Cabeçalho

Logotipo

segunda-feira, 24 de julho de 2017

KENEDY, CHINA E A DELICADA RELAÇÃO ENTRE JOGADORES E REDES SOCIAIS

Chelsea foi obrigado a emitir um comunicado em inglês e mandarim se desculpando por post do lateral Kenedy


Chelsea passou por uma saia justa em sua pré-temporada pela China. Através do seu perfil no Instagram, o lateral brasileiro Kenedy fez uma postagem onde brincou com o fato de um guarda local estar dormindo durante o seu horário de serviço. A repercussão do post foi imediata e obrigou o Chelsea emitir um comunicado oficial em inglês e mandarim pedindo desculpas ao povo local. Confira:

Em 22 de julho, o Chelsea Football Club experimentou o calor e simpatia dos fãs chineses no Estádio Nacional. Mas fomos surpreendidos e ficamos desapontados que, na véspera da partida, um de nossos jovens jogadores, Kenedy, postou mensagens em sua conta de rede social que causou grande ofensa e machucou os sentimentos do povo chinês. Infelizmente, mesmo que ele tenha rapidamente apagado as mensagens e se desculpado, e o clube tenha se desculpado pelas redes sociais chinesas, o dano tinha sido feito. O Chelsea Football Club mais uma vez pede solenemente e sinceramente desculpas. As ações do Kenedy foram um erro, do qual ele vai tirar uma grande lição. O comportamento dele não representa o time inteiro e não se alinha com as altas expectativas e requisitos rigorosos com nossos jovens jogadores. Ele foi fortemente repreendido e punido.

Na partida contra o Arsenal, no Ninho de Pássaro, o lateral brasileiro foi vaiado pelos torcedores enquanto esteve em campo, reflexo do conteúdo que ele gerou e que já havia tomado o noticiário esportivo.


A relação entre esportistas e redes sociais segue muito delicada, ainda mais durante os períodos de pré-temporada onde é normal que os clubes desembarquem em países onde a cultura é muito diferente. Como consequência, os atletas utilizam ainda mais seus perfis por ser um período marcado por descontração e lazer.

Por outro lado, trata-se de um gigante do futebol, que conta com milhares de fãs espalhados pelo mundo, principalmente na Ásia, e parceiros comerciais que esperam ansiosamente pelos tours para ações de relacionamento. Uma simples postagem pode acarretar sérios danos à imagem do clube, que como consequência, pode acarretar a perda de um patrocinador. O próprio Chelsea conta com um patrocinador máster japonês, que coloca o clube com um dos uniformes mais valiosos do mundo.

Por se tratar de um jovem atleta e que debuta no futebol europeu, talvez sem ainda ter a noção do peso da camisa que veste, certamente ignorou a cartilha que o Chelsea oferece aos seus atletas sobre o uso consciente das redes sociais. A partir de agora, com uma (possível) mudança de conduta por parte de Kenedy, diminui-se a chance que fatos como este voltem a ocorrer durante um período marcado por relacionamento com fãs e patrocinadores locais.

Fonte: MKT Esportivo

0 comentários :

Postar um comentário