inglaterra, Alemanha, Espanha, França, Itália e Holanda). Na temporada 2014/2015, foram investidos € 15 milhões, contra € 42 milhões no período 2015/2016. 
Dos seis segmentos mais importantes entre os principais patrocinadores de clubes europeus, apenas o automotivo teve um incremento proporcionalmente maior do que as casas de apostas. E, nesse caso, apenas um acordo, entre Manchester United e Chevrolet, é o responsável por grande parte desse crescimento. 

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/casas-de-apostam-atacam-futebol-europeu-mas-sem-protagonismo_30771.html#ixzz4EsWiwyyI

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Ídolos como ferramenta de marketing

Historicamente, o Brasil ocupa um lugar de evidência no mundo das lutas. Em diversas modalidades, os brasileiros têm lugar de destaque. No Ultimate Fighting Championship (UFC) não poderia ser diferente. E a organização mostra ao futebol brasileiro como aproveitar os ídolos que o esporte promove para expandir mercado e tranformar marca em produto.

No Brasil, pode-se dizer que o “boom” se deu a partir de 2011, após a luta entre Anderson Silva e Vitor Belfort, no UFC 126 – conhecida como a luta do século. Antes disso, os dois lutadores já tinham feito grandes lutas dentro da organização – como Anderson Silva x Chael Sonnen. Mas a luta entre os dois brasileiros foi um recorde em todos os aspectos.

Os irmãos Fertitta e Dana White se valeram da construção de ídolos do esporte para potencializar o UFC como marca em solo brasileiro. Sem contar as estratégias de marketing já implementadas como transformar as famosas encaradas na pesagem um evento à parte, o trash talking feito por lutadores para promover a luta. De lá pra cá, ocorreram inúmeras ações de marketing no Brasil com lutadores brasileiros. Desde autógrafos em lojas dentro de shoppings à ingressos gratuitos para o evento da pesagem – como é até hoje. Vale destacar também que a maior turnê de promoção de evento da organização foi feita para promover a luta que do brasileiro José Aldo contra McGregor (que, no final das contas, não ocorreu e foi posteriormente alvo de críticas feitas pelo lutador irlandês que pedira mais tempo para treinar). A Budweiser, cervejaria que patrocina a corporação, se valeu da história de vida dos lutadores para também promover seus produtos (mas isso já é outro texto). O resultado? O Spider se tranformou em ídolo nacional assim como Belfort, José Aldo e outros – cada qual à seu modo.

Atualmente, é fácil encontrar produtos que estampam o nome da organização: bonés, camisas, casacos e, claro, bonecos dos lutadores. No Brasil, o UFC virou sinônimo de Mixed Martial Arts (MMA) e conseguiu o feito que só grandes marcas tem: transformar-se em metonímia (fígura de linguagem). A partir dessa premissa, qualquer evento de luta que fosse passar na televisão, todos rapidamente perguntavam se era do UFC. Sem contar que para recém apaixonados pelo esporte, este foi o primeiro e único grande evento de MMA, ignorando grandes organizações passadas como o Pride e WEC.

O rápido posicionamento de marca da empresa no Brasil é assustador. Ao todo, foram 25 eventos realizados em solo brasileiro, sendo o último – o UFC 198 – feito na Arena da Baixada, em Curitiba. E isso se deve porque a atividade-fim do negócio é o esporte (o que também é outro texto).

Todo crescimento até hoje da organização, que recentemente foi vendida por 4 bilhões de dólares, se deve muito à criação e à manutenção dos ídolos no esporte. Não foi coincidência o crescimento exponencial da marca no país depois de uma luta entre dois brasileiros que, até hoje, são referências.

E os dois não foram os únicos. Se não fosse por atletas como Anderson Silva, José Aldo, Vitor Belfort, Wanderlei Silva, Shogun e Júnior Cigano (para citar alguns) lutando em alta performace, a organização não teria se expandido de uma forma tão rápida no Brasil. No entanto, esta mesma geração não tem mais o vigor de antes. A pergunta que fica é saber se as atuais promessas do MMA brasileiro vão ser capazes de continuar o legado deixado por eles. O que podemos ter certeza é que, se isso acontecer, os americanos já provaram que sabem utilizar muito bem os ídolos como ferramenta de marketing a fim de expandir e potencializar o negócio. Ao futebol brasileiro, fica uma lição.

Matheus Paulo Melgaço

Estudante de Comunicação Social na PUC-Rio tem interesse nas áreas de marketing, publicidade e negócios no esporte.