Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Corinthians foca parcerias para não depender de camisa

Time ainda não fechou máster, mas tem lançado novas iniciativas

Sem um patrocínio máster desde abril, o Corinthians tem pensado em alternativas para faturar mais. Nas próximas semanas, o time deve anunciar parceria com uma corretora de seguros, que deverá oferecer produtos específicos para os torcedores.
“Nossa preocupação, no marketing, é tirar a dependência da camisa. Isso vai ser cada vez mais difícil de vender em um clube de futebol. Mas tem outras alternativas. Nós temos lançado bastante coisa ultimamente para tentar diminuir essa dependência do dinheiro que vem do patrocínio”, comentou o diretor de marketing do Corinthians, Fernando Sales, em conversa com a Máquina do Esporte.
A corretora de seguros deverá entrar na plataforma digital que o clube lançará também nas próximas semanas. O plano é unir toda a audiência de redes sociais e site oficial em um único espaço, em que a comunicação do clube terá acesso ao máximo de informação de cada torcedor. Com esses dados, a corretora poderá oferecer produtos de seguro conforme o interesse dela.
“Com a plataforma, eu vou conseguir desenvolver produtos específicos para cada grupo de torcedores. Isso é novo, nunca foi feito no Brasil e nem com um clube de futebol. E tem um potencial grande de receita”, explicou Sales.
A plataforma online será uma das possibilidades de maior arrecadação que o clube mira para os próximos meses. Nas últimas semanas, outras duas parcerias foram anunciadas pelo Corinthians, ambas com modelos de negócio distantes de um patrocínio convencional.
A Smartimão é uma operadora de celular com o nome do time, que usa a estrutura da Vivo e tem planos específicos para os torcedores. Outra novidade foi a Fielzinha, uma máquina de pagamentos de cartões de crédito e débito licenciada. Nos dois casos, o Corinthians ganha por venda, como sócio da iniciativa.
As novas frentes de negócio do time, no entanto, não excluem as negociações pela camisa. Neste ano, o clube já apresentou parceiros como Foxlux, Alcatel e Universidade Brasil, que apostaram em propriedades menores da camisa do time.
Quanto ao patrocínio máster, a diretoria de marketing do clube está otimista. Segundo Fernando Sales, são duas negociações em andamento. Uma delas, caso se concretize, poderá ser anunciada nos próximos dias.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/corinthians-foca-parcerias-para-nao-depender-de-camisa_33105.html#ixzz4rR6EVb7o

0 comentários :

Postar um comentário