Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Com mais ativação, futebol recebe novos patrocinadores

Temporada teve a entrada de marcas diferentes no mercado esportivo

Os últimos anos têm sido dominados por algumas empresas entre os principais patrocinadores do futebol brasileiro. Simbolizado pela Caixa, que mantém a marca na maioria dos times da Série A, o período também contou com empresas ‘mecenas’, que injetaram valores fora do mercado em alguns times. Mas, se o máster tem sido bloqueado, houve uma abertura natural para novas empresas.
O Santos, por exemplo, renovou com a Algar por dois anos. Longe dos grandes contratos que envolvem um máster, a empresa entrou no esporte recentemente, com um plano de ativação que abraçou de camarote na Vila Belmiro à palestra do técnico Dorival.
“O patrocínio ao Santos é nossa primeira experiência em esporte e estamos muito satisfeitos. Para 2017, ainda não planejamos nenhuma ação específica. Mas o pessoal do Santos é muito flexível, e essas ações vão sendo combinadas ao longo do ano”, explicou Eliane Garcia, vice-presidente de governança corporativa e marca do Grupo Algar, à Máquina do Esporte.
A Algar está longe de ser um caso isolado. O São Paulo é mais uma fonte de exemplos. O clube apresentou recentemente a Urbano, que se juntará a marcas como Joli e Poty. Em comum, o pacote de ativação que envolve camarote de Morumbi e um intenso uso das redes sociais do time, uma propriedade que já havia sido vendida para outros patrocinadores da equipe paulista, como Gatorade e Copa Airlines.
O alcance das redes sociais foi o grande atrativo para a entrada do Ifood no futebol, mas nesse caso com o Flamengo. A companhia entrou no meio do ano de forma pontual, com ativações no meio online. O resultado foi satisfoatório, e a compahia acabou estendendo o contrato até o fim deste ano.
Por vezes, a ativação envolveu uma troca de expertise comercial, como acontece em diversos patrocínios no futebol europeu. Com esse intuito, a Cercred chegou ao Botafogo em 2016. A marca fez telemarketing direto com os 40 mil torcedores registrados no programa de sócio-torcedor do clube carioca.
Durante esta temporada, teve até empresa que ficou sem exposição no uniforme, mas que ofereceu alto investimento por um pacote de ativação. Foi o caso da Estrella Galicia com o Corinthians, que tem usado desde as redes sociais até ações com o público presente em partidas na Arena Corinthians para se aproximar de novos consumidores.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/com-mais-ativacao-futebol-recebe-novos-patrocinadores_31700.html#ixzz4U82mlb9M

0 comentários :

Postar um comentário