Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Clubes voltam a impulsionar sócio-torcedor em início de temporada

Com expectativa de Libertadores, Grêmio, Flamengo e Atlético-MG foram programas que mais cresceram

Os programas de sócio-torcedor voltaram a ganhar protagonismo no marketing dos principais clubes brasileiros. E há um motivo claro: independente do momento vivido em campo, o fim de 2016 e a entrada de 2017 representaram alta entre os novos associados dos times.
O futebol, claro, ainda pesa. Os três times que mais ganharam sócios neste início de ano, segundo o Movimento por um Futebol Melhor, estão na Copa Libertadores: Grêmio, Flamengo e Atlético Mineiro. Mas o campo não falou sozinho. Duas dessas equipes tiveram apostas clara pela comunicação de seus programas.
O Flamengo, por exemplo, anunciou na quarta-feira (11) que ganhou 500 sócios nos primeiros dias de janeiro, e que a maioria das associações vieram após o anúncio da contratação do argentino Darío Conca.
O próprio anúncio do jogador foi uma campanha para o programa do time. Os membros do plano “+Paixão”, o mais caro do clube, receberam a notícia em primeira mão por meio de uma mensagem pelo celular. Depois, foram enviados e-mails para todos os sócios com a confirmação da contratação.
O clube carioca chegou a 76 mil sócios, o recorde da diretoria flamenguista. O número se deve muito à reta final do Campeonato Brasileiro e ao retorno ao estádio do Maracanã, que esteve ausente durante a última temporada.
Outra equipe que anunciou campanha para sócios foi o Grê- mio. Nesse caso, a estratégia foi mais tradicional, com um vídeo comercial e peças que serão divulgadas na mídia eletrônica e impressa, além dos canais oficiais do time.
A equipe gaúcha ganhou 20 mil novos sócios desde o jogo da semifinal da Copa do Brasil, e quer manter a boa fase até a Libertadores. Em 2016, o período anterior à competição sul- -americana também foi proveitoso: foram 9 mil adesões.
Há outros clubes que têm ganhado sócios, mesmo com fase complicada. O caso mais notório é do São Paulo, que fez temporada sem nenhum destaque em 2016, mas, mesmo assim, ganhou 30 mil associados durante o último ano. Não houve uma campanha de destaque nesse caso; o time já vinha ganhando sócios desde 2015, quando reformulou seu programa.
O Corinthians, que também fez campanha medíocre em 2016, foi o quinto time que mais ganhou sócios neste ano, atrás do Bahia, recém-promovido à Série A.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/clubes-voltam-impulsionar-socio-torcedor-em-inicio-de-temporada_31797.html#ixzz4Vefl0S9X

0 comentários :

Postar um comentário