Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Cruzeiro resgata apelido e faz campanha por Libertadores


'La Bestia' será ressaltada pelo clube em produtos e em redes sociais


O Cruzeiro anunciou na segunda-feira (19) uma nova marca que será usada institucionalmente para convocar os torcedores para a Copa Libertadores; o time de Belo Horizonte estreará no torneio no dia 27 deste mês, contra o Racing, da Argentina. Para aumentar o apelo do evento, o clube resolveu resgatar um velho apelido: “La Bestia”.

A alcunha foi usada pela mídia sul-americana durante a década de 1980 e 1990. Em 2018, a equipe lutará pelo terceiro título do torneio, após vencer em 1976 e em 1997. “O clube foi considerado por toda a imprensa como a equipe mais temida e quase imbatível”, exaltou a comunicação do Cruzeiro em nota enviada à imprensa.
“A temática 'La Bestia' será o mote de comunicação do Cruzeiro na Libertadores. Um nome que já nasce com grande identificação com nossos torcedores. Nosso objetivo é maximizar o tema, inclusive com linhas de produtos licenciados", comentou o gerente de marketing do Cruzeiro, Bernardo Pontes.
A ideia é usar o apelido em toda comunicação oficial do time, especialmente nas redes sociais, com as hashtags #VamosLaBestia e #CruzeiroTradição. Além de atrair os torcedores ao estádio, o Cruzeiro espera faturar com o orgulho dos fãs em produtos oficiais como bandeiras, camisas, bonés, entre outros que carregarão a inscrição de “La Bestia”.
Para apresentar a nova marca que será usada na Libertadores, a diretoria do Cruzeiro fez um evento no Centro de Treinamento do time que contou com influenciadores digitais e três ex-jogadores do time que venceram o torneio: Palhinha e Raul Plassmann, campeões em 1976, e Ricardinho, de 1997.
A comunicação do clube espera, com o projeto, aumentar o número de sócios-torcedores e de bilheteria. A ação está alinhada à estratégia de colocar ingressos mais baratos para as partidas do Mineirão, com o intuito de encher o estádio. Para a Libertadores, os tíquetes foram colocados mais baixos, com descontos de até 50% para sócios-torcedores. Após uma semana do anúncio do pacote para a disputa sul-americana, a agremiação ganhou mais 3 mil associados.  
Neste início de ano, o Cruzeiro já tem apostado em tíquetes mais acessíveis para ter mais público no Campeonato Mineiro. Nos quatro jogos da equipe no Mineirão, a média de público do clube foi de 37 mil pessoas, algo raro nos atuais campeonatos estaduais. Com a medida, os sócios-torcedores adimplentes saltaram de 37 mil para 48 mil em 2018.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/cruzeiro-resgata-apelido-e-faz-campanha-por-libertadores_33982.html#ixzz57mJ2EugD



0 comentários :

Postar um comentário