Cabeçalho

Logotipo

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Corinthians volta a ter contrato de patrocínio vazado

Após divulgação de detalhes da Apollo, clube vê acordo com Winner exposto

O Corinthians teve mais um contrato de patrocínio, teoricamente confidencial, vazado para a imprensa. Dessa vez, o contrato com a Winner foi divulgado. A empresa foi parceira do time durante o primeiro semestre, mas teve o acordo rompido por decisão da companhia.
O contrato com a Winner foi divulgado pelo portal “Globoesporte.com”. A publicação deu ênfase à participação de André Campoy na negociação entre a empresa e o clube. Ex-conselheiro do Corinthians, o empresário levou comissão por fazer a ponte entre as duas partes.
Campoy também teria participação direta em outras negociações do Corinthians. Seu nome é citado no acordo com a Apollo, fundo de investimento que mantém propriedade na camisa do time, e a Vector, empresa de meio de pagamento que tem acordo com o time paulista.
As duas últimas empresas também têm em comum a participação do empresário português Antonio Manuel Carvalho Baptista Vieira, que chegou a ser citado pela operação Lava-Jato. Seu nome, no entanto, foi descartado das investigações por falta de prova.
Na última semana, o contrato entre Corinthians e Apollo já havia sido divulgado pela imprensa. Procurado pela Máquina do Esporte, o marketing do time já havia demonstrado irritação pelo fato, já que os acordos eram confidenciais a pedido das empresas.
O fato reforça que o clima político do Parque São Jorge é complicado, com um racha no grupo que comanda o clube. Na última semana, o presidente Roberto de Andrade marcou uma coletiva de imprensa para negar o fato, mas nos últimos dias o problema ficou mais explícito.
Em um período de uma semana, o diretor de futebol, Edu Ferreira, e o vice-presidente, André Luiz de Oliveira, pediram para se retirar. Ambos demonstraram publicamente incômodo com o modo de Roberto de Andrade gerir o time.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/corinthians-volta-ter-contrato-de-patrocinio-vazado_31324.html#ixzz4NSqUrqEY

0 comentários :

Postar um comentário