Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Grêmio joga por título e por faturamento de 2016

Clube pode igualar ganhos de luva de televisão da última temporada

O Grêmio entrará em campo na noite desta quarta-feira (22) para tentar vencer sua terceira Libertadores, em duelo contra o argentino Lanús. Além da glória da conquista do mais cobiçado troféu de um time brasileiro, a equipe gaúcha jogará por um valor que deve mexer com suas finanças: são pelo menos R$ 40 milhões em jogo.
A conta considera os valores de premiação. Pelo título da Libertadores, o time embolsaria R$ 25 milhões. Pela participação na Copa do Mundo de Clubes da Fifa, seriam pelo menos mais R$ 13 milhões. E ainda haveria receitas extras relacionadas a patrocinadores. Segundo o jornal “Zero Hora”, somente o Banrisul, que faz aporte máster ao time, daria mais R$ 2 milhões à equipe pela conquista continental.
Os R$ 40 milhões em jogo serão fundamentais para o fôlego financeiro do time. O faturamento do Grêmio em 2016 foi de R$ 330 milhões, mas quase um terço dessa quantia veio de luvas pelo novo contrato com a Globo. Valor que não chegará neste ano e nem nas próximas temporadas. Apesar da alta nas receitas, a equipe gaúcha administra dívida superior a R$ 300 milhões.
Além da premiação direta, o Grêmio conta com outros ganhos com a boa temporada. No início deste mês, o Grêmio ultrapassou o Corinthians no ranking do Movimento por um Futebol Melhor e, hoje, mantém a marca de 131 mil sócios. Se em 2016 o programa de associados ao time levantou R$ 6 milhões ao clube, a expectativa é de bom aumento neste ano.
Outra fonte de receita também já está garantida. No jogo da semifinal da Libertadores, contra o Barcelona do Equador, 51 mil pagantes lotaram a Arena do Grêmio, o que gerou uma bilheteria de R$ 3,3 milhões. Para a final, a previsão é de um público superior a 55 mil, o que levará a uma renda ainda maior. A venda de ingresso ficou apenas com sócios-torcedores.
Por fim, o bom momento deverá aumentar ainda mais a venda de produtos licenciados. Com a campanha vencedora do time ao longo da temporada, a rede de lojas oficiais do time, a Grêmio Mania, dobrou as vendas em relação a 2016, número que deve aumentar ainda mais com o título da Libertadores.
Com toda essa renda extra, o Grêmio prevê empatar o faturamento deste ano com o de 2016, mesmo sem as luvas da televisão. Mas isso também se deve, é verdade, pela a venda de Pedro Rocha por 12 milhões de euros; o jogador foi para o Spartk Moscou. Somente com o atleta, foram mais R$ 40 milhões para a conta do finalista da Libertadores.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/gremio-joga-por-titulo-e-por-faturamento-de-2016_33525.html#ixzz4zBsumtpr

0 comentários :

Postar um comentário