Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Após Palmeiras, Allianz assegura naming rights de estádio da Juventus

Seguradora, dona de mesma propriedade em estádio do Palmeiras, assegura nome de arena italiana até 2023

Dona dos naming rights do estádio do Palmeiras, Allianz formalizou mais um contrato para nomear um estádio no mundo. A seguradora adiquiriu a propriedade no estádio da Juventus, finalista da Liga dos Campeões, até 2022/2023.
Os valores do acordo não foram divulgados, mas especula-se que sejam em torno de € 10 milhões (R$ 36,22 milhões) por ano. O contrato foi intermediado pela Lagardère Sports.
“A entrada de um gigante da indústria de seguros como a Allianz é mais uma amostra de como a Juvnetus é realmente está em primeiro nível internacional. Isso enriquece ainda mais um lugar que tem ajudado a escrever a história da Juventus desde a sua inauguração, em 2011”, afirmou Giorgio Ricci, diretor de negócios e alianças globais do clube italiano.
“Nosso objetivo é desenvolver com a Allianz uma série de colaborações para o benefício de nosso público”, acrescentou.
Além dos naming rights, o contrato inclui outros ativos publicitários importantes, como a presença do logotipo da empresa em duas das fachadas do estádio, assim como a entrada principal reservada para os clientes da seguradora na área VIP. A companhia também assegurou a presença de sua marca em várias zonas no interior da arena.
A Allianz se soma a outras empresas que já possuem acordos com a Juventus. É o caso de Adidas (fornecedora de material esportivo), Jeep (patrocínio máster), além de Randstad, Samsung, TIM e Goodyear.
Com o estádio da Juventus, a Allianz atinge o sétimo acordo de naming rights. O maior contrato é na Allianz Arena com o Bayern de Munique. Na operação, a empresa também se converteu em acionista do pentacampeão da Bundesliga.
Além das arenas de Palmeiras, Juventus e Bayern de Munique, a marca também dá nome aos estádios do Nice, terceiro colocado do último Campeonato Francês e com vaga assegurada na Liga dos Campeões 2017/2018, Rapid Viena, além da mesma propriedade em Sydney e Londres.
Segundo relatório da Uefa, até meados do ano passado, havia 115 estádios de futebol na Europa com acordos de cessão de nome a empresas. Além deles, há ainda mais 80 instalações esportivas de outras modalidades. Desses, apenas 3% estão nas mãos de multinacionais com os naming rights de mais de um espaço no continente.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/apos-palmeiras-allianz-assegura-naming-rights-de-estadio-da-juventus_32600.html#ixzz4isVvJKNz

0 comentários :

Postar um comentário