Cabeçalho

Logotipo

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Com final única, Conmebol "clona" fórmula da Uefa


A partir de 2019, Libertadores terá final em jogo único, realizado em um sábado


A Copa Libertadores passará a ser realizada em final única a partir do ano que vem, num jogo realizado ao sábado. A decisão anunciada pela Conmebol completa a série de reformulações da principal competição sul-americana e praticamente "clona" a fórmula que deu certo dentro do futebol europeu, consagrando a Liga dos Campeões.
Desde 2015, quando passou a sofrer com escândalos de desvio de verbas, prisão de dirigentes e suspeita de desfalque na receita da Libertadores, que a Conmebol trabalha para mudar processos e resgatar a força do torneio. A primeira medida de maior impacto foi a de inchar a edição 2018 da Libertadores. Depois, a entidade terceirizou a geração de imagens e a comercialização do torneio, que passarão a valer no ano que vem. E, agora, repete a Uefa com uma final única no sábado.
De acordo com a Conmebol, a final em jogo único vai beneficiar financeiramente os clubes finalistas. A entidade afirma que cada time receberá 2 milhões de dólares mais 25% do total da bilheteria do jogo. O órgão é categórico ao dizer que o valor é bem maior do que cada finalista receberia ao mandar um jogo em casa em uma decisão em dois jogos como sempre foi e ainda será neste ano de 2018. O motivo principal é que os clubes finalistas não sofrerão com os custos organizacionais para a partida.
“A partir de 2019, a Libertadores será definida em uma final emocionante, transmitida em horário nobre, em um estádio escolhido antecipadamente. Mais do que um jogo, este será um ótimo evento esportivo, cultural e turístico que trará grandes benefícios para o futebol sul-americano, seus clubes e seus fãs. Em termos de desenvolvimento, projetamos maiores receitas para o torneio e para os clubes finalistas, bem como uma maior projeção do futebol sul-americano e da Libertadores globalmente”, disse o presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez.
A decisão foi tomada, também, meses após a final da Copa Sul-Americana, entre Flamengo e Independiente, da Argentina, ser marcada por confusão envolvendo torcedores do time brasileiro. O estádio do Maracanã sofreu com invasão, enquanto os atletas do Independiente foram hostilizados por flamenguistas no hotel em que estavam concentrados para a partida, que terminou com o título argentino e punição para o Flamengo.
Agora, ficará a cargo da parceria com o consórcio IMG & Perform a formatação de como serão os critérios para definição da sede do jogo, além de todos os detalhes logísticos do evento. A imprensa internacional já cita Lima, capital do Peru, como potencial candidata. O estádio do Mineirão foi outro que se colocou à disposição para a primeira final em jogo único da Libertadores.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/com-final-unica-conmebol-clona-formula-da-uefa_34020.html#ixzz58Kv8p7V4

0 comentários :

Postar um comentário