Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Manchester City é novo pivô de duelo entre Amazon e Netflix

Amazon quer fazer com clube inglês o que Netflix já acertou com a Juventus, da Itália

Um acordo entre Manchester City e a Amazon Prime Video, plataforma de streamings da gigante do e-commerce mundial, ainda não foi assinado, mas já está dando o que falar. Pela bagatela de 10 milhões de libras, a Amazon poderá ter os direitos de fazer uma websérie e uma série de documentários sobre o clube inglês.
O objetivo é registrar tudo que acontece por trás das câmeras no dia a dia do time comandado por Pep Guardiola. Mostrar aos torcedores o que não se vê normalmente, como conversas no vestiário e o que ocorre nos treinamentos, é o grande trunfo da Amazon para que a plataforma faça sucesso entre os torcedores.
Há, no entanto, quem não goste nem um pouco da ideia. De acordo com a imprensa britânica, executivos da BSkyB estão bastante descontentes com a iminência da assinatura do acordo. O motivo é óbvio: a BSkyB e a BT Sport desembolsaram quase 5,5 bilhões de libras pelos direitos da Premier League até 2019.
Assim, pensando por esse lado, as empresas contataram a Premier League na tentativa de melar as negociações do City com a Amazon. A intenção era conseguir, inclusive, uma declaração formal sobre os direitos e obrigações das partes no contrato que abrange o ciclo de 2016 a 2019.
Contudo, o que se fala na imprensa britânica é que as conversas entre City e Amazon continuam, apesar de nenhuma das duas partes confirmar qualquer tipo de acordo. A Amazon estaria interessada ainda em garantir os direitos por streaming da Premier League no ciclo 2019/2022, que será comercializado a partir de fevereiro de 2018. A briga aí seria com o Facebook, outro interessado no negócio, como afirmou o CEO do Manchester United, Ed Woodward, durante uma entrevista no final do mês passado.
Caso o acordo entre Manchester City e a Amazon seja concretizado, a gigante do e-commerce mostrará mais uma vez as garras diante da Netflix. Isso porque a empresa de entretenimento on-line anunciou há poucos dias um acordo com a Juventus para produzir uma websérie e uma série de documentários em quatro capítulos sobre o dia a dia do clube italiano para o início de 2018.
A ideia da Amazon com o clube inglês é bastante similar. Assim, há quem aposte que haverá uma nova corrida para saber quem lança a própria série de documentários primeiro: Juventus/Netflix ou Manchester City/Amazon.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/manchester-city-e-novo-pivo-de-duelo-entre-amazon-e-netflix_33332.html#ixzz4vt25cLs8

0 comentários :

Postar um comentário