Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Amazon “invade” mercado esportivo com criação de três marcas próprias

Atitude deve impactar vendas de gigantes como Nike, Adidas e Under Armour

A Amazon decidiu entrar em uma briga de gigantes no mercado esportivo mundial. A empresa criou três marcas próprias – Peak Velocity, Goodsport e Rebel Canyon – e deverá mexer com as vendas das principais multinacionais do setor, como Nike, Adidas e Under Armour, que agora passam a ser suas concorrentes.
A gigante do e-commerce tinha anunciado há poucas semanas que estava estabelecendo um relacionamento próprio com fábricas especializadas na produção e manufatura de tecidos esportivos.
A Rebel Canyon vai oferecer produtos esportivos para homens e mulheres a preços considerados mais baixos que os concorrentes. A estética é parecida com as mercadorias oferecidas pela norte-americana Nike e a canadense Lululemon, por exemplo.
A ideia da Goodsport é similar. A marca também terá produtos para ambos os sexos e também a preços mais baixos. A coleção, no entanto, lembra mais a da norte-americana Champion. A Goodsport deverá ser uma espécie de extensão esportiva da Goodthreads, marca de roupas urbanas da Amazon.
Com relação à Peak Velocity, o pensamento é diferente. A marca vai apresentar preços mais altos, com uma coleção que tentará atrair os atuais consumidores das compatriotas Nike e Under Armour. No começo, terá apenas roupas, bolsas e acessórios masculinos. A intenção é que, em breve, também contemple o universo feminino.
De acordo com os últimos números de vendas divulgados pela Amazon, a Under Armour deverá ser a marca mais afetada pela atitude da gigante do e-commerce de criar suas próprias marcas. Isso porque a marca capitaneada por Kevin Plank representa 25% das vendas de roupas esportivas masculinas no site da Amazon. A Adidas tem 22%, e a Nike possui 10%.
No mercado de vestuário esportivo feminino, há uma mistura maior. Outras marcas dominam o setor com cerca de 89% das vendas no site.
De acordo com especialistas no assunto, das três debutantes é a Goodsport que tem maior potencial nesse início. Os motivos seriam os preços mais atrativos, o público-alvo e também a perda de força da Champion, que deverá ser a principal concorrente, nos últimos anos.
Peak Velocity e Rebel Canyon, por sua vez, terão um páreo mais duro, já que muitos consumidores do setor esportivo costumam ser leais às marcas que mais gostam e compram. Como iniciantes, devem ter que remar bastante para convencer os clientes de que podem ser melhores do que marcas que já estão inseridas no mercado há muito mais tempo e, até por isso, apresentam uma variedade de produtos bem maior.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/amazon-invade-mercado-esportivo-com-criacao-de-tres-marcas-proprias_33462.html#ixzz4y2fWZbWK

0 comentários :

Postar um comentário