Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Mineirão anuncia patrocínio de ‘sector right’ do aplicativo 99Pop

Empresa ainda terá camarotes e mídia no estádio de Belo Horizonte

O Mineirão anunciou um novo patrocínio na quarta-feira: a administração do estádio fechou com o aplicativo de transporte 99Pop. O objetivo principal do acordo é fornecer um maior conforto aos torcedores que forem ao estádio por táxis ou carros disponíveis no programa.
Com o acordo, o Mineirão passará a contar com bolsões de estacionamento para carros registrados no aplicativo. Eles servirão de apoio aos motoristas credenciados e facilitarão a saída dos torcedores da arena de Belo Horizonte.
Um acordo abrange a propriedade de ‘sector right’, o direito a nomear um dos setores do estádio. Além disso, a empresa fechou com 20 camarotes do estádio, que deverão ser usados para relacionamentos com clientes, motoristas e parceiros da companhia.
A 99Pop também promete uma série de ações para os torcedores presentes no estádio. Uma das ativações será a distribuição de códigos promocionais ao longo dos eventos realizados na arena mineira. Para comunicar o patrocínio, a companhia também comprou uma série de propriedade de mídia no local.
“A parceria do Mineirão com a 99 é mais uma maneira de proporcionar comodidade aos seus frequentadores. Entendemos que o público está cada vez mais exigente, buscando novidades, conforto, diversão e entretenimento. Por isso, estamos sempre em busca de inovações e possibilidades que façam dos momentos vividos no estádio lembranças especiais e inesquecíveis”, comentou o diretor comercial do Mineirão, Samuel Lloyd.
Com o acordo com o Mineirão, a 99Pop volta a ter um grande contrato no futebol. Em 2015, a companhia fechou com uma série de times brasileiros, e depois se retirou. Curiosamente, recentemente Cruzeiro e Atlético Mineiro fecharam com a principal concorrente da empresa, a Uber.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/mineirao-anuncia-patrocinio-de-sector-right-do-aplicativo-99pop_33391.html#ixzz4wiGF0M5S

0 comentários :

Postar um comentário