Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Centauro fecha com Barcelona por exclusividade de produtos

Lojas terão área dedicada a artigos do time espanhol

A Centauro fechou um contrato exclusivo com o Barcelona para produzir e comercializar produtos licenciados do time catalão. Junto com os materiais da Nike, a rede brasileira poderá funcionar na prática como loja oficial do time no país, inclusive com a chancela de ‘parceira oficial’ da equipe.
Para a empresa, a licença garantirá direitos sobre uma das equipes que mais vendem nas lojas da Centauro. Precisamente, a terceira com mais apelo. Na rede, apenas Corinthians e Flamengo conseguem gerar mais vendas que a equipe catalã. Entre todas as agremiações estrangeiras de futebol, os espanhóis são responsáveis por 33% das comercializações.
O diretor de futebol da Centauro, Diego Freitas, explicou à Máquina do Esporte como funcionará na prática a parceria. “Fazemos o desenvolvimento da coleção e, então, ela passa pela validação do Barcelona, com os ajustes do clube. Para produzir, teremos fornecedores homologados, para que se mantenha o controle de qualidade dos produtos”, afirmou.
Com o acordo, a Centauro assume um papel que era desempenhado pela C&A até este mês. A empresa tinha os direitos de comercializar produtos licenciados do time, com a diferença que não havia a comercialização dos artigos da Nike.
Unidos licenciados próprios e da fornecedora de material esportivo, a Centauro deverá fazer um canto das lojas focado no time espanhol, como se fosse de fato uma loja oficial do Barcelona. Além disso, para promover a parceria, haverá campanhas publicitárias e até a contratação de jogador para ser o embaixador da iniciativa. O nome ainda não foi revelado.
Por outro lado, a Centauro poderá ganhar um problema nos próximos dias: a saída de Neymar para o Paris Saint-Germain. Caso a transação seja concretizada, um pilar significativo do apelo do Barcelona ao público brasileiro acabaria. Mas a situação não chega a preocupar os executivos da rede.
“Se falar que Neymar não influencia nas vendas, estaria mentindo. Mas em um horizonte mais longo, o Barcelona é mais forte que seus jogadores”, cravou Freitas, que também lembrou a força de venda do argentino Lionel Messi. 
O próximo passo da Centauro agora é replicar o mesmo modelo de negócios a outros clubes europeus. Com mais apelo, o Barcelona foi o primeiro, mas o plano é ter um grupo de equipes parceiras das lojas de artigos esportivos.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/centauro-fecha-com-barcelona-por-exclusividade-de-produtos_32930.html#ixzz4ocdvlQaK

0 comentários :

Postar um comentário