Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

ESPECIAL | JAVIER CHICHARITO E A IMPORTÂNCIA DE PRODUZIR CONTEÚDO REGIONALIZADO

Pelo popular atacante mexicano, West Ham segmenta materiais para impactar mercados de língua espanhola


Ao ser contratado pelo Bayer Leverkusen, em 2015, Javier Chicharito levou com ele uma audiência total de 8 milhões de fãs de língua espanhola nas redes sociais, o que fez com que o clube alemão registrasse um crescimento de 3.5 milhões de seguidores em apenas dois anos. De olho no seu desempenho em campo, e também buscando embarcar na força de sua imagem perante o público em questão, o West Ham contratou o atacante mexicano e, desde então, o impacto tem sido muito positivo.

Desde que o jogador chegou à Inglaterra, no final de julho, os Hammers conquistaram até setembro 270 mil novos fãs de língua espanhola em seus canais. A página no Facebook foi a que mais se beneficiou no período, com 225 mil novos seguidores do México (um aumento de 11.5%). Se no Instagram o incremento foi de quase 16% de fãs, no Twitter o aumento foi de 15%, muito em função da conta em espanhol criada no microblog após a sua contratação.

Pela crescente demanda por informações sobre o jogador desde então, o clube inglês foi estratégico ao contratar o jornalista mexicano Martín del Palacio, que passou a produzir diariamente conteúdos em espanhol para publicar no Facebook e no Twitter do West Ham. Na rede de Mark Zuckerberg, o impacto foi imediato, já que as publicações são segmentadas por região, enquanto no Twitter ele é repercutido exclusivamente no perfil ES. Já a cobertura em inglês é disponibilizada no FacebookTwitterInstagramSnapchat e YouTube.


Trabalhando da Espanha, Palacio tem contato direto com a equipe de conteúdo que está em Londres, afinal, ainda que conheça o povo mexicano, os materiais devem traduzir o real sentimento dos torcedores e seguir a linha editorial imposta pelo West Ham. Com este pacote de iniciativas, que inclui Chicharito e a geração de conteúdo em espanhol, o clube espera atrair marcas que desejam segmentar seus impactos e se relacionar intimamente com seus consumidores.

Sem poder contar com o alcance global oferecido por torneios como a UEFA Champions League, o West Ham vislumbra em seus atletas a oportunidade de chegar a novos mercados. Especificamente os de língua espanhola, além de Javier Hernández, o clube conta com argentino Manuel Lanzini e o espanhol Pedro Mba Obiang como pilares de relacionamento.

Fonte: MKT Esportivo

0 comentários :

Postar um comentário