Cabeçalho

Logotipo

segunda-feira, 30 de abril de 2018

COM PACOTE DE ATIVAÇÕES, BOTAFOGO ANUNCIA PARCERIA COM SPOTIFY


Parceria contempla playlists especiais de Rodrigo Pimpão, Dudu Cearense, Igor Rabello, além do hino oficial do clube


Botafogo anunciou durante o último final de semana uma parceria com o Spotify para criação de conteúdo de música na internet. Para já ativar o acordo, a dupla preparou uma série de ativações para a partida contra o Grêmio, no Estádio Nilton Santos, no último sábado.


Na chegada ao estádio, o elenco da Estrela Solitária desembarcou do ônibus utilizando fones com a logomarca da empresa. Ainda no Engenhão, sete mil copos personalizados foram distribuídos entre os torcedores. Com ele, era possível adicionar rapidamente a playlist através de um código e o contemplado ainda era convidado a tirar fotos em um backdrop especial.



Sobre o conteúdo disponível, há listas desenvolvidas por Rodrigo PimpãoDudu Cearense, Igor Rabello, além do Hino do Botafogo, da playlist Estrelas Alvinegras e as músicas que embalaram o mais recente título do time, o Carioca 2018. Por fim, nos canais digitais, além do destaque de todas as ações já citadas, o Botafogo ativou o acordo com uma imagem especial da escalação.

“Sabemos que é praticamente impossível separar a música do futebol. Essa é mais uma prova de que essas duas paixões sempre estarão conectadas no coração do brasileiro. O Spotify e o Botafogo se juntaram para, mais uma vez, aproximar o fã de seus ídolos, através de conteúdos exclusivos na plataforma”, disse Carol Baracat, Head de Marketing Spotify América Latina.

“É um prazer para o Botafogo firmar parceria com o Spotify, uma marca presente no nosso dia a dia. Temos investido bastante na aproximação com o torcedor nas mais diversas mídias. Essa união é estratégica para nós”, destaca Marcio Padilha, Vice-Presidente de Comunicação e Marketing do Botafogo.

No futebol, além do Fogão, o Spotiy é parceiro da Premier LeagueSouthamptonSevillaPalmeiras Corinthians Paysandu.




Fonte: MKT Esportivo



REBAIXADO PARA A TERCEIRA DIVISÃO, SUNDERLAND É OFICIALMENTE VENDIDO


Em duas temporadas, clube caiu da primeira para a terceira divisão


Vivendo uma fase tenebrosa em sua história, o Sunderland, que saiu da Premier League para a terceira divisão em apenas dois anos, foi vendido para um consórcio internacional liderado por Stewart Donald. O clube estava à venda há alguns meses e o acordo agora está sujeito à aprovação da EFL.

Stewart Donald é presidente do Eastleigh FC, da National League, desde 2011 e pelo negócio firmado se viu obrigado a colocar a modesta equipe à venda (ele a comprou por £ 10 milhões). Os Black Cats serão comprados pelo empresário sem dívida alguma. O ex-proprietário e presidente do Sunderland, Ellis Short, comandou o clube por dez anos, mas deixará o comando marcado por seguidos rebaixamento.
“Não é nenhum segredo que eu tenho tentado vender o Sunderland, mas eu esperei até que o grupo certo aparecesse, que tivesse experiência, finanças e planejasse levar este grande clube de volta para onde ele merece estar”, declarou Short em um comunicado. “Eu estava determinado a garantir que eu deixasse o Sunderland nas melhores mãos possíveis e no melhor estado possível para continuar. Para conseguir isso, ofertas mais altas de compradores menos qualificados foram rejeitadas, e eu paguei todas as dívidas do clube para deixá-lo financeiramente forte e sem dívidas pela primeira vez desde anos antes de eu adquiri-lo”, completou.
“Todos nós acreditamos que o Sunderland representa uma oportunidade extraordinária. Nosso grupo esteve envolvido na construção – ou reconstrução – de clubes de futebol para alcançar seu potencial e acreditamos que ao longo da última década adquirimos as condições necessárias para superar os muitos desafios que enfrentaremos neste grande clube”, destacou Stewart Donald.
Sobre os planos futuros, segundo o novo proprietário, a comunidade local terá forte influência nesta espécie de reconstrução. “Temos um plano cuidadosamente planejado para reestruturar o clube, torná-lo sustentável e, com a ajuda dos torcedores, restaurar seu senso de orgulho e reconectá-lo à comunidade local. Resumindo, estamos arregaçando as mangas para fazer o que precisa ser feito para preparar o clube para começar a competir novamente”.



Fonte: MKT Esportivo



sábado, 28 de abril de 2018

Positivo apoia ação do time feminino do Corinthians contra o machismo


Time vai entrar com frases machistas estampadas nos lugares principais da camisa

O time de futebol feminino do Corinthians ganhará o apoio da empresa de tecnologia Positivo no projeto “Cale o Preconceito”. Os locais principais das camisas das jogadoras (peito, costas e mangas) serão estampados com frases preconceituosas e de cunho machista recebidas por elas mesmas no dia a dia do esporte. Uma das frases escolhidas é “Mulher é na cozinha, e não jogando futebol”.

O intuito do projeto é alertar homens e mulheres sobre o tema, que acaba sendo recorrente na vida das atletas. Posteriormente, as camisas voltarão a ter a marca dos patrocinadores do time, como a da própria Positivo, que ocupa o espaço das costas da camisa corintiana desde fevereiro.

“É preciso extinguir o preconceito de uma vez por todas. A Positivo Tecnologia apoia o projeto e reconhece a dedicação das jogadoras e a importância da mulher e da igualdade de direitos na sociedade”, afirmou Rodolfo Torello, vice-presidente de marketing e vendas da empresa.
A ação é a segunda que utiliza o local do patrocínio máster do Corinthians, que está vago, para ações em prol da mulher. No dia 7 de março, véspera do Dia Internacional da Mulher, o time masculino entrou com a hashtag #RespeitaAsMinas diante do Mirassol, pelo Campeonato Paulista.
Na ocasião, o time feminino entrou junto em campo com uma frase curta no peito: Não é Não! A intenção foi sensibilizar a sociedade para o combate ao assédio sexual e à violência contra a mulher.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/positivo-apoia-acao-do-time-feminino-do-corinthians-contra-o-machismo_34421.html#ixzz5DyLwFYtm



Fifa decide banir Marco Polo Del Nero do futebol


Comitê de Ética da entidade diz que dirigente brasileiro usou o cargo para receber subornos em contratos de TV e marketing


Marco Polo Del Nero não poderá mais exercer qualquer atividade relacionada ao futebol profissional. Na manhã desta sexta-feira (27), a Fifa comunicou ao então presidente da CBF que ele havia sido banido do futebol.
A decisão surge após dois anos e meio de investigação feita pelo Comitê de Ética da entidade a respeito de atitudes tomadas por Del Nero enquanto vice-presidente e, posteriormente, presidente da CBF.
Segundo a entidade que comanda o futebol, Del Nero é "culpado de ter violado os artigos 21 (Suborno e corrupção), 20 (Oferecer e aceitar presentes e outros benefícios), 19 (Conflitos de interesse), 15 (Lealdade) e 13 (Regras gerais de conduta) do Código de Ética da Fifa".
Além da punição administrativa, o dirigente terá de pagar uma multa de 1 milhão de francos suíços (cerca de R$ 3,5 milhões) para a Fifa. 
O banimento do futebol não tem relação com outro processo do qual Del Nero é alvo, esse na Justiça dos Estados Unidos. O dirigente foi citado em depoimentos de ex-executivos das agências Traffic e Torneos Y Competencias por ter recebido propina para liberar direitos sobre competições na América do Sul. Nesses depoimentos, foi apontado que Del Nero recebeu US$ 6,5 milhões para dirigir acordos de mídia válidos para a Copa Libertadores e para a Copa América.
Antes da punição, Del Nero já estava havia 135 dias afastado da presidência da CBF. O dirigente, porém, seguia atuando nos bastidores, tanto que conseguiu fazer com que Rogério Caboclo, responsável pelas finanças da entidade brasileira, fosse eleito presidente para substituí-lo. 
Confira abaixo a íntegra do comunicado da Fifa:
A câmara ajudicatória do Comitê de Ética independente baniu por toda a vida de qualquer atividade relacionada ao futebol (administrativa, esportiva ou qualquer outra), nacional ou internacionalmente, o Senhor Marco Polo Del Nero, presidente da Confederação Brasileira de Futebol.
A investigação contra o Senhor Del Nero foi aberta em 23 de novembro de 2015 e refere-se, inter alia, a esquemas nos quais ele recebeu propina em troca da entrega para determinadas agências dos contratos de mídia e marketing de vários torneios de futebol, incluindo a Copa América, a Copa Libertadores e a Copa do Brasil.
A câmara ajudicatória concordou com as recomendações da câmara de investigação e considerou o Senhor Del Nero culpado de ter violado os artigos 21 (Suborno e corrupção), 20 (Oferecer e aceitar presentes e outros benefícios), 19 (Conflitos de interesse), 15 (lealdade) e 13 (Regras gerais de conduta) do Código de Ética da Fifa.
Como consequência, o Senhor Del Nero está banido para toda a vida de qualquer atividade relacionada ao futebol (administrativa, esportiva ou qualquer outra) tanto no âmbito nacional quanto internacional. Adicionalmente, uma multa no valor de 1 milhão de francos suíços foi imposta ao Senhor Del Nero.
A decisão foi notificada hoje ao Senhor Del Nero e passou a entrar em vigor imediatamente após a notificação.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/fifa-decide-banir-marco-polo-del-nero-do-futebol_34417.html#ixzz5DyLbBxXa

Schin lança campanha para ativar Copa do Nordeste


Destaques são vídeo com o poeta Bráulio Bessa e uma lata alusiva ao torneio


A cerveja Schin, marca pertencente à Heineken, lançou uma campanha específica para ativar o patrocínio pelo segundo ano seguido à Copa do Nordeste. 

A empresa usou o poeta cearense Bráulio Bessa, que fez um texto unindo o povo nordestino e a paixão pelo futebol. Ele próprio narra o vídeo, que será veiculado nos canais Esporte Interativo, detentor dos direitos de transmissão da competição, mas apenas na região Nordeste.
Além do vídeo, a empresa fez uma lata alusiva ao torneio. Ela tem a taça da competição e os dizeres "cerveja oficial da Copa do Nordeste". O rótulo será colocado à venda pela Schin a partir da segunda semana de maio, também apenas no Nordeste.
“Mais do que apenas falar do patrocínio da Copa do Nordeste, buscamos retratar a paixão das pessoas pelo campeonato e reforçar a conexão com a cultura local. A participação do Bráulio é essencial para traduzirmos o respeito e admiração de Schin a todos os nordestinos”, disse a diretora de marketing da Schin, Carina Hermida.
O patrocínio e a ativação à Copa do Nordeste são um jeito de a Schin marcar território na região Nordeste do país, que sempre teve boa penetração da marca. Desde 2013, com a chegada do Grupo Petrópolis e a cerveja Itaipava (que patrocinou as Arenas Fonte Nova e Pernambuco), que a marca da Heineken tem sofrido nessa região. 
Atualmente, a Itaipava patrocina a Fonte Nova, enquanto a Brahma tem o patrocínio dos principais clubes da região, por meio do Futebol Melhor.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/schin-lanca-campanha-para-ativar-copa-do-nordeste_34415.html#ixzz5DyLR1Wv5

Poker inova e homenageia as mulheres no Dia do Goleiro


Principal marca de luvas do país usou goleiros profissionais em vídeo

A Poker, principal marca de luvas do país, decidiu inovar no Dia do Goleiro que é comemorado nesta quinta-feira (26). Para isso, chamou diversos goleiros de clubes profissionais do Brasil e pediu que eles mandassem uma mensagem às mulheres que trabalham com o futebol, não só goleiras como também jogadoras de linha, árbitras, bandeirinhas.e qualquer outra função.
Entre os goleiros que fizeram parte do vídeo estão os representantes dos times do Rio Grande do Sul, onde fica a sede da Poker. São eles: Danilo Fernandes (Internacional), Douglas e Matheus (Juventude), Paulo Victor e Léo (Grêmio), Michel Alves (Novo Hamburgo) e Luiz Muller (Esportivo).

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/poker-inova-e-homenageia-mulheres-no-dia-do-goleiro_34412.html#ixzz5DyLBrlmr

SCHALKE 04 FIRMA ALIANÇA ESTRATÉGICA COM HEBEI FORTUNE


Clube alemão oferecerá todo seu sistema de desenvolvimento de jovens para os chineses pelos próximos cinco anos



Schalke 04 fechou uma parceria de cooperação estratégica com o Hebei Fortune FC, da Chinese Super League, e onde atualmente joga o brasileiro Hernanes, ex-São Paulo.

O acordo será válido por cinco anos e especula-se que deve render mais de € 10 milhões para a equipe da Bundesliga. O investimento se dará uma vez que o Schalke irá abrir todo seu sistema de desenvolvimento de jovens para o Heibei e apoiará também a equipe licenciada de coaching e escotismo do clube chinês. O objetivo, portanto, será garimpar novos talentos para o futebol da China a partir do departamento de análise de desempenho dos alemães.

“A China está investindo pesado em seu futebol entre agora e 2030. Ao contrário de qualquer outra equipe da Bundesliga, podemos oferecer um imenso know-how quando se trata de formar jovens talentos. É uma transferência de conhecimento e estamos empolgados com o fato de nosso desenvolvimento da juventude ser apreciado na China”, destacou Alexander Jobst, diretor de marketing do Schalke.

Como parte da colaboração, e até como um importante pilar de internacionalização de sua marca, o Schalke vai jogar um amistoso contra o Hebei Fortune durante sua turnê de pré-temporada na China, entre os dias 2 e 12 de julho. A parceria é fruto de uma aliança do Ministério da Educação chinês e do governo alemão, bem como da cada vez mais estreita relação entre a Associação Chinesa de Futebol (CFA) e a Federação Alemã (DFB).

Fonte: MKT Esportivo

quarta-feira, 25 de abril de 2018

PSG segue Bundesliga e terá anúncios virtuais em placas de publicidade


Clube ganha nova oportunidade de marketing no Parque dos Príncipes


O Paris Saint-Germain anunciou nesta quarta-feira (25) que implementou com sucesso uma nova tecnologia em seu estádio, o Parque dos Príncipes. Trata-se do Digital Overlay, um sistema que permite ao clube localizar geograficamente a publicidade exibida nas telas de LED ao redor do gramado e adaptar as mensagens para atender a determinado público de uma emissora de televisão internacional que detenha os direitos daquela partida.
Em resumo, a ideia é usar o sistema para o patrocinador ter uma mensagem personalizada para cada país em que o jogo do PSG é exibido, inclusive na língua do país. O sistema é parecido com o que a Bundesliga adotará na Alemanha.
“O Paris Saint-Germain orgulha-se de oferecer aos seus parceiros as ferramentas tecnológicas mais inovadoras para alcançar os melhores resultados de marketing possíveis. O Digital Overlay é uma tecnologia revolucionária no marketing esportivo. É útil para atender às necessidades do nosso clube, que está aumentando seu público internacional rapidamente. Ele permite que nossos parceiros de marca respondam à excepcional exposição de mídia do clube, oferece um novo fluxo de marketing para nossos patrocinadores globais e abre novas oportunidades para anunciantes com foco no patrocínio regional”, revelou Frédéric Longuépée, vice-diretor administrativo, encarregado das atividades comerciais do Paris Saint-Germain.
A novidade foi integrada ao clube em uma parceria com a AIM Sport, que atua no marketing esportivo e na publicidade de perímetro digital, combinando décadas de marketing e know-how comercial com todo tipo de soluções tecnológicas. Com a iminente revolução do Digital Overlay, a AIM Sport deve alterar permanentemente o campo da publicidade em um jogo de futebol.
De acordo com o PSG, foram quatro anos de planejamento para a implementação da tecnologia. A estreia foi no último dia 15 de abril, no clássico diante do Monaco, que terminou com vitória do time da casa por 7 a 1 e garantiu o título da temporada da Ligue 1 (Campeonato Francês) ao clube parisiense.
Vale ressaltar que os jogos do Paris Saint-Germain na Ligue 1 são exibidos em uma média de 54 países pelo mundo, com uma audiência média de 3 milhões de telespectadores por jogo. Isso ocorre graças ao novo acordo de direitos negociado pela Liga de Futebol Profissional (LFP) da França, especialmente na China com a CCTV, que, sozinha, atinge cerca de 396 milhões de casas.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/psg-segue-bundesliga-e-tera-anuncios-virtuais-em-placas-de-publicidade_34399.html#ixzz5DiCuBOtw

Com Nickelodeon e Mauricio de Sousa, Neymar ganha programetes na TV


Personagem terá pílulas de um minuto durante a programação do canal


A Nickelodeon, em parceria com Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica, estreou, nesta terça-feira (24), uma animação inspirada em Neymar. Também criado por Mauricio de Sousa, o personagem, que começou sua trajetória nos quadrinhos, terá 20 cápsulas inéditas, cada uma com duração de aproximadamente um minuto.

O personagem não terá um momento específico para entrar no ar. As cápsulas vão surgir durante a programação do canal. Em cada pílula, o personagem da TV segue o que já faz o dos quadrinhos, ou seja, efetua dribles desconcertantes, convive com a família e os amigos, e ainda luta contra monstros gigantes.
Nos episódios, há a participação da irmã e da mãe do jogador. E tudo baseado em uma atmosfera de aprendizado e diversão que são características dos personagens criados por Mauricio de Sousa.
“A alegria e o jeito moleque do Neymar nos inspirou a criar seu personagem, quando ainda criança, quando os sonhos acontecem com maior intensidade. Assim, hoje ele se transformou em referência no esporte, e os desenhos desenvolvidos para apresentação na Nick refletem isso tudo com muito humor e amor”, explicou Mauricio de Sousa.
A estreia faz parte das comemorações de aniversário da Nickelodeon em abril. O canal ainda aproveitou para entrar no embalo da onda pré-Copa do Mundo, já que o personagem é inspirado na grande estrela da seleção brasileira na atualidade.
“Querido por toda a nossa audiência, Neymar Jr. vai explorar diversas situações e histórias cotidianas, às vezes fantásticas, meio malucas, mas totalmente originais. Grande sucesso em nossa programação, esse retorno traz novos elementos, novas histórias e tudo isso embalado por um ritmo de campeonato mundial de futebol, parte importante da cultura e da infância do brasileiro”, resumiu Jimmy Leroy, vice-presidente de criação da Nickelodeon na América Latina.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/com-nickelodeon-e-mauricio-de-sousa-neymar-ganha-programetes-na-tv_34397.html#ixzz5DiCeSZOG

Hublot usa Pelé e apresenta novo relógio da Liga dos Campeões


"Azul de campeões" será entregue exclusivamente na final do torneio em Kiev

A marca de relógios suíça Hublot usou a imagem de Pelé para divulgar o novo relógio oficial da Liga dos Campeões. Embaixador da empresa desde 2013, o Rei do Futebol apresentou o modelo "azul de campeões", que a marca desenhou exclusivamente para ser entregue na final da liga, no dia 26 de maio, em Kiev, na Ucrânia.

Inspirado nos deuses do tempo, o relógio é todo em azul por conta de ser a cor predominante do torneio. O modelo conta com uma imponente caixa de 45 mm em cerâmica azul polida e acetinada. A pulseira de couro de jacaré tem um tom cerúleo com costuras visíveis na cor branca. O mostrador sunray, em azul, exibe o logotipo da competição em tom sobre tom: o renomado símbolo da bola com oito estrelas. A parte traseira da caixa também traz o logotipo da Liga dos Campeões.
O relógio terá uma produção limitada a 100 peças. A marca não informou o valor de venda, que deve ser bastante alto. Um relógio simples da liga é vendido, hoje, a 150 euros.
Este é o terceiro ano de parceria da Hublot com a Liga dos Campeões. Com contrato com a Uefa, a marca também patrocina a Liga Europa. Além disso, a empresa ainda tem parceria com a Fifa e, assim, possui os relógios oficiais da Copa do Mundo e da Copa das Confederações.
Há três semanas, a marca lançou um smartwatch, um relógio inteligente, que será usado pelos árbitros durante todos os jogos do Mundial da Rússia. O “Big Bang Referee” conta com Wi-Fi, Bluetooth e uma bateria que dura por um dia inteiro.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/hublot-usa-pele-e-apresenta-novo-relogio-da-liga-dos-campeoes_34394.html#ixzz5DiCPMPrR

TIM pesquisa hábito de torcedores com o celular em estádios


Objetivo da pesquisa é pautar novas ações de ativação de patrocínio




Patrocinadora dos quatro principais clubes do Rio de Janeiro, a operadora de telefonia celular TIM decidiu pesquisar o hábito dos torcedores dentro dos estádios para pautar novas ações de ativação de patrocínio.
A empresa, que renovou o aporte aos quatro grandes por mais um ano, entrevistou mil torcedores do Rio de Janeiro para saber como usam o celular quando vão aos jogos e, ainda, como consomem informações de esporte.
A pesquisa ouviu clientes de todos os tipos de plano da TIM (pré e pós-pago). Em sua maioria, os que responderam são homens (67%), e a média de idade das pessoas é de 35 anos.
Em geral, o carioca que vai ao estádio usa o celular para tirar fotos e trocar mensagens no WhatsApp: 73% das pessoas dizem usar o aparelho para registrar momentos do jogo, sendo que 52% também o utilizam para mandar mensagens a amigos e familiares. O meio mais usado para isso é o WhatsApp (61%). Já o Facebook é a segunda rede social mais usada, com 56%.
"A ideia da pesquisa é entender melhor o comportamento digital dos torcedores nos estádios, analisando o uso dos smartphones durante os jogos e com que propósito eles acessam a internet enquanto acompanham a partida de seus times. Essa é uma maneira da empresa estar ainda mais próxima dos clientes através do futebol", disse a TIM, em nota à Máquina do Esporte.
A pesquisa também foi usada para a empresa saber a percepção dos clientes sobre o patrocínio aos times cariocas. Segundo a TIM, esse estudo de comportamento servirá para pautar novas ações de ativação da marca, que a partir de agora também estará nas camisas dos times de basquete de Flamengo e Botafogo, além da equipe de vôlei feminino do Fluminense.
"A pesquisa foi o primeiro passo para entender melhor os hábitos dos clientes. Com a renovação dos contratos de patrocínio concluídas, está sendo iniciado o planejamento de ações para 2018, buscando proporcionar experiências cada vez mais diferenciadas para esses torcedores", complementou a empresa.
Um dos investimentos pode vir a ser em conteúdo. Mais de 90% dos entrevistados afirmaram usar internet no celular. Desses, 33% acessam notícias sobre futebol, sendo que mais da metade (55%) afirmou fazer esse acesso ao menos uma vez por dia.
Durante o jogo, o levantamento mostrou que o torcedor também procura informações sobre as outras partidas por meio do celular. Seja para assistir jogos (3%) ou pelas redes sociais (23%).

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/tim-pesquisa-habito-de-torcedores-com-o-celular-em-estadios_34392.html#ixzz5DiC8UZII

Cruzeiro renova patrocínio com a Caixa por R$ 16,8 milhões


Valor fixo, no entanto, é de R$ 10 milhões; restante depende de resultados

O Cruzeiro formalizou na manhã desta terça-feira (24), em sua sede administrativa, a renovação de contrato com a Caixa, que, assim, permanecerá como patrocinadora máster do time mineiro por mais um ano. O acordo foi assinado na presença do presidente da clube, Wagner Pires de Sá, do superintendente regional da empresa, Jânio Antunes, e de outros representantes do Cruzeiro e da Caixa.

De acordo com o site oficial da equipe mineira, o novo acordo tem um valor total de R$ 16,8 milhões. No entanto, o valor fixo recebido pelo time será de R$ 10 milhões. O montante fica R$ 1 milhão abaixo do que o clube recebeu no ano passado.

A diminuição do valor se deve a uma exposição menor na camisa do time, já que, este ano, a marca da Caixa estampará apenas a parte da frente da camisa celeste, e não mais a frente e as costas como no ano passado.
Segundo o contrato, os R$ 6,8 milhões restantes vão depender do próprio Cruzeiro. Se o clube conquistar os títulos dos campeonatos que tem pela frente (Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Libertadores), chegará ao valor total acertado com a instituição financeira.
“Hoje é um dia muito especial para nós. Formalizamos a renovação com a Caixa Econômica Federal, que é a maior instituição financeira do país. É de uma relevância enorme o apoio da empresa aos clubes e aos projetos culturais e educacionais. É um prazer imenso ter a Caixa como nossa companheira”, declarou Wagner Pires de Sá.
“Estamos indo para o terceiro ano de parceria com o clube. O Cruzeiro é uma das marcas mais importantes do futebol, é conhecido no planeta inteiro e ajuda a levar a marca da Caixa até onde ela ainda não tinha chegado. A Caixa tem se internacionalizado cada vez mais, e temos a certeza de que com o Cruzeiro a gente continuará atingindo um público apaixonado, que segue o Cruzeiro e que seguirá também a Caixa”, afirmou Jânio Antunes.
Agora, com a renovação de seu patrocínio máster assegurada, o Cruzeiro corre atrás de um aporte para as mangas da camisa. O clube tem encontrado dificuldades em achar alguma empresa disposta a pagar o valor que a diretoria celeste quer receber para estampar esta parte do uniforme.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/cruzeiro-renova-patrocinio-com-caixa-por-r-168-milhoes_34390.html#ixzz5DiBkIPQp



Sem escudo do São Paulo, Penalty relança camisa de Zetti


Ação é em homenagem ao Dia do Goleiro, comemorado em 26 de abril


A Penalty decidiu homenagear o Dia do Goleiro, que será comemorado na próxima quinta-feira (26). Para isso, relançou o modelo usado pelo ex-goleiro Zetti na década de 90, quando o jogador atravessou seu melhor momento da carreira com a camisa do São Paulo.

A parceria, no entanto, é com o goleiro e não com o clube paulista. Dessa forma, no lugar do escudo são-paulino, a camisa traz o logotipo da “Fechando o Gol”, academia de goleiros do ex-goleiro tricolor.
Com gola polo e confeccionada em microfibra UV, a camisa possui manga longa com punho, traz as cores vermelha, preta e branca e um desenho com design geométrico. Na parte da frente, estão estampadas a marca da Penalty usada na época, o logotipo da Fechando o Gol e a assinatura de Zetti. Nas costas, o destaque é para o número 1, que vem com a ilustração do rosto do goleiro.
De acordo com a Penalty, a peça será utilizada por todos os alunos da “Fechando o Gol” e parte do valor arrecadado com as vendas será destinada ao patrocínio de dez jovens goleiros que ainda não podem arcar com as despesas de início de carreira. A ideia da marca é usar a ação para incentivar a formação de novos goleiros no país.
A camisa retrô começou a ser comercializada nesta segunda-feira (23). As vendas serão exclusividade do site Futfanatics. Para quinta-feira (26), a Penalty divulgou que vai veicular vídeos feitos com Zetti em suas redes sociais.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/sem-escudo-do-sao-paulo-penalty-relanca-camisa-de-zetti_34387.html#ixzz5DiBUpMtT

Arsenal fecha parceria global com fabricante de veículos elétricos


Acordo com a chinesa BYD é o primeiro feito por um clube da Premier League


O Arsenal anunciou nesta terça-feira (24) uma parceria global com a fabricante chinesa de veículos elétricos BYD. Dessa forma, o clube se torna o primeiro da Premier League a ter um acordo com uma empresa do setor. A duração e os valores da negociação não foram divulgados.
Pelo acordo, a BYD, que fornece ônibus de um e dois andares para a Transport for London, se beneficiará de uma série de direitos de marketing, incluindo sinalização luminosa em placas e painéis de LED e marcas nos assentos do Emirates Stadium. A empresa também terá acesso aos ex-jogadores do Arsenal para eventos promocionais especiais na China.
Além disso, as duas partes vão trabalhar em conjunto para produzir diversas experiências exclusivas para os clientes da BYD, assim como criar várias campanhas para envolver os fãs nos canais de mídia social do Arsenal.
Segundo o site britânico SportsPro Media, o acordo foi negociado durante a turnê de pré-temporada do Arsenal em Xangai e Pequim no ano passado. Em um comunicado, os Gunners afirmaram que são um dos clubes de maior sucesso na China, com 4,7 milhões de seguidores no Weibo, uma das maiores plataformas de mídia social do país.
“Estamos orgulhosos em nos tornar o primeiro clube da Premier League a entrar em uma parceria global de veículos elétricos, e a fazê-lo com uma das maiores e mais conhecidas empresas da China. Os veículos elétricos estão destinados a ser grande parte do nosso futuro no transporte, por isso estamos muito satisfeitos em receber o líder mundial neste campo em nossa família de parceiros oficiais. Essa parceria representa outro passo para melhorar nossa contribuição para a sustentabilidade ambiental, algo pelo qual nós mesmos e a BYD somos apaixonados”, declarou Vinai Venkatesham, diretora comercial do Arsenal.
“O Arsenal é um clube rico em história e é um dos clubes de futebol mais populares entre os fãs na China. Esta parceria mostra que a BYD, o Arsenal Football Club e sua base de fãs global acreditam em um futuro mais verde e que o acordo nos ajudará a construir nosso nome aqui na China e em todo o mundo”, afirmou Sherry Li, diretora de relações públicas e de marca da BYD.
Com a Premier League já decidida a favor do Manchester City, os olhos do Arsenal estão voltados para a disputa das semifinais da Liga Europa. O time terá pela frente o Atlético de Madrid nas próximas duas quintas-feiras, na tentativa de ir à final da competição europeia.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/arsenal-fecha-parceria-global-com-fabricante-de-veiculos-eletricos_34386.html#ixzz5DiBD6u7y

Sucesso de vendas faz McDonald's resgatar sanduíches da Copa


Linha terá oito sanduíches e batatas fritas em homenagem aos campeões mundiais


Eles voltaram. Nesta segunda-feira (23), em um evento em seu restaurante-modelo, localizado na zona oeste da capital paulista, o McDonald’s deu o pontapé inicial para a entrada dos chamados “Sanduíches Campeões” no cardápio. Os lanches da Copa alcançam sua quinta edição (existem desde o Mundial de 2002) e, desta vez, vêm com várias novidades.
Para começar, pela primeira vez serão oito sanduíches. A escolha, também pela primeira vez, recaiu sobre os países que já foram campeões do mundo. Assim, Alemanha, Argentina, Brasil, Espanha, França, Inglaterra, Itália e Uruguai formam o cardápio. Mais encorpados, eles farão parte da linha “Signature”, os sanduíches considerados premium da marca. E mais uma novidade: cada um terá como acompanhamento uma batata frita específica.
“Todo ano de Copa é a mesma coisa: os consumidores pedem pelos sanduíches. E nós sempre utilizamos a ideia, agregando novidades. É uma forma de celebrar a Copa usando o nosso produto, que é a comida”, contou David Grinberg, diretor de comunicação do McDonald’s.
A ativação, do jeito que os brasileiros conhecem, só acontece dessa forma no Brasil. Nos outros países, existe um sanduíche, um café da manhá ou um combo, mas nada parecido com o que é visto por aqui, ou seja, uma linha inteira. Só que o consumidor vai ter que correr para aproveitar.
“Os sanduíches da Copa são feitos com ingredientes sofisticados e alguns até novos para nossa cozinha, o que aumenta a complexidade do processo. Acaba existindo uma pressão operacional. Por isso, eles só poderão ser consumidos até o final da primeira fase da Copa”, enfatizou David.
A ativação é um sucesso como estratégia de mercado no país. Cada lanche é elaborado com ingredientes diferenciados e até o melhor dia da semana em que ele se encaixa é pensado. Os historicamente mais vendidos, Argentina e Itália, por exemplo, ficam no sábado e no domingo, dias de maior movimento. Além disso, o McDonald’s ainda pensa nos sanduíches como uma forma de construir valor de marca.
“A Copa é um evento que envolve o mundo todo, possui excelência, pois conta com os melhores do planeta e ainda tem todo um lado familiar, de juntar os entes queridos para assistir aos jogos. Cada uma dessas características tem a ver com a essência e os valores do McDonald’s. Além disso, com os sanduíches, temos uma liderança de imagem e uma diferenciação de marca que é muito importante para nós”, revelou Roberto Gnypek, vice-presidente de marketing do McDonald’s.
Com um público diário de mais de 2 milhões de consumidores por todo o Brasil, a rede de restaurantes não divulga o tamanho do impacto financeiro dos sanduíches da Copa, mas é categórica em afirmar que se trata de algo considerável.
“Com a ativação, aumentamos a frequência de consumidores nos restaurantes. Para experimentar esse ou aquele sanduíche, as pessoas vêm mais do que viriam. Além disso, como o valor é de um lanche da linha mais cara, o tíquete médio (valor gasto) por pessoa aumenta, o que traz um retorno financeiro interessante”, explicou David Grinberg.
Uma curiosidade é que o McItália, que era a grande dúvida pelo fato da seleção italiana não ter se classificado para a Copa, foi colocado no cardápio assim que o time fracassou nas eliminatórias.
“Assim que a Itália ficou fora, um dos primeiros memes na internet foi sobre nosso sanduíche, se teria ou não o McItália. Na hora, decidimos que teria que ter, definimos o tema como campeões mundiais e ainda brincamos em cima dessa curiosidade das pessoas sobre ter ou não o sanduíche”, contou David.
E as ações da marca não vão parar por aí. Com Neymar e Anitta como protagonistas, ainda haverá uma ativação voltada para o Drive-Thru e o crescimento do serviço de delivery, que estava desativado há cinco anos e voltou há pouco tempo, com uma maior tecnologia e parceiros como o iFood. Nada disso é barato, mas, segundo a marca, vale a pena.
“Patrocinar um evento desse porte é caro. Fazer ativações em cima dele é três vezes mais caro. Então, cada ativação tem que ser bem pensada. Neymar e Anitta são ícones em suas áreas e conhecidos pela excelência e personalidade, além de muito fortes nas redes sociais, assim como nós. Ainda teremos muitas coisas boas até a Copa do Mundo”, concluiu Roberto Gnypek.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/sucesso-de-vendas-faz-mcdonalds-resgatar-sanduiches-da-copa_34385.html#ixzz5DiAs1Tqt

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Rangers substitui alemã Puma e fecha com dinamarquesa Hummel


Acordo terá validade de três anos e já entra em vigor na próxima temporada


O Rangers confirmou nesta segunda-feira (23) que a Hummel é a nova fornecedora de material esportivo do clube. Com isso, a marca dinamarquesa substitui a alemã Puma. O novo contrato foi assinado por três anos e já entrará em vigor a partir da temporada 2018/2019.

A confirmação do acordo por parte do clube escocês vem depois dos rumores surgidos na semana passada. Oficialmente, os valores não foram divulgados, mas o jornal britânico Daily Record informa que giram em torno de US$ 14 milhões.

De acordo com o próprio Rangers, o clube teve mais de dez propostas de marcas diferentes após um extenso processo de licitação. Por esse motivo, a decisão demorou um pouco a ser tomada. A Hummel já definiu que fará três uniformes diferentes para a equipe.
“Estamos muito satisfeitos em anunciar que o nosso novo fornecedor de kits da próxima temporada será a Hummel e temos certeza de que os fãs vão adorar o design das novas camisas. Gostaríamos também de registrar o nosso agradecimento à Puma por seu apoio nos últimos anos”, afirmou o diretor do Rangers, Stewart Robertson.
“Estamos extremamente orgulhosos por termos sido escolhidos como o novo parceiro técnico de um dos clubes de futebol mais antigos e famosos do mundo. Nos próximos três anos, nos esforçaremos para fornecer aos jogadores, equipe e, mais importante, aos apoiadores deste grande clube uma gama excepcional de produtos, dentro e fora do campo. Na Hummel, nos orgulhamos em adicionar um pouco de personalidade a tudo o que fazemos”, comentou o CEO da Hummel, Allan Vad Nielsen.
Com o Rangers, a Hummel fecha com o terceiro clube em cerca de dois meses, mostrando que volta a ganhar força no futebol internacional. Os outros dois são o espanhol Osasuna e o inglês Middlesbrough.
No Brasil, a marca dinamarquesa acertou com a Confederação Brasileira de Handebol no final do ano passado e será a fornecedora de material esportivo para o próximo ciclo olímpico, que se encerra em agosto de 2020, nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A marca substituiu a Asics.





Premier League divulga faturamento recorde na temporada 2016/2017


Os 20 principais clubes ingleses alcançaram nada menos que US$ 6,3 bilhões


A Premier League continua batendo recordes em todos os campos possíveis. Na última sexta-feira, a liga divulgou que teve um faturamento recorde na temporada passada (2016/2017), que teve como campeão o Chelsea, chegando a impressionantes US$ 6,3 bilhões. O estudo foi conduzido pela empresa de serviços especializada Deloitte.

A receita representa um aumento de 25% em relação à temporada anterior (2015/2016). Segundo a Deloitte, o crescimento foi impulsionado por novos negócios de transmissão nacionais e internacionais no valor de US$ 11,1 bilhões, incluindo US$ 7,2 bilhões de acordos de direitos de transmissão ao vivo com as operadoras de TV paga Sky e BT Sport para o próprio Reino Unido.
A Deloitte calculou o lucro coletivo antes dos impostos com um recorde de US$ 698 milhões no Reino Unido, o que representa duas vezes e meia o recorde anterior de US$ 279 milhões no país três anos antes, em 2013/2014.
Além disso, os lucros operacionais combinados dobraram para US$ 1,4 bilhão no Reino Unido em 2016/2017. Os custos salariais subiram 9%, para um valor recorde de US$ 3,5 bilhões, o que representa uma taxa de crescimento significativamente inferior à das receitas.
Outro número que impressiona é a relação entre receita e salário, que caiu de 63% para 55%, o menor valor desde a temporada 1997/1998.
“Essa restrição relativa dos clubes da Premier League reflete tanto a extensão de sua vantagem financeira sobre as outras ligas quanto o impacto das medidas de controle de custos domésticos e europeus”, comentou Dan Jones, sócio e chefe do grupo de negócios esportivos da Deloitte.
Para muitos especialistas, a Premier League, hoje, é a liga mais disputada e melhor de se assistir do futebol mundial. A Deloitte, com seu estudo, a coloca também no topo entre as mais rentáveis. E a tendência é que a coisas sigam assim ou até melhores nos próximos anos.
“Apesar de anteciparmos que os custos salariais continuarão a subir nas próximas temporadas, não prevemos aumentos a um nível que possam comprometer a rentabilidade da Premier League como um todo. Os aumentos salariais mais significativos tenderam a ocorrer no ano anterior ao início de um novo ciclo de transmissão, uma vez que um aumento substancial de receita é garantido”, finalizou Dan Jones.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/premier-league-divulga-faturamento-recorde-na-temporada-20162017_34378.html#ixzz5DVcrSOsr