Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Evonik usa Dortmund para ativar público no Brasil

Empresa fez ação de relacionamento com público do país

A Evonik, empresa de produtos químicos, deu uma amostra do quanto é possível extrair de um único patrocínio. A empresa, que além de patrocinadora também é sócia do Borussia Dortmund, tem no time alemão o grande investimento em comunicação e marketing. No último fim de semana, a empresa usou a filial no Brasil para passar um exemplo das possibilidades que existem em ativações.
A empresa fez um fim de semana de eventos no Brasil, com clínicas de futebol em São Paulo. Contou com a presença de três ex-jogadores do Borussia Dortmund (Dedê, Ewerthon e Amoroso) para fazer relacionamento com clientes, filhos de clientes e funcionários, além de ações sociais. A multinacional aproveitou até para oficializar o fã-clube do time alemão, em reunião para assistir a uma partida da equipe.
A ação não chega a ser uma novidade da empresa. Hoje, o Borussia Dortmund é usado globalmente pela Evonik, com ativações na Europa, no mercado asiático e no Brasil, que atualmente representa 5% do faturamento de 13 bilhões de euros da companhia; são cinco fábricas no país.
Na sexta-feira (2), o diretor presidente da Evonik para a América Latina, Weber Porto, conversou com a Máquina do Esporte e contou como a empresa tem se relacionado com o time nos últimos anos, tanto no país sede da companhia quanto nos mais de cem países em que a marca está presente.
“Decidiu-se juntar um nome forte, como o Borussia Dortmund, time de maior torcida na Alemanha, à marca Evonik. Nós estávamos querendo entrar no mercado de ações na Alemanha, então precisávamos ser conhecidos pelo público em geral, o que você não consegue com produtos químicos”, afirmou o executivo.
O problema central é que a empresa tem décadas de vida, mas a marca Evonik, não. Ela foi criada há apenas dez anos e, com foco no B2B, torná-la conhecida não era uma missão simples para a companhia. Por isso, Weber Porto fez uma revelação curiosa: “Muitas vezes, as pessoas não sabem o que nós fazemos, mas, com o Borussia Dortmund, sabem que existimos”.
Se o conhecimento é vantajoso para a venda de ações, só com as ativações que a empresa consegue se posicionar de modo mais próximo aos seus clientes e colaboradores. Para isso, aproveita o crescimento da Bundesliga e o sucesso do Borussia Dortmund na Liga dos Campeões. E o Brasil é um bom exemplo, com a popularização dos torneios europeus e as boas campanhas da equipe do Vale do Ruhr.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/evonik-usa-dortmund-para-ativar-publico-no-brasil_33917.html#ixzz56QdtGQnO

0 comentários :

Postar um comentário