Cabeçalho

Logotipo

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Esporte Interativo faz parceria no streaming com Facebook

Canal fechado exibe jogos do Campeonato Brasileiro de Aspirantes através da rede social

O Facebook fez uma parceria com o Esporte Interativo para a transmissão do Campeonato Brasileiro de Aspirantes, competição com chancela oficial da CBF, que acaba de começar.
O torneio, com a participação de dez clubes, conta com jogadores sub-23. São admitidos quatro atletas acima dessa faixa etária, incluindo o goleiro, em modelo parecido ao de seleções olímpicas. Para o elenco profissional, a competição pode servir para dar ritmo de jogo a atletas pouco aproveitados ou que estejam retornando de lesão.
Participam da disputa, no Grupo A: Coritiba, Cruzeiro, Figueirense, Internacional e São Paulo. Na Chave B estão Atlético-MG, Atlético-PR, Botafogo, Grêmio e Santos. Os dois melhores classificados de cada grupo avançam às semifinais, disputadas em sistema de mata-mata até a decisão.
O canal fechado irá exibir todos os jogos ao vivo, mas com a transmissão via streaming, os clubes ganham visibilidade internacional para apresentar seus novos talentos ao mercado externo.
Serão 30 jogos exibidos ao vivo na página do Esporte Interativo no Facebook ao longo do torneio. Além das partidas, o público contará com conteúdos exclusivos, como depoimentos de jogadores revelados pelo campeonato, destaques dos jogos, melhores momentos dos confrontos e bastidores ao vivo pela rede social.
Também haverá o uso da ferramenta Live With, recurso que permite convidar uma pessoa para participar da transmissão ao vivo, mesmo que ela não esteja no mesmo local. Os torcedores também poderão votar pelo Facebook no melhor jogador da competição a partir de gifs de atletas.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/esporte-interativo-faz-parceria-no-streaming-com-facebook_33409.html#ixzz4x0lmuwSx

CBF ignora agência para fechar com Globo até 2022

Concorrência realizada pela Synergy há dois meses terminou sem vencedor

No fim de agosto deste ano, a CBF anunciou oficialmente um contrato com a agência Synergy Football AG, com o objetivo de maximizar os contratos de direitos de transmissão que envolvem os amistosos da seleção brasileira e os jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Dois meses depois, a entidade passou por cima da parceira para assinar um acordo com a Globo.
O novo contrato entre Globo e CBF foi anunciado na última sexta-feira (27), sem nenhuma citação à Synergy por ambas as partes. A Máquina do Esporte apurou que a agência não esteve envolvida na negociação, que foi realizada diretamente entre o grupo de comunicação e a Confederação Brasileira de Futebol, assim como acontecia nos anos anteriores.
A negociação feita pela agência, há um mês, fracassou. Com pedido de US$ 3,5 milhões por cada partida, não houve proposta para a televisão aberta. A concorrência realizada pela CBF e pela Synergy terminou, então, sem vencedor na principal propriedade oferecida ao mercado nacional.
Na ocasião, o único acordo que conseguiu sair do papel foi para o streaming. Nesse caso, as partidas foram oferecidas a US$ 500 mil, e o próprio Grupo Globo foi anunciado como vencedor da disputa. Segundo informações de bastidores, foi justamente o preço elevado que afastou as emissoras de um contrato de televisão naquele momento.
Agora, a Globo garante a manutenção de exclusividade com o time nacional, tanto para a emissora aberta, com a própria Rede Globo, quanto para a televisão fechada, com o Sportv, e para o pay per view das partidas da seleção.
Os valores da negociação não foram divulgados. O acordo abrange as nove partidas que a seleção brasileira fará como mandante nas Eliminatórias para a Copa do Mundo quanto para os 28 amistosos que serão realizados nos próximos anos. O acordo é válido até dezembro de 2022, após a Copa do Qatar.
Com o contrato assinado, a Globo já garante os dois amistosos que serão realizados ainda neste ano. O time de Tite irá enfrentar o Japão e a Inglaterra, como preparação para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.
Neste ano, a CBF não teve contrato para os amistosos. Nas partidas, que incluiu um clássico contra a Argentina, o sinal foi liberado para emissoras públicas, além de streaming nas redes sociais da entidade e de dois patrocinadores, a Vivo e o Itaú.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/cbf-ignora-agencia-para-fechar-com-globo-ate-2022_33411.html#ixzz4x0lathdT

Fifa investe nos eSports e lança novo jogo em parceria com EA Sports

Campeonato será disputado de novembro até agosto do ano que vem

Não é novidade para ninguém que os eSports ganham cada vez mais espaço no mundo mergulhado em tecnologia de hoje em dia. Muitos clubes considerados gigantes do futebol mundial já assinaram compromissos com os esportes eletrônicos. Como consequência, a Fifa decidiu investir de vez no que enxerga como uma boa possibilidade de retorno de mídia e de patrocinadores com o tempo.
A entidade que comanda o futebol mundial vai transformar seu antigo “Fifa Interactive World Cup” em um jogo mundial que será disputado a partir de novembro e terá as finais apenas em julho de 2018, valendo vaga para o torneio decisivo em agosto. Para isso, contará com o apoio e o suporte do setor de esportes de sua parceira, a desenvolvedora e distribuidora de jogos eletrônicos Electronic Arts (EA).
De acordo com o site da Fifa, o “Road to the Fifa World Cup” abrange o novo “Fifa Global Series 18”, torneio oficial de qualificação para o evento principal, o “Fifa World Cup 18 Grand Final”. As finais serão disputadas por 64 jogadores do PlayStation 4 e outros 64 do Xbox One, por meio do modo Ultimate Team, totalizando 128 jogadores.
“De acordo com a visão da Fifa, estamos satisfeitos em expandir nosso compromisso com o eSports. Este novo torneio atrairá mais fãs de futebol ao redor do mundo e inspirará sonhos, paixões e performances”, disse o diretor comercial da Fifa, Philippe Le Floc'h.
“Estamos acelerando com o crescimento de jogos competitivos através do EA Sports Fifa Global Series 18, atraindo mais jogadores e nos conectando com mais fãs do que nunca”, revelou Todd Sitrin, vice-presidente e gerente geral da divisão de esportes da EA.
Os 32 melhores jogadores do mundo que sobreviverem às finais em julho de 2018 terão a oportunidade de disputar, no mês seguinte, o “Fifa World Cup 18 Grand Final”. Daí sairá o grande campeão do mundo da Fifa nos eSports.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/fifa-investe-nos-esports-e-lanca-novo-jogo-em-parceria-com-ea-sports_33407.html#ixzz4x0lEiAt6

James Rodriguez vira porta de entrada da Bundesliga na Colômbia

Liga de futebol alemã assinou acordo de cooperação com liga colombiana

A Bundesliga quer abrir um mercado que nem imaginava há bem pouco tempo. A Liga de Futebol Alemã (DFL) assinou um acordo de cooperação com a División Mayor del Fútbol Colombiano (DIMAYOR) para iniciativas conjuntas nas áreas de esporte, gestão e marketing. E tudo isso tem um culpado: James Rodriguez.
O craque colombiano, artilheiro da última Copa do Mundo, realizada no Brasil, em 2014, foi emprestado pelo Real Madrid, onde vinha sendo pouco aproveitado, e desembarcou no Bayern de Munique. A chegada do jogador, seu status no futebol mundial e a aceitação por parte da torcida e da imprensa, de um modo geral, fez com que os homens que pensam o futebol alemão tivessem a ideia de abrir caminho no mercado colombiano.
Dessa forma, uma parceria até pouco tempo nem imaginada tornou-se realidade em questão de dias. Nesta quinta-feira (26), durante uma visita de representantes da DIMAYOR e de dez clubes colombianos a Frankfurt, o presidente da DFL, Christian Seifert, e o presidente da DIMAYOR, Jorge Fernando Perdomo, assinaram o acordo. Tudo para aproveitar o “efeito James Rodriguez” ao máximo e o mais rápido possível.
Neste sábado (28), os representantes colombianos ainda terão a oportunidade de visitar o novo centro de treinamento e desempenho do Bayern de Munique, além do estádio do clube, a Allianz Arena, para acompanhar a partida entre os donos da casa, com James Rodriguez em campo, e o RB Leipzig, pela 10a rodada da Bundesliga.
No domingo (29), ainda haverá tempo para uma visita ao centro de treinamento do Stuttgart, seguido do estádio do clube, a Mercedes-Benz Arena. Lá, os colombianos vão assistir a mais uma partida da Bundesliga, entre os donos da casa e o Freiburg.
De acordo com o site oficial da DFL, uma das primeiras ações da parceria em território colombiano será a visita de Lothar Matthäus, lenda do futebol alemão e capitão da seleção campeã na Copa do Mundo de 1990, a Bogotá, capital do país sul-americano, no final de novembro. A visita fará parte do “Bundesliga Legends Tour”, estratégia já utilizada diversas vezes pelo futebol alemão para expandir mercados ao redor do mundo.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/james-rodriguez-vira-porta-de-entrada-da-bundesliga-na-colombia_33406.html#ixzz4x0l4qvbc

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Após anunciar centro de experiência, Real Madrid terá escritório na China

Gigante espanhol quer expandir presença cada vez mais no continente asiático

Após divulgar a construção de um centro de experiência de futebol na China há um mês e meio, o Real Madrid anunciou que, em breve, terá também um escritório no país asiático. As informações são do site de notícias chinês Yutang Sports.
A notícia veio à tona em um evento promocional promovido pelo clube espanhol em Pequim, capital do país e onde ficará o escritório. Nele, José Ángel Sánchez, diretor geral do Real Madrid, falou sobre a estratégia dos madrilenhos para expandir sua presença no continente asiático.
Segundo o Yutang Sports, o Real Madrid pretende crescer na Ásia por meio de vendas de mercadorias, organização de eventos de entretenimento, criação de parcerias com marcas e promoção do conteúdo do site e redes sociais do clube.
“Dos 600 milhões de fãs do clube em todo o mundo, 44% estão localizados na Ásia”, afirmou um empolgado Sánchez.
“A China significa muito para nós. Jogamos aqui muitas vezes e sentimos o calor dos fãs chineses. 100 milhões de pessoas seguem o Real Madrid aqui, um número muito significativo, então, logicamente, devemos estabelecer um relacionamento cada vez mais fluido e rico com eles”, acrescentou Emilio Butragueño, ex-jogador e atual diretor de relações institucionais do Real Madrid.
“O significado do Real Madrid neste esporte é gigantesco. O clube tem um número enorme de fãs em todo o mundo e todos estão sempre prestando muita atenção em nós”, concluiu a principal estrela do time, o português Cristiano Ronaldo, que acabou de ganhar pela quinta vez o título de melhor jogador do mundo.
Em meados de setembro, o clube espanhol já havia anunciado um acordo com o conglomerado chinês Lai Sun Group para a construção de um centro interativo de experiências de futebol em Zhulai, cidade com mais de 1,5 milhão de habitantes, localizada na província de Guangdong.
De acordo com o Lai Sun Group, o projeto, chamado de Novotown, deverá estar em funcionamento em 2021 e apresentará um verdadeiro museu da história do Real Madrid. Tecnologias de realidade virtual e realidade aumentada serão utilizadas para criar experiências de futebol em que o público será mergulhado de cabeça, incluindo treinamentos personalizados.
Com a maior população mundial e uma economia que não para de crescer, a China tem se tornado alvo das maiores instituições relacionadas ao esporte nos últimos anos. Nike, NFL, NBA, Bayern de Munique, Milan, Arsenal, Chelsea, Liverpool e o próprio Real Madrid, só para citar alguns, já fazem ações de olho no exponencial mercado chinês.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/apos-anunciar-centro-de-experiencia-real-madrid-tera-escritorio-na-china_33405.html#ixzz4wiH26CVJ

Odebrecht e Maracanã deverão rescindir contrato na próxima semana

Governo do Estado quer nova concessionária já em 2018

O relacionamento entre Odebrecht e Maracanã deverá ser definitivamente encerrado na próxima semana. Segundo informações levantadas pelo blog ‘De Primeira’, do Uol, a construtora e o Governo do Estado do Rio de Janeiro deverão assinar o distrato de concessão, o que encerraria a parceria com a companhia.
Caso seja confirmada a informação, haveria em seguida um novo processo de licitação para a administração da arena. Caso o Governo do Estado não adiante a negociação pública por um novo parceiro, a Odebrecht entregaria o estádio da mesma maneira. Nesse caso, a arena ficaria nas mãos do governo mais uma vez.
Recentemente, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, prometeu que a nova licitação para a gestão do estádio sairia ainda neste ano. A promessa de adiantamento do processo, no entanto, já havia sido feita pelo Estado em outras oportunidades. O plano do governo é ter uma nova empresa no comando do local já em 2018.
A falta de definição do Estado passa pela dificuldade em encontrar um interessado na gestão da arena. No início deste ano, a agência francesa Lagardère chegou a ficar próxima de um acordo, mas acabou desistindo dos termos impostos e não entrou em concorrência pela administração do Maracanã.
Quem assumir o estádio deverá lidar com diversos problemas. A Odebrecht calcula prejuízo de R$ 200 milhões durante os anos em que esteve com a gestão do local. Para piorar, a nova concessionária terá que conviver com a pressão dos dois clubes que usam o Maracanã; Flamengo e Fluminense apresentaram recentemente projetos para terem o próprio estádio.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/odebrecht-e-maracana-deverao-rescindir-contrato-na-proxima-semana_33401.html#ixzz4wiGoEZbC

Fluminense faz parceria com IAG, Escola de Negócios da PUC-Rio

Sócios do clube terão descontos e outros benefícios em curso de esporte

O Fluminense fechou parceria com o IAG, Escola de Negócios da PUC-Rio. Segundo o acordo, os sócios do tricolor carioca terão descontos e outros benefícios no Curso de Formação em Gestão de Entretenimento e Marketing no Esporte, oferecido pela instituição de ensino.
De acordo com a assessoria do IAG, a iniciativa tem o objetivo de capacitar gestores e ajudar na evolução do esporte brasileiro como produto de entretenimento e instrumento de marketing. Serão oferecidos descontos para sócios-torcedores, sócios sociais e funcionários do Fluminense, tanto no curso em si, como em outros cursos de MBA do IAG. Um profissional do clube ainda será contemplado com uma bolsa integral.
A parceria prevê que a direção do Fluminense apresente uma situação real para ser discutida pelos inscritos no curso. Além disso, os alunos participarão de uma visita guiada para conhecer e entender toda a operação feita em um dia de jogo do clube carioca, chamada de “match day”. Por último, os estudantes ainda vão acompanhar o trabalho da área de marketing do Fluminense durante uma semana. Tudo isso será registrado pela Flu TV.
“Como ex-aluno do IAG, Escola de Negócios da PUC-Rio, sei que é o melhor parceiro que poderíamos encontrar no Rio de Janeiro dentro da área de marketing e administração esportiva. Nesse momento em que o clube se profissionaliza, queremos atrair talentos de fora para nossa equipe, mas também reciclar e melhorar quem já está aqui. Assim, o clube será cada vez melhor para atletas, treinadores, sócios e a torcida”, afirmou Marcus Vinicius Freire, diretor executivo geral do Fluminense.
“Iniciativas como essa são muito ricas para os alunos, porque unem a teoria à prática através de situações reais do mercado esportivo”, comentou o professor Luiz Paulo Moura, coordenador do curso.
O Curso de Formação em Gestão de Entretenimento e Marketing no Esporte teve início no último sábado, dia 21 de outubro, mas permanece com as inscrições abertas no site https://iag.puc-rio.br/pt/curso/gestao-de-entretenimento-e-marketing-no-esporte/.
As aulas são aos sábados, das 8h às 14h30, no IAG, que fica na Rua Marquês de São Vicente, 225, na Gávea. A carga horária é de 180 horas, além de visitas externas e palestras. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 2544-6203.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/fluminense-faz-parceria-com-iag-escola-de-negocios-da-puc-rio_33395.html#ixzz4wiGbVdqC

Internacional lança plataforma própria de streaming

Clube recorreu a uma nova parceria, com a Mediastream Brasil

O Internacional anunciou na quarta-feira (25) o lançamento de uma plataforma própria de conteúdo on-line, com eventos ao vivo e sob demanda. A nova ferramenta, lançada em parceria com a Mediastream Brasil, se chamará Interplay.
A plataforma colorada colocará à disposição dos torcedores “amistosos do time profissional, jogos das equipes sub-23 e sub-20, futebol feminino e programas exclusivos com jogos e gols, atuais e históricos”. Os torcedores do clube gaúcho deverão ter acesso à Interplay nos próximos meses.
Por enquanto, o clube e a empresa não divulgaram como serão os serviços na prática, como os torcedores terão acesso ao conteúdo disponível na internet. Em outros clientes, a Mediastream Brasil cria uma plataforma exclusiva para a marca interessada em transmissões ao vivo pelo meio digital.
A companhia é especializada em streaming e atua na América Latina e nos Estados Unidos. A Mediastream trabalha com conteúdo diverso, mas tem como uma das especialidades o esporte, especialmente transmissões ligadas ao futebol.
Com a iniciativa, o Internacional dá tons mais profissionais às transmissões on-line que os clubes brasileiros têm implementado nos últimos meses. No futebol brasileiro e mundial, tem sido recorrente o uso da tecnologia para exibir partidas e treinos que não têm mídia disponível.
Globalmente, algumas equipes têm se aproximado de grandes marcas do segmento para apresentar conteúdo sob demanda. A Juventus, da Itália, é um exemplo: o clube assinou um acordo com a Netflix. Na Inglaterra, existem rumores de negociação entre Manchester City e Amazon Prime Video para um contrato no mesmo formato.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/internacional-lanca-plataforma-propria-de-streaming_33392.html#ixzz4wiGMBMGQ

Mineirão anuncia patrocínio de ‘sector right’ do aplicativo 99Pop

Empresa ainda terá camarotes e mídia no estádio de Belo Horizonte

O Mineirão anunciou um novo patrocínio na quarta-feira: a administração do estádio fechou com o aplicativo de transporte 99Pop. O objetivo principal do acordo é fornecer um maior conforto aos torcedores que forem ao estádio por táxis ou carros disponíveis no programa.
Com o acordo, o Mineirão passará a contar com bolsões de estacionamento para carros registrados no aplicativo. Eles servirão de apoio aos motoristas credenciados e facilitarão a saída dos torcedores da arena de Belo Horizonte.
Um acordo abrange a propriedade de ‘sector right’, o direito a nomear um dos setores do estádio. Além disso, a empresa fechou com 20 camarotes do estádio, que deverão ser usados para relacionamentos com clientes, motoristas e parceiros da companhia.
A 99Pop também promete uma série de ações para os torcedores presentes no estádio. Uma das ativações será a distribuição de códigos promocionais ao longo dos eventos realizados na arena mineira. Para comunicar o patrocínio, a companhia também comprou uma série de propriedade de mídia no local.
“A parceria do Mineirão com a 99 é mais uma maneira de proporcionar comodidade aos seus frequentadores. Entendemos que o público está cada vez mais exigente, buscando novidades, conforto, diversão e entretenimento. Por isso, estamos sempre em busca de inovações e possibilidades que façam dos momentos vividos no estádio lembranças especiais e inesquecíveis”, comentou o diretor comercial do Mineirão, Samuel Lloyd.
Com o acordo com o Mineirão, a 99Pop volta a ter um grande contrato no futebol. Em 2015, a companhia fechou com uma série de times brasileiros, e depois se retirou. Curiosamente, recentemente Cruzeiro e Atlético Mineiro fecharam com a principal concorrente da empresa, a Uber.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/mineirao-anuncia-patrocinio-de-sector-right-do-aplicativo-99pop_33391.html#ixzz4wiGF0M5S

PALMEIRAS AMPLIA APLICATIVO E OFERECE FERRAMENTA DE REALIDADE AUMENTADA

Novidade atuará como um pilar fundamental de aproximação entre a torcida e a equipe Alviverde


Ampliando as funcionalidades do seu aplicativo oficial, o Palmeiras agora abre a possibilidade dos torcedores tirarem fotos com taças conquistadas pelo clube e com jogadores do atual elenco, tudo isso graças à tecnologia de realidade aumentada. Esta ferramenta, inédita entre apps de clubes, atuará como um pilar fundamental de aproximação entre a torcida e a equipe Alviverde.

Entre as atuais opções, está uma fotografia com a taça do Campeonato Brasileiro de 2016 e com o capitão Dudu. Em breve, haverá a possibilidade de figurar ao lado do troféu da Copa do Brasil de 2015 e de Zé Roberto. De acordo com o Palmeiras, semanalmente uma nova conquista e um atleta serão incorporados ao aplicativo.

Aos interessados, é necessário baixar o aplicativo, acessar o menu e clicar no item “Realidade Aumentada”. Após isso, basta apontar a câmera do celular para qualquer emblema do Palmeiras para ativar a funcionalidade.


Fonte: MKT Esportivo

POR NOVOS CONSUMIDORES, PUMA INAUGURA LOJA OFICIAL NO MERCADO LIVRE

Iniciativa será válida apenas para o mercado argentino e contará com espaço especial dedicado ao Independiente

Buscando se posicionar entre os principais canais de vendas online do mundo seguindo uma estratégica baseada em mercados locais, a PUMA inaugurou sua loja oficial no Mercado Livre (Mercado Libre), em uma iniciativa válida exclusivamente para o mercado argentino.

Por lá, a marca oferece uma ampla gama de mais de 600 produtos, entre eles, peças licenciadas do Independiente, seu principal patrocinado no futebol da  Argentina. Para os torcedores do Diablo Rojo há uma página exclusiva da DiabloSoy, sua tienda oficial, dentro do portal, que oferece camisas de jogo, linha casual, calçados, entre outros itens.


De acordo com o Mercado Livre, o e-commerce obteve um aumento de faturamento de 85% na venda de calçados e 60% para produtos relacionados ao esporte. Hoje, a empresa conta com 50 canais oficiais de players esportivos. Para a PUMA, o lançamento da loja online no portal tem como objetivos principais oferecer comodidadefacilidade de compra e alcançar novos consumidores.





Fonte: MKT Esportivo

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Sem produtos, Carabao atrasa pagamentos ao Flamengo

Empresa ainda não consolidou distribuição no mercado brasileiro


A Carabao tem atrasado pagamentos ao Flamengo. A empresa, que no começo do ano assinou um acordo de seis anos, incluindo o aporte máster ao time carioca, tem tido dificuldades para colocar os produtos em pontos de venda no Brasil, o que tem atrapalhado as obrigações financeiras da empresa com o clube.
A informação foi divulgada pelo site Globoesporte.com e tem sido negada por ambas as partes. Segundo a publicação, dentro do clube há pessimismo quanto à possibilidade de a empresa assumir o aporte máster em 2018, conforme está previsto em contrato. Atualmente, a empresa arca com R$ 15 milhões anuais, valor que subiria para R$ 35 milhões na próxima temporada.
Oficialmente, ambas as partes têm negado problemas com os repasses financeiros. Ao Globoesporte.com, clube e empresa reforçaram a parceria e afirmaram que as dificuldades da empresa no Brasil são normais para o início da operação em um mercado novo.
Segundo a Máquina do Esporte apurou, os atrasos existem, mas o clube não teme um rompimento de contrato e nem uma mudança do que foi acordado inicialmente.
Quanto à empresa, existem alguns problemas graves a serem resolvidos. No mercado brasileiro, a Carabao tem convivido com ruptura no varejo, o que torna vã a exposição obtida com o clube. A principal questão é a ausência de um sistema de distribuição consolidado no Brasil. Com poucos profissionais, o processo de entrada nos principais pontos de venda tem sido lento.
Há outro problema enfrentado, que dificulta ainda mais a entrega ao mercado. Como os produtos da Carabao são importados, ele passa por processos burocráticos na alfândega brasileira. O caminho do energético até o consumidor, por tanto, tem empecilhos desde a entrada da marca no país.
A Carabao fechou com o Flamengo junto com a entrada da marca no país. O primeiro ano deveria ser, de fato, com maiores dificuldades e, por isso, a marca ficaria nos ombros do uniforme. Em 2018, passaria ao máster, com metas de venda para o clube, em acordo que poderia chegar a R$ 200 milhões em seis anos.
Pelo acordo, o clube ganhará mais se houver alta nas vendas, mas também poderá ficar sem parceiro em caso de fracasso; a empresa tem cláusula de rescisão caso as vendas fiquem abaixo de 37 milhões de unidades até setembro de 2018.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/sem-produtos-carabao-atrasa-pagamentos-ao-fla_33374.html#ixzz4wWJrNr1v

Programa do Esporte Interativo no YouTube, De Sola terá novo formato

A partir desta semana, haverá programas inéditos às quartas-feiras e sábados

O De Sola, programa de humor do Esporte Interativo no YouTube, vai estrear um novo formato nesta semana. A partir de quarta-feira (25), Casemiro Miguel, o Cazé, e Pedro Certezas terão programas inéditos às quartas e sábados, sempre com um convidado especial.
Às quartas-feiras, às 11h, entrará no ar o “Tutorial De Sola”, programa em que a dupla de humoristas vai aprender técnicas, treinamentos e estratégias de algum fundamento do esporte com um especialista no assunto. A estreia será com o ex-jogador Zico, comentarista do canal, que vai ensinar o passo a passo de como bater faltas. No segundo programa, o convidado será o também ex-jogador Petkovic, que vai explicar tudo sobre como fazer um gol olímpico.
Já aos sábados, será a vez do “Desafio De Sola”, em que os humoristas serão testados para mostrar se realmente aprenderam com os especialistas. A ideia é aumentar ainda mais o número de seguidores do canal do Esporte Interativo no YouTube. Atualmente, são 2,5 milhões de fãs.
“A vocação de humor será mantida e é o grande diferencial desse programa. O Cazé e o Certezas são superespontâneos e é essa liberdade e capacidade de improviso que faz com que os fãs do De Sola se engajem, se envolvam e participem do programa de maneira tão ativa. Entendemos o movimento dos fãs e o que faltava como oferta de conteúdo para chegar a esse formato que vamos estrear nesta semana. Estamos muito confiantes e já preparando outras novidades para as mídias digitais”, revelou Fabio Medeiros, Diretor de Conteúdo do Esporte Interativo.
De acordo com a assessoria do Esporte Interativo, as esquetes do De Sola no Facebook, onde o canal conta com mais de 15 milhões de seguidores, vão continuar. O objetivo é manter o estilo de sátiras rápidas do mundo esportivo, mas com melhorias na produção e a inclusão de convidados especiais.
Vale lembrar que o De Sola ganhou há poucos dias um canal próprio no YouTube, que já conta com mais de 60 mil seguidores. Nele, a vocação permanece sendo o humor, inclusive com um programa comandado por Alê Oliveira, ex-comentarista da ESPN.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/programa-do-esporte-interativo-no-youtube-de-sola-tera-novo-formato_33373.html#ixzz4wWK17aYH

Bayern de Munique lucra 39,2 milhões de euros em temporada 2016/2017

Lucro líquido de 18,6% mostra força cada vez maior do clube alemão

O Bayern de Munique lucrou 39,2 milhões de euros na temporada 2016/2017. Com um volume de negócios de pouco mais de 640 milhões de euros e um lucro líquido 18,6% maior que na temporada anterior, o clube alemão demonstra que tem a tendência de crescer cada vez mais no futebol europeu.
Em um comunicado, o Bayern enfatizou que “a qualidade dos resultados tem sido excepcionalmente positiva”, apesar da “eliminação nas quartas de final da Liga dos Campeões e a não participação na final da DFB-Pokal (Copa da Alemanha) terem custado cerca de 25 milhões de euros a menos” para os cofres do clube.
Segundo o Diretor Financeiro do clube, Jan-Christian Dreesen, “nossas fontes de renda são muito equilibradas, o que nos deixa confiantes no futuro. Isso porque, mais importante que o aumento nas vendas, é o fato da nossa qualidade de rendimentos ter aumentado”.
De acordo com o presidente do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge, “a nossa decisão de transformar o futebol em uma corporação, apesar de algumas dúvidas geradas na sociedade em 2002, teve, olhando do ponto de vista atual, não só um papel importante na etapa de construção da Allianz Arena (inaugurada em abril de 2005) como também mostrou-se uma atitude correta e inovadora”.
O próximo passo do clube alemão é tentar continuar no mesmo caminho. A ideia é, a curto prazo, tentar alcançar o lucro dos clubes que mais ganham, como os espanhóis Real Madrid e Barcelona, e o inglês Manchester United.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/bayern-de-munique-lucra-392-milhoes-de-euros-em-temporada-20162017_33370.html#ixzz4wWJiBg2a

Uefa quebra acordo histórico com Adidas, e Molten terá bola da Liga Europa

Marca japonesa patrocinará segundo principal torneio europeu a partir de 2018

A Uefa anunciou nesta segunda-feira (23) que a fabricante japonesa Molten será a fornecedora oficial das bolas de jogo da Liga Europa a partir da temporada 2018/2019. Os valores do acordo não foram revelados, mas a duração do contrato é de três anos, ou seja, vai até a final do torneio na temporada 2020/2021.
A decisão de fechar com a marca japonesa acaba com um acordo histórico da entidade que comanda o futebol europeu com a Adidas, que remonta à década de 1960. O patrocínio envolve não só as bolas oficiais mas também outros detalhes, como o uniforme dos árbitros e bandeirinhas, e o merchandising.
O acordo mostra a força que a Molten começa a adquirir no futebol europeu. A fabricante japonesa quer aumentar sua exposição e torná-la global. Para isso, quer utilizar as maiores competições do futebol mundial para mostrar a qualidade e o desempenho de seus produtos. A Liga Europa, que inclui clubes de 55 países europeus e tem audiências cada vez maiores por todo o mundo, é o primeiro passo.
A decisão da Uefa de acabar com a parceria com a Adidas mostra ainda que a entidade está disposta a abrir a porta a outras marcas, entre elas a norte-americana Nike, principal concorrente da marca alemã.
"Temos o prazer de anunciar a nossa parceria com a Uefa, permitindo que a Molten fabrique as bolas de jogo oficiais da Liga Europa. A Molten esforça-se por estar na vanguarda da inovação tecnológica e está empenhada em contribuir para o crescimento e sucesso do torneio, desenvolvendo e fornecendo produtos da máxima qualidade e valor para a alargada comunidade do futebol", afirmou Kiyo Tamiaki, Presidente e Diretor-Executivo da Molten, ao site oficial da Uefa.
"Estamos muito entusiasmados em trabalhar com a Molten como novo fornecedor das bolas de jogo oficiais da Liga Europa. Com a entrada da Molten, passamos a contar com um dos principais fabricantes mundiais de bolas. O seu profissionalismo é extraordinário, e estamos ansiosos para ver como esta parceria irá contribuir para o crescimento da paixão e energia desta competição em todo o mundo", concluiu Guy-Laurent Epstein, Diretor de Marketing da UEFA Events SA, também ao site oficial da Uefa.
Vale lembrar que a marca que terá as bolas oficiais da Liga dos Campeões no ciclo de 2018 a 2021 ainda não foi revelada. É a primeira vez que a Uefa faz contratos individuais e não em conjunto entre Liga dos Campeões e Liga Europa. Quem ficar com o contrato da principal competição de clubes do mundo, ainda ganhará o direito a patrocinar a Super Taça Europeia, a Liga Uefa da Juventude e a Taça Uefa de Futsal.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/uefa-quebra-acordo-historico-com-adidas-e-molten-tera-bola-da-liga-europa_33369.html#ixzz4wWJb1dJT

SEM ACORDO, PREMIER LEAGUE MANTERÁ DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA NOS DIREITOS INTERNACIONAIS

Após diversas reuniões, não houve consenso entre os clubes e a proposta, por enquanto, não será levada adiante


A proposta de acabar com a divisão igualitária dos direitos internacionais de Tv da Premier League não foi adiante. A ideia, que partiu de Manchester City, Manchester United, Tottenham, Arsenal, Liverpool e Chelsea, era de que 35% desta receita deveria ser dividida com base na posição da liga. 

Após diversas reuniões, não se chegou a um consenso e o plano, por enquanto, não será levado adiante. No primeiro encontro que reuniu representantes dos 20 times da elite inglesa, não houve aprovação mínima para que tal iniciativa fosse aprovada, afinal, os clubes considerados menores foram prontamente contra a mudança.

Os direitos internacionais geram atualmente £ 3 bilhões para a Premier League para o triênio de 2016-19. Hoje, cada equipe embolsa anualmente £ 39 milhões e, desde a criação da liga em 1992, esta fatia é repartida igualmente entre todos os participantes.

Como acordos de Tv fechados na China e Estados Unidos elevaram consideravelmente estes números nos últimos anos, fruto da presença cada vez mais constante dos grandes ingleses em partidas de pré-temporada nos países, City, United, Tottenham, Arsenal, Liverpool e Chelsea planejavam garantir um maior retorno financeiro por conta disso. Sem sucesso.

Fonte: MKT Esportivo

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Santos perderá R$ 1,5 mi por ano com troca de fornecedor

Clube justifica 'muito trabalho' e decide trocar operação que rende cerca de R$ 4 milhões ao ano por outra de R$ 2,5 mi

O Santos anunciou oficialmente a troca de fornecedor de material esportivo a partir do ano que vem. Em entrevista coletiva na última sexta-feira, o presidente Modesto Roma afirmou que, a partir de 3 de março de 2018, a Umbro voltará a fazer o uniforme do clube paulista.
A mudança fará com que o Santos ganhe menos dinheiro. Atualmente, o clube tem um modelo inédito com a Kappa, em que é sócio da produção e distribuição de produtos. O faturamento anual do clube é de cerca de R$ 4 milhões.
Com a Umbro, toda a operação volta a ser da empresa de material esportivo, que pagará cerca de R$ 2,5 milhões fixos ao Santos no ano.
A queda de arrecadação de quase 50% do valor foi justificada assim pelo presidente santista: "O esforço que é demandado não compensa (no acordo com a Kappa). É uma alternativa interessante a gestão própria do material esportivo, mas o esforço que demanda é custoso demais", afirmou o presidente.
Curiosamente, um ano atrás, Roma havia dito que o modelo com a Kappa tinha gerado interesse por parte de outros clubes, que o procuraram para obter detalhes.
"Aquele modelo parecia e foi bastante interessante. Nós optamos pelo tamanho da proposta e pela necessidade que nós temos de administrar esse modelo. É uma administração custosa no sentido de recursos humanos. É mais fácil cobrar pelo material esportivo do que ser cobrado por ele. Nossa expertise é o futebol", disse Roma.
Na última semana, o Santos notificou a Kappa de forma extra-oficial, confirmando que, conforme prevê o contrato, a partir de fevereiro o vínculo seria desfeito, sendo cumprido um prazo de 30 dias para o término da parceria.
Com isso, o Santos inicia o Paulista com a marca italiana e, em março, muda para a Umbro.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/santos-perdera-r-15-mi-por-ano-com-troca-de-fornecedor_33364.html#ixzz4wLuP1Wr2

CORINTHIANS TERÁ PARCERIA COM RED CANIDS PARA ENTRAR NO E-SPORTS

Clube deve usar o clássico contra o Palmeiras, na Arena Corinthians, para anunciar sua entrada na modalidade


Após Santos (Santos Dexterity), Remo (ex-Braves) e, mais recentemente, o Flamengo, o Corinthians deve ser mais um clube do futebol brasileiro a ter um time oficial de e-Sports. O clube paulista irá anunciar em breve uma parceria com a Red Canids, atual campeã do 1° Split do CBLoL.

Ao que indica, a partir de um vídeo divulgado pela Red Canids, o Timão deve usar o clássico contra o Palmeiras, na Arena Corinthians, no próximo dia 5 de novembro, para anunciar sua entrada na modalidade. À exemplo do Flamengo, o Corinthians estará em torneios de League of Legends. Por outro lado, diferentemente do clube carioca, o alvinegro utilizará uma parceria para entrar no e-Sports e não criará uma estrutura interna para tal.

Red Canids foi pioneira ao fechar uma parceria com o Twitter no Brasil. Em suas redes sociais, muitos seguidores, em sua maioria torcedores de outros clubes, reprovam a possível parceria da Matilha.

Fonte: MKT Esportivo

FC BARCELONA FECHA PARCERIA E TERÁ PARQUES TEMÁTICOS ESPALHADOS PELO MUNDO

Parques Reunidos é um dos maiores operadores de parques do mundo, com 61 complexos espalhados em 14 países


Ampliando o uso de sua imagem em iniciativas que fujam da esfera boleira, o FC Barcelona anunciou durante o final de semana uma parceria ambiciosa com o Grupo Parques Reunidos.

Com sede em Madri, o Parques Reunidos possui experiência de mais de 50 anos dentro da indústria do entretenimento e que baseia seu negócio em parques temáticos, zoológicos, parques aquáticos e parques marinhos. Ao todo, são 61 parques espalhados em 14 países. Em conjunto com o clube espanhol, a empresa irá trabalhar para inaugurar lugares temáticos em diversos lugares do mundo.

Os locais terão entre 3 mil e 10 mil metros quadrados e servirão como plataforma para promover os valores, história e os jogadores do clube através de uma mistura de elementos interativos e entretenimento utilizando tecnologia de ponta. Em um período de cinco anos, o Parques Reunidos se compromete em inaugurar cinco complexos temáticos culés, todos fora da Europa.

Pelo acordo firmado, o grupo será responsável por 100% dos custos de investimento e toda a concepção dos parques, enquanto o Barcelona terá controle sobre todo o conteúdo que será utilizado, da aplicação ao uso de sua marca. O clube catalão ficará com 8% de todas as receitas geradas pelos parques que levarão seu nome.

Com a construção destes novos complexos de entretenimento, o Barça continua a ampliar o seu impacto além do futebol e expandir-se globalmente.



Fonte: MKT Esportivo

JOGADORES DE FUTEBOL TORNAM-SE EMBAIXADORES DE PROJETO DE E-SPORTS

James Rodriguez, Riyad Mahrez, Moussa Sissoko, Sofiane Feghouli e Yannick Carrasco serão embaixadores da Ares


Depois de Gerrard Piqué, Lionel Messi e David Villa, mais um jogador de futebol participará de esforços envolvendo o eSports. James Rodriguez, do Bayern de Munique, será mais um boleiro a fazer parte do projeto Alpha Republic of Esports (Ares).

A partir do próximo mês, a equipe irá lançar um processo de seleção global de jogadores para disputar torneios de jogos eletrônicos, como FIFA 2018, e oferecerá aos escolhidos um contrato profissional. Para esta empreitada, a Ares fechou com o colombiano para que ele seja embaixador da iniciativa. O projeto conta também com a participação de outros jogadores, como Riyad Mahrez, do Leicester City, Moussa Sissoko, do Tottenham, Sofiane Feghouli, do Galatasaray, e Yannick Carrasco, do Atlético de Madrid.

Todos os atletas terão como função promover a equipe e os torneios em suas redes sociais, além de oferecer coaching e presença física nos eventos promovidos pela Ares. A empresa, com sede em Paris, organiza também torneios de Dota, CS: GO e Hearthstone.

Fonte: MKT Esportivo