Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

FEDERAÇÃO APRESENTA CENÁRIO ECONÔMICO DO FUTEBOL ALEMÃO EM 2016/17


Pela primeira vez na história, as duas principais divisões do país geraram receitas conjuntas superiores a € 4 bilhões



Sinônimo de solidez financeira e gestão sustentável, a DFL Deutsche Fußball Liga (DFL) apresentou o cenário econômico das duas principais divisões do futebol alemão, a Bundesliga e Bundesliga 2. De acordo com um estudo da entidade, pela primeira vez na história, as divisões geraram receitas agregadas superiores a € 4 bilhões em 2016/17.

O total, de aproximadamente € 4.01 bilhão, representa um aumento de 4.2% em relação ao período anterior, sendo o 13º ano consecutivo de receita recorde. A participação da Bundesliga no valor gerado foi de € 3.37 bilhões, apenas a segunda vez que a elite da Alemanha ultrapassou os € 3 bilhões. Com o novo acordo de transmissão doméstico já em vigor nesta temporada, estima-se que o número salte para € 3.6 bilhões no próximo levantamento.

Ainda sobre a Bundesliga, a DFL revelou que 14 das 18 equipes registraram receitas superiores a € 100 milhões. Em 2016/17, o broadcasting representou 28.5% do faturamento total das equipes, com publicidade & comercial (25%) e matchday (15%) completando o TOP3 dos pilares de faturamento.

Por fim, contemplando ambas divisões, os 612 jogos foram assistidos por mais de 19 milhões de espectadores, com uma média de ocupação dos estádios de 91%. O atendimento aos torcedores é uma das grandes preocupações do futebol no país, o que impacta diretamente na presença dos mesmos nas arenas.

Pra fechar, pela primeira vez na história, os 36 clubes empregaram mais de 20 mil pessoas de forma direta. Com os empregos indiretos computados, o número chega a 54.275 pessoas.

Fonte: MKT Esportivo

0 comentários :

Postar um comentário