Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Caixa negocia para ter 17 times da Série A do Brasileirão

Ponte Preta foi consultada pela companhia estatal e poderá ser mais um time com o patrocínio da companhia

O Brasileirão 2017 poderá ter 100% dos times patrocinados por entidades financeiras. E a Caixa, maior patrocinadora do futebol brasileiro, poderá ser responsável pelo aporte máster de 17 equipes que disputarão o torneio.
A novidade na seleção de times é a Ponte Preta. Oficialmente, nem o clube e nem a empresa comentam as negociações vigentes. No entanto, segundo a Máquina do Esporte apurou, a Caixa fez uma consulta ao time de Campinas para assumir seu principal patrocínio.
Atualmente, a Ponte Preta conta com o aporte da Brasil Kirin até 2018. A possível proposta da Caixa deve ser financeiramente superior. Com boa relação com sua parceira máster, a diretoria do clube estuda negociar uma diminuição no aporte da empresa de bebidas para ter a estatal estampada no peito do uniforme.
Caso as negociações se concretizem, a Caixa deverá chegar aos 17 times. Até o fim de 2016, a companhia mantinha contrato com 13 times da Série A. O Figueirense caiu para Série B, mas as quatro equipes que subiram de divisão mantinham acordo com a companhia: Atlético Goianiense, Avaí, Bahia e Vasco.
A maior tendência neste momento é que a Caixa renove com todos. A companhia já declarou, ainda em 2016, que o investimento no futebol deverá crescer. Basicamente, indicou contratos maiores para Santos, Fluminense e Botafogo, que levaram a marca no uniforme de forma pontual na última temporada.
Alguns clubes já até sinalizaram que a renovação está em andamento. Segundo o Portal Uol, o Cruzeiro é um dos exemplos. O time mineiro tentou uma valorização no contrato em vigor, mas não obteve sucesso. Ainda assim, deverá aceitar um novo acordo de R$ 12,5 milhões para ter, por mais uma temporada, a Caixa no principal espaço da camisa.
Os únicos três times que não ficarão com a Caixa na camisa já têm parceiros no segmento financeiro. O Palmeiras provavelmente renovará com a Crefisa, o Grêmio mantém acordo com o Banrisul, outro banco estatal. Já o São Paulo apresentou o Banco Intermedium, que terá a marca nas costas da camisa.
A última vez que uma empresa teve um domínio tão grande na principal divisão do Campeonato Brasileiro foi em 1987, durante a Copa União. A Coca-Cola patrocinou o torneio e expos a marca em todas as equipes que não tinham um patrocínio máster. Na época, apenas Corinthians, Palmeiras e Flamengo ficaram sem o aporte da companhia de bebidas.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/caixa-negocia-para-ter-17-times-da-serie-do-brasileirao_31758.html#ixzz4UzNe0HbK

0 comentários :

Postar um comentário