Cabeçalho

Logotipo

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

AS REDES SOCIAIS DA CHAPECOENSE CRESCERAM. MAS VAMOS ALÉM DE NÚMEROS?

Facebook e Twitter da Chape registraram um aumento significativo de novos seguidores. Desafio agora é rentabilizar a partir de seus canais digitais


Era um caminho mais do que natural que torcedores espalhados pelo mundo todo buscassem informações sobre a Chapecoense após a tragédia ocorrida com seus jogadores na última terça-feira (29). O reflexo ocorreu, principalmente, nos canais digitais da equipe, que receberam uma enxurrada de novos seguidores.  Pena que por um motivo tão triste.

Na rodada que sagrou o Palmeiras campeão do Brasileirão 2016, no domingo, 27 de novembro, a Chapecoense tinha exatos 371.289 seguidores no Facebook. Agora, até o momento de publicação desta matéria, a Chape registra 2.750 milhões de fãs. A antiga marca colocava a equipe catarinense apenas na 24ª posição entre as fan pages dos principais clubes do país. Agora, com o expressivo crescimento, figura na 9ª colocação, à frente de Atlético/MG, Fluminense, Internacional, entre outros.

O engajamento da página, claro, está altíssimo, com 6.9 milhões de usuários interagindo sobre e com a equipe. Como as plataformas digitais são hoje a principal porta de entrada na busca por informações, o MKTEsportivo obteve detalhes dos países mais populares da fan page. Vamos aos números e respectivas representatividades:
  • Brasil – 1.5 milhão (62%)
  • México – 101 mil (4.3%)
  • Colômbia – 93 mil (3.9%)
  • Argentina – 50 mil (2.1%)
  • Peru – 41 mil (1.7%)
  • Paraguai – 36 mil (1.5%)
Entre os países europeus, Portugal e Itália se destacam dos demais.

No Twitter, ainda que não se tenha detalhes sobre a origem dos novos seguidores, o crescimento também foi muito alto. No mesmo 27 de novembro, a Chapecoense tinha 133 mil seguidores no microblog. Uma semana depois, este número saltou para 427 mil. Por fim, com uma frequência menor de atualização, o Instagram da Chape saiu de 51 mil para 803 mil fãs, agora em quarto lugar entre os clubes do Brasil. O vídeo de agradecimento divulgado na rede já passou de 2.6 milhões de visualizações.

Mas o que são números, crescimento e popularidade se isso não reverter em receita, que será fundamental na futura reestruturação da equipe? Diante dos dados e informações que divulgamos com exclusividade, abre-se uma excelente oportunidade para criar uma categoria de associação internacional, não?

Faça parte da campanha que o MKTEsportivo criou desde o ocorrido e SEJA SÓCIO-TORCEDOR DA CHAPE!

Fonte: MKT Esportivo

0 comentários :

Postar um comentário